https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/issue/feed Revista Observatório 2021-01-27T16:24:05-03:00 Francisco Gilson Rebouças Porto Junior revistaobservatorio@gmail.com Open Journal Systems <p>[PT]<strong>&nbsp;</strong>A&nbsp;<strong>Revista Observatório</strong>&nbsp;é um periódico trimestral, com foco na discussão acadêmica e em estudos interdisciplinares avançados no campo da Comunicação, do Jornalismo e da Educação. A revista nasce internacionalizada, possuindo editores no Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal. Recebe em fluxo contínuo, textos em português, espanhol, inglês e francês para as seções artigos, dossiê temático, ensaios, entrevista, resenha e temas livres. (ISSN nº 2447-4266) [Qualis 2016 -&nbsp;<strong>Comunicação e Informação</strong>: B2,<strong> Ensino</strong>: B2, <strong>Ciência Política e Relações Internacionais</strong>: B3, <strong>Planejamento Urbano e Regional/ Demografia</strong>: B3, <strong>Serviço Social</strong>: B3, <strong>Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo</strong>: B4, <strong>Letras/Linguística</strong>: B5]</p> <p><strong>[EN]&nbsp;</strong>The <strong>Observatório Journal</strong>&nbsp;is a quarterly journal, focusing on academic discussion and advanced interdisciplinary studies in the field of Communication, Journalism and Education. The magazine is born internationalized, having publishers in Brazil, Cape Verde, Mozambique and Portugal. It receives in continuous flow, texts in Portuguese, Spanish, English and French for the sections articles, thematic dossier, essays, interview, review and free themes. (ISSN nº 2447-4266)&nbsp;[Qualis 2016 -&nbsp;<strong>Comunicação e Informação</strong>: B2,<strong> Ensino</strong>: B2, <strong>Ciência Política e Relações Internacionais</strong>: B3, <strong>Planejamento Urbano e Regional/ Demografia</strong>: B3, <strong>Serviço Social</strong>: B3, <strong>Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo</strong>: B4, <strong>Letras/Linguística</strong>: B5]</p> <p><strong>[ES]&nbsp;</strong>El<strong>&nbsp;Observatorio Magazine</strong> es una revista trimestral, se centra en la discusión académica y estudios interdisciplinarios avanzados en el campo de la Comunicación, Periodismo y Educación. La revista nace internacionalizado, teniendo editoriales en Brasil, Cabo Verde, Mozambique y Portugal. Recibe el streaming, texto en portugués, español, Inglés y Francés secciones de artículos, dossier temático, ensayos, entrevistas, revisión y temas libres. (ISSN nº 2447-4266)&nbsp;[Qualis 2016 -&nbsp;<strong>Comunicação e Informação</strong>: B2,<strong> Ensino</strong>: B2, <strong>Ciência Política e Relações Internacionais</strong>: B3, <strong>Planejamento Urbano e Regional/ Demografia</strong>: B3, <strong>Serviço Social</strong>: B3, <strong>Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo</strong>: B4, <strong>Letras/Linguística</strong>: B5]</p> <p><strong>[FR]</strong> L'<strong>Observatoire Journal&nbsp;</strong>est une revue trimestrielle, en mettant l'accent sur la discussion académique et les études interdisciplinaires avancées dans le domaine de la communication, du journalisme et de l'éducation. Le magazine est né internationalisé, ayant des éditeurs au Brésil, Cap-Vert, le Mozambique et le Portugal. Reçoit le streaming, le texte en portugais, espagnol, anglais et français sections pour des articles, dossier thématique, des essais, interviews, revue et thèmes gratuits. (No ISSN 2447-4266).&nbsp;[Qualis 2016 -&nbsp;<strong>Comunicação e Informação</strong>: B2,<strong> Ensino</strong>: B2, <strong>Ciência Política e Relações Internacionais</strong>: B3, <strong>Planejamento Urbano e Regional/ Demografia</strong>: B3, <strong>Serviço Social</strong>: B3, <strong>Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo</strong>: B4, <strong>Letras/Linguística</strong>: B5]</p> https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11270 MEDIA, DISINFORMATION AND DEMOCRACY: how the media influence presidential elections in Brazil 2021-01-27T16:18:22-03:00 Fabíola Mendonça fabiolamendonca@gmail.com <p>This article aims to analyze the coverage of Brazilian media in the presidential elections held in the country after democratization, starting with 1989 and ending with 2018. The study was based on reflections on disinformation, manipulation, fake news and democracy, from the perspective of authors such as Serrano (2008; 2010), Abramo (2003), Ramonet (2007), Luhmann (2005), Mello (2020), Bucci (2019), Bobbio (2006) and Casara (2018). The research shows that historically the media tries to interfere in the election results, using strategies of manipulation and misrepresentation of the facts, which weakens the democratic system.