Ficha Catalográfica Sistema de geração de ficha catalográfica

REGRAS PARA ELABORAÇÃO DA FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DA OBRA


A catalogação na fonte gera uma ficha catalográfica, a qual é impressa no verso da folha de rosto de um livro, monografia de graduação e especialização, tese e dissertação. A ficha deve ser feita quando a obra está em fase de impressão, sendo obrigatória para efeito de depósito legal e recomendado pela NBR ABNT 14724/2011.


Com o programa de elaboração da ficha de identificação da obra elaborada pelo autor é preciso apenas preencher os campos desses elementos com os dados da sua dissertação, tese, relatório de pós-doutorado, trabalho de conclusão de curso (monografia ou relatório de estágio) e monografia de especialização. O programa fará a ordenação e formatação correta dos dados, apresentando a ficha finalizada e normalizada, em dois formatos, pdf ou imagem, disponível para download e ou impressão.


No sistema o usuário terá acesso ao sistema da ficha catalográfica e deve preencher os campos do formulário conforme as orientações abaixo, lembrando que com exceção dos campos Subtítulo do Trabalho e Coorientador, todos os campos são de preenchimento obrigatório:




1. Nome do Autor: é responsável direto pela redação da obra. No caso de monografia de graduação, especialização, teses e dissertações, a autoria é do aluno.

a) Digite na primeira caixa seu primeiro nome e sobrenomes intermediários (se for o caso).

Ex. Manuel Carneiro de Sousa

OBS: Apenas as letras iniciais em maiúsculo.

b) Digite na segunda caixa o último Sobrenome: digite seu último sobrenome. Utilizando sempre o sobrenome da forma que você costuma publicar seus trabalhos.

Ex. Bandeira


OBS: Apenas as letras iniciais em maiúsculo.


Exemplo:


Manuel Carneiro de Sousa Bandeira (Manuel Carneiro de Sousa = nome Bandeira = sobrenome)


Exemplos para sobrenomes compostos (grau de parentesco, lugar, ligados por hífen, outros)


Francisco Antônio Vieira Caldas Júnior (Francisco Antônio Vieira = nome Caldas Júnior = sobrenome)


José Rafael do Espírito Santo (José Rafael do = nome Espirito Santo = sobrenome)


Antonio de Montes Claros (Antonio de = nome Monte Claros = sobrenome)


Heitor Villa-Lobos (Heitor = nome Villa-Lobos = sobrenome)


2. Título do trabalho:


a) Reproduzir igual como aparece no documento;


OBS: Regras gramaticais apenas a primeira palavra, inicial em maiúscula (exceção dos nomes próprios);


Exemplos: Vistas e costumes da cidade e arredores de Palmas, em 1992-2000.


3. Subtítulo do trabalho:


a) Reproduzido tal como aparece no documento;

b) Iniciais em minúsculo (exceção dos nomes próprios);


Exemplo: diálogos com poetas latino-americanos entrevistas


Escolha na janela Campus ou Centro, que abrirá na caixa abaixo os Programas de Pós-Graduação e cursos de graduação ou especialização, somente os que estiverem vinculados ao campus escolhido:


Exemplos:


1 – Na escolha do campus: Araguaína aparecerá automaticamente os cursos vinculados ao campus: Geografia, após a escolha do curso o tipo de trabalho aparecerá automaticamente: Monografia Graduação


2 - campus: Araguaina, Programa: Pós-Graduação (Mestrado) em Ciência Animal Tropical, tipo de trabalho Dissertação (mestrado Acadêmico)


3 - campus: Palmas, Programa: Pós-Graduação (Doutorado) em Ciência do Ambiente, tipo de trabalho Tese


Nome do orientador: como co-responsável pelo trabalho, digite o nome do seu orientador e nomes/sobrenomes intermediários, se for o caso. Apenas as primeiras letras iniciais em maiúsculo.


