Fome como tabu: o Mais Antigo e perverso do Mundo

Resumo

: O presente artigo busca discutir a fome numa perspectiva geográfica. A importância do tema se deve ao fato de que a alimentação é fundamental para a manutenção da vida; portanto, essencial à existência. Assim, inferimos a fome como um processo constituído ao longo da história da humanidade, constituindo uma tabu, visto por muitos, porém discutido por poucos, daí a importância de Josué de Castro como sendo pioneiro e corajoso ao falar deste tema em um momento que nada ou pouco se falava a respeito. Abrindo caminhos para que adiante muitos anos depois pudéssemos discutir a fome numa perspectiva geográfica e assim  podendo buscar conceitos caros a nossa disciplina, como o conceito de Território usado que se transforma numa poderosa categoria de análise social, importante argumento para a apreensão da fome como processo político, e não como fenômeno como era discutido nos tempos de Josué de Castro.

Referências

CASTRO, Josué de. Geopolítica da Fome. 2ª ed. Rio de Janeiro: Casa do estudante do Brasil, 1953.

______. Geografia da fome o dilema brasileiro: pão ou aço. 8ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

______. O Livro Negro da Fome. 3ª ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1960.

______. O Problema da alimentação no Brasil. Biblioteca Pedagogia Brasileira, S.d.

______. A alimentação brasileira á luz da geografia humana. Porto Alegre: Edição da Livraria do Globo, 1937.

______. Ensaios de geografia humana. 4ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1966.

MONTEIRO, Carlos Augusto. A Dimensão da Pobreza, da Fome e da desnutrição no Brasil. Estud. Av. [online]. 2003, vol.17 n.48. ISSN 0103-4014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142003000200002. Acesso em 10 de outubro de 2011.

______.Fome, desnutrição e pobreza: além da semântica. Saude soc. [online]. 2003, vol.12, n.1, P. 7-11. ISSN 0104-1290. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-12902003000100003&script=sci_arttext. Acesso em 20 de outubro de 2011.

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Declaração de Roma Sobre a

Segurança Alimentar Mundial e Plano de Ação

da Cimeira Mundial da Alimentação. Disponível em: http://www.fao.org/docrep/003/w3613p/w3613p00.HTM. Acesso em: 23 de outubro de 2011.

SANTOS, Milton. Por uma geografia nova. 4ª Ed. São Paulo: Hucitec, 1996.

_______. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1999.

_______. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico internacional. São Paulo: Hucitec, 1994.

_____. Da Totalidade ao Lugar. 4ª ed. São Paulo: Edusp, 2006.

_____. Espaço e Método. 5ª ed. São Paulo: Edusp, 2008.

_____. O Retorno do território. In: SANTOS, Milton; SOUZA, M. Adélia; SILVEIRA, M. Laura. Território globalização e fragmentação. São Paulo: Hucitec, 1996.

_____. Alimentation urbaine et planification régionale en pays sous-développé. Paris: Tiers-Monde, 1969.

_______. Globalização e efeitos perversos: Relendo a Geografia da Fome. Texto elaborado para o I ENCONTRO NACIONAL DA ANPEGE - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia, realizado em Aracaju, de 5 a 9 de setembro de 1995.

_______. Cidade: Lugar e Geografia da Existência. Conferência elaborada para o 5º Simpósio Nacional de Geografia Urbana, realizado em Salvador, de 21 a 24 de outubro de 1997.

Publicado
2016-03-21