A FESTIVALIZAÇÃO DA CULTURA E A SOCIEDADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2017v3n3p441

Palavras-chave:

Festivalização, Cultura, Sociedade, Cidade

Resumo

O artigo aborda a multiplicação dos festivais em cidades de diversas partes do globo e a ampliação dos temas que estes abordam, consolidando-se como potentes instrumentos de comunicação. O formato, cujas raízes se perdem nas brumas do passado, se revigora e entrelaça-se às modernas tecnologias não só para refazer a sociedade, tal como propõe Émile Durkheim. Salientamos a busca do público por novas experiências, emoções e conhecimento, indo ao encontro da necessidade de reinvenção de lugares afetados pela desindustrialização e pela desocupação, que encontraram nos festivais a oportunidade de obter – ou recuperar – seu vigor econômico e cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Lins Rodrigues, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutorado em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ) e Università degli Studi di Roma La Sapienz (Itália). Mestre em Comunicação e Identidades pela UFJ F. Graduado em Comunicação Social/Jornalismo pela Faculdade Estácio de Sá. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). E-mail: flavio.lins@oi.com.br.

Maria Helena Carmo dos Santos, Faculdades Integradas Hélio Alonso

Doutora em Comunicação pela UERJ, mestre em Comunicação e Cultura (ECO-UFRJ), especialista em Novas Tecnologias da Educação e do Treinamento Empresarial (FGV/RJ), graduação em Relações Públicas (UERJ) e em Letras (UFRJ). Coordenadora do Escritório de Relações Públicas das Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA) e professora da mesma instituição. E-mail: mhcarmo@yahoo.com.br.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003.

BAUMAN, Zygmunt. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005.

KARPIŃSKA-KRAKOWIAK, Malgorzata. Festivalisation of the City: Contemporary Examples. Urban People, Praga, [2], p.338-350, 2009.

BENNETT, Andy; TAYLOR, Jodie; WOODWARD, Ian. The festivalization of culture. Farnham: Ashgate, 2014.

COLLINS, Randall. I festival come rituali pubblici: successi, fallimenti e mediocrità. Polis, v.1, n º 1, p.13-28, abril, 2013.

DOUGLAS, Mary; ISHERWOOD, Baron. O mundo dos bens. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2006.

DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa: o sistema totêmico na Austrália. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

Falassi, Alessandro. Time Out of Time: Essays on the Festival. Albuquerque: University of New Mexico Press, 1987.

GETZ, Donald. The nature and scope of festival studies. International Journal of Event Management Research, v. 5, nº 1, p.1-47, 2010.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 9. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

MAUSSIER, Barbara. Festival management e destinazione turistica. Milão: Hoepli, 2014.

HERSCHMANN, Micael. Indústria da música em transição. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2010.

FREITAS, Ricardo Ferreira. Rio de Janeiro, lugar de eventos, das exposições do início do século XX aos megaeventos contemporâneos. Trabalho apresentado ao Grupo de Trabalho “Comunicação em contextos organizacionais” do XX Encontro da Compós, na UFRS, Porto Alegre, RS, em junho de 2011.

FREITAS, Ricardo Ferreira; LINS, Flávio; SANTOS, Maria Helena Carmo. Megaeventos: motores de transformação social. Trabalho apresentado ao Grupo de Trabalho Comunicação em contextos organizacionais do XXIII Encontro Anual da Compós, na Universidade Federal do Pará, Belém, em maio de 2014.

PESAVENTO, Sandra. Exposições Universais: espetáculos da modernidade do século XIX. São Paulo: Hucitec, 1997.

PLUM, Werner. Exposições Mundiais no Século XIX: Espetáculos da Transformação Sócio-Cultural. Bonn: Friedrich Ebert Stiftung, 1979.

SEGALEN, Martine. Riti e rituali contemporanei. Bolonha: Il Mulino, 2002.

Publicado

2017-05-01

Como Citar

RODRIGUES, Flávio Lins; DOS SANTOS, Maria Helena Carmo. A FESTIVALIZAÇÃO DA CULTURA E A SOCIEDADE. Revista Observatório , [S. l.], v. 3, n. 3, p. 441–458, 2017. DOI: 10.20873/uft.2447-4266.2017v3n3p441. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/3114. Acesso em: 14 jul. 2024.