Exemplo: José Bento Renato Monteiro


Sobrenome do orientador: digite o último sobrenome do orientador. Atenção: assinale a caixa “orientadora”, se for o caso, para que o programa faça a distinção da forma feminina ao designar essa função no corpo da ficha catalográfica.


Siga as orientações dadas para último sobrenome do autor.

Exemplo: Lobato


4. Programa/Curso: selecione a opção ao qual você pertence e defendeu seu trabalho nos casos de tese, dissertação, relatórios de pós-doutorado, trabalho de conclusão de curso, para as monografias de especialização selecione o nome do curso.


5. Trabalho: tipo de trabalho produzido e grau obtido. Selecione tese quando for concluído o doutorado, dissertação quando for concluído o mestrado, monografia de especialização para cursos de especialização latu sensu, trabalho de conclusão de curso para monografias ou relatórios de estágio apresentados como trabalhos finais dos cursos de graduação.


6. Nome do co-orientador: como co-responsável pelo trabalho, digite o nome do seu

coorientador e nomes/sobrenomes intermediários, se for o caso.


Siga as orientações dadas para nome do autor.


7. Sobrenome do co-orientador: digite o último sobrenome do coorientador. Atenção: assinale a caixa “coorientadora”, se for o caso, para que o programa faça a distinção da forma feminina ao designar essa função no corpo da ficha catalográfica.


Siga as orientações dadas para último sobrenome do autor.


8. Ano: registre o ano em que a trabalho acadêmico foi defendida e entregue ao Curso ou Programa de Pós-Graduação.


9. Número de páginas : registre o total de páginas da trabalho acadêmico, sempre com a numeração iniciando na folha de rosto.


10. Assuntos: registre palavras ou expressões que representam o conteúdo do seu trabalho. Devem aparecer em ordem decrescente de importância, conforme apresentada no resumo. Evite termos redundantes ou repetitivos. É obrigatório registrar até 04 (quatro) assuntos, os demais devem ser registrados em função da necessidade e amplitude de temas relacionados ao conteúdo do trabalho acadêmico. Evite usar muitos termos para um assunto – no máximo até 3 palavras para definir um assunto.


OBS.: Para teses, dissertações, relatórios de pós-doutorado e trabalhos de conclusão de curso de graduação - monografia a classificação será a área do Curso de graduação ou Programa de Pós-Graduação. Como exemplos têm: um trabalho de Graduação em Pedagogia terá como assunto principal Educação, classificação 370. Da mesma forma se aplica as teses e dissertações onde será usada a área do Programa como o primeiro assunto, exemplo: para o Mestrado em Geografia, o assunto primário deverá ser tema especifico Redes urbanas, classificação 910.


11. Acesso: Para acessar a ficha catalográfica o usuário deverá acessar o link https://sistemas.uft.edu.br/ficha/ficha


Ao clicar em Enviar o programa gera a ficha de identificação da obra, como um arquivo pdf ou imagem, disponível para download e/ou impressão, conforme apresentado abaixo:


OBS.: a ficha de identificação da obra elaborada pelo autor deve constar no verso da folha de rosto dos trabalhos acadêmicos de modo a possibilitar sua representação precisa pelas Informações de autor, título, local, data, número de folhas, assunto, etc. Deverá ser confeccionada de acordo com as normas vigente segundo à AACR2.O tamanho padrão é de 7,5cm x 12,5cm


Para incluir a ficha de identificação da obra apresentamos abaixo duas possíveis formas de gerar a imagem:


Para outros esclarecimentos entre em contato com a Biblioteca de seu câmpus:


Mais informações pelo telefone (63) 3232 8125


CRÉDITOS

O Sistema para Geração Automática de Ficha Catalográfica de Trabalhos Acadêmicos da Universidade Federal do Tocantins foi desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da Informação e Sistema de Bibliotecas. Tutorial de preenchimento elaborado pela equipe do SISBIB

Gerar Nova Ficha