Pseudomonas aeruginosa: caracterização antigênica e produção anticorpos

  • Diego Rodrigues Ribeiro Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: infecções, multirresistentes, vacinal, LPS

Resumo

A Pseudomonas aeruginosa destaca-se ao longo dos anos entre os agentes infecciosos frequentemente isolado em ambientes hospitalares. Atualmente as infecções hospitalares causadas por P. aeruginosa representam um desafio para a terapêutica antimicrobiana. Uma alternativa frente aos micro-organismo multirresistentes tem sido a busca de vacinas.  O presente trabalho visa verificar através de revisão de literatura o que há de concreto e as perspectivas concernentes a caracterização de antígenos de P. aeruginosa e, por conseguinte a produção e aplicabilidade de anticorpo. Fez-se um levantamento bibliográfico em periódicos das línguas portuguesa e inglesa entre os anos 1980 a 2019 sendo analisados e inseridos no trabalho 24 obras. No âmbito vacinal, os recursos disponíveis se baseiam em antígenos oriundo de toxinas de fatores de virulência conhecidos de espécies de P. aeruginosa, tais como; exotoxina-A, proteases e elastases, e componentes do LPS. Notou-se uma escassez na literatura quanto a temática. Pesquisas devem ser conduzidas na caracterização de antígenos e por conseguinte produção de anticorpos.

Referências

Batista JCL, Souza AR, Serra PT, Farias DS. Alves KCS, Almeida MEM, Glória JC, Castro DP, Mariúba AM. Tec-nologia IgY: eficiente alternativa aos anticorpos convencio-nais de mamífero1. Scientia Amazonia, v.8, n.1, p.44-55, 2019.

Brett MM, Ghoneim ATM, Littlewood JM. Prediction and diagnosis of early infection in cystic fibrosis: a follow-up study. J Clin Microbiol, v. 26, n.1, p. 1565-70, 1988.

Castilho SRA, Godoy CSM, Guilarde AO, Cardoso JL, An-drea MCP, Junqueira-Kipnis AP et al. Acinetobacter bau-mannii strains isolated from patients in intensive care units in Goiânia, Brazil: Molecular and drug susceptibility pro-files. PLoS. ONE, 2017.

Choi CH, Lee EY, Lee YC, Park TI, Kim HJ, Hyun SH, et al. Outer membrane protein 38 of Acinetobacter baumannii lo-calizes to the mitochondria and induces apoptosis of epithe-lial cells. Cell Microbiol., v.7, n.8, p.1127-38, 2005.

Dini VSQ. Análise da resistência antimicrobiana em cepas de Pseudomonas aerugionsa isoladas em Unidade de Trata-mento Intensivo em Manaus. 2016. 136 p. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) Universidade Federal do Amazonas, Manaus.

Ferreira LL. Estrutura clonal e multirresistência em Pseudo-monas aeruginosa. 2005. 99 p. Dissertação (Mestrado em Vigilância Sanitária). INCQS, Rio de Janeiro.

Figueiredo EAP et al. Pseudomonas aeruginosa: Frequência de Resistência a Múltiplos Fármacos e Resistência Cruzada en-tre Antimicrobianos no Recife/PE*. RBTI, v. 19, n. 4, p. 421-427, 2007.

Fournier PE, Richet H. The Epidemiology and Control of Acinetobacter baumannii in Health Care Facilities. Healthca-re Epidemiology. 42, 2006.

Gavinho B. Desenvolvimento de imunógeno bacteriano de Pseudomonas aerugionsa conjudado ao toxóice tetânico. 2011. 51 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia, Para-sitologia e Patologia) Universidade Federal do Paraná, Curi-tiba.

Giamarellou H, Antoniadou A, Kanellakopoulou K. Acineto-bacter baumannii: a universal threat to public health? Int J Antimicrob Agents, v.2, n.32, p.106-19, 2008.

Kronborg G, Formsgaard A, Galanos C, Freudenberg MA, Høiby N. Antibody response to lipid A, core, and O sugars of the Pseudomonas aeruginosa lipopolysaccharide in chronically infected cystic fibrosis patients. J Clin Microbi-ol, v.30, n.7, p.1848-55, 1992.

Martins AF, Barth AL. Acinetobacter multirresistente – um desafio para a saúde pública. Scientia Medica. v.23, n.1, p.56-62, 2013.

Meireles DA. Estudo da função do gene kerV de Pseudomo-nas aeruginosa. 2011. 187p. Tese (Doutorado em Bioquí-mica). Universidade de São Paulo, São Paulo.

Moss J, Ehrmantraut ME, Banwart BD, Frank DW, Barbieri JT. Sera from adult patients with cystic fibrosis contains an-tibodies to Pseudomonas aeruginosa type III apparatus. In-fect Immun, v.69, n.1, p.1185-8, 2001.

Murray PR, Rosenthal KS, Pfaller MA. Microbiologia medica. 6 ed, Rio De Janeiro, Elsevier, cap 33, 2010.

Neves PR, Mamizuka EM, Levy CE, Lincopan N. Pseudomo-nas aeruginosa multirresistente: um problema endêmico no Brasil. J Bras Patol Med Lab, v.47, n.4, p.409-420, 2011.

Pires EJVC, Silva Júnior VV, Lopes ACS, Veras DL, Leite LE, Maciel MAV. Análise epidemiológica de isolados clíni-cos de Pseudomonas aeruginosa provenientes de hospital universitário. Rev Bras Ter Intensiva, v.21, n.4, p.384-390, 2009.

Santos RR. Desenvolvimento e estudo in vivo de uma vacina conjugada contra Pseudomonas aeruginosa. 2009. 51 p. Dissertação (Mestrado em Microbiologia, Parasitologia e Patologia) Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Santos RR, Caron LF, Gonçalves MLL, Sierakowski MR, Ferreira CEO, Ono L. Obtenção e caracterização de imunó-geno conjugado de lipopolissacarídeo de Pseudomonas ae-ruginosa e albumina bovina. Arq. Inst. Biol., v.78, n.4, p.479-484, 2011.

Souza HA, Costa LM, Riedi CA, Maestri AC, Rosario NA. O diagnóstico sorológico pode detectar a colonização por Pseudomonas aeruginosa mais rápido do que as culturas em crianças com fibrose cística? Um estudo de coorte pros-pectivo. RBAC, v.44, n.2, p.70-6, 2012.

Silva ST. Análise fenotípica e genética de fatores virulência de isolados clínicos de Pseudomonas aeruginosa multidroga-sensível e multidroga-resistente de Recife-PE. 2016. 69 p. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical). Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

Moss J, Ehrmantraut ME, Banwart BD, Frank DW, Barbieri JT. Sera from adult patients with cystic fibrosis contains an-tibodies to Pseudomonas aeruginosa type III apparatus. In-fect Immun, v.69, n.1, p.1185-8, 2001.

Tavares TCF, Soares PM, Neves JHFF, Soares MMF, Junior Á, Souza DLN, Ávila VMR, Lima-Ribeiro AMC. Produção e purificação de imunoglobulinas Y policlonais anti-Leptospira spp. Pesq. Vet. Bras. v.33, n.9, p.1097-1102, 2013.

Todar K. Todar´s online Textbook of bacteriology. 2012.

Vieira PB, Picoli SU. Acinetobacter baumannii Multirresisten-te: Aspectos Clínicos e Epidemiológicos. R bras ci Saúde, v.19, n.2, p.151-156, 2015.

West SE, Zeng L, Lee BL, Kosorok MR, Laxova A, Rock MJ, et al. Respiratory infections with Pseudomonas aeruginosa in children with cystic fibrosis: early detection by serology and assessment of risk factors. JAMA, v.287, n.1, p. 2958-67, 2002.

Publicado
2020-05-22
Como Citar
Ribeiro, D. R. (2020). Pseudomonas aeruginosa: caracterização antigênica e produção anticorpos. Journal of Biotechnology and Biodiversity, 8(1), 047-051. https://doi.org/10.20873/jbb.uft.cemaf.v8n1.ribeiro