</p> 2020-12-23T16:15:43-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11271 MISSED OPPORTUNITIES: challenges of adequate practical and theoretical-methodological applications of the principles of educommunication in times of urgency (after decades of neglect) 2021-01-27T16:18:19-03:00 Edgard Rebouças edgard.reboucas@ufes.br <p>This text analyzes the trajectory of attempts to apply the interrelationship between Education and Communication from the 1970s, focusing on the mutations that occurred in practices, public policies and studies in the dialogues between the two fields. In view of the recent challenges caused by the Covid-19 pandemic, what can be observed is that many of the current losses in the teaching-learning processes could have been minimized if so many opportunities were not lost.</p> 2020-12-23T16:32:27-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11273 PRODUCTION model of alternative media as democratic solutions to disinformation 2021-01-27T16:22:03-03:00 Lina Moscoso linamoscoso@gmail.com <p>Alternative digital media can be examples of ethical journalistic production, insofar as they subsist through the collective funding model and, therefore, must maintain their image before the public. This article analyzes the strategies of alternative media that make them possible ways out of disinformation and fake news. The methodological design includes an analysis of the speeches of interviews carried out with alternative media about strategies for verifying information and models of production and distribution; and observation of social media sites and networks. The study focuses on alternative media from different contexts: Brazil and Portugal, and with different profiles (investigative journalism and factual media), therefore, it is a comparative research. The article concludes that alternative media can be counterpoints to disinformation about fake news, if they manage to articulate the digital distribution model with ethical and self-sustainable journalism.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9978 PROMOTION OF MEDIA AND INFORMATION LITERACY IN THE EMERGING CONTEXT OF DISINFORMATION: PROPOSAL FOR ELEMENTARY EDUCATION 2021-01-27T16:23:23-03:00 Mariana Pícaro Cerigatto maricerigatto@yahoo.com.br <p>A literacia informacional é uma área que sempre se preocupou com a credibilidade da informação, e hoje tem ganhado cada vez mais relevância. Partindo deste contexto, o artigo apresenta pesquisas que buscam articular a literacia informacional à literacia midiática. Com o apoio de currículos emergentes, como o proposto pela Unesco, se apresentam abordagens pedagógicas para o Ensino Fundamental, no bojo das diretrizes da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Mostra-se como é possível articular as habilidades mais comuns dos dois campos de literacia, e relacioná-los em trabalhos aplicados. A proposta pode ser um caminho para o desenvolvimento da autonomia frente ao ambiente de desinformação contemporâneo e o engajamento responsável na nova esfera digital, que exige a formação de leitores críticos e produtores éticos.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11268 (DIS)INFORMATION IN TWITTER ECHO CHAMBERS: disputes over chloroquine during the Covid-19 pandemic 2021-01-27T16:21:31-03:00 Cecília Almeida Rodrigues Lima cecilia.lima@ufpe.br Janaina de Holanda Costa Calazans janaina.calazans@gmail.com Ivo Henrique Dantas ivohdantas@gmail.com <p>In view of the large flow of information circulating on Twitter regarding the Covid-19 pandemic, this paper analyzes the polarization of the debate around the effectiveness of the use of chloroquine and hydroxychloroquine in the treatment of the disease, based on different reference systems, in addition to identifying the signs of disinformation present in the links that most circulated between March 23 and April 13, based on a base of 21,076 tweets. The analysis finds the formation of echo chambers, in a clear opposition between the use of traditional communication vehicles and sites of explicitly ideological content as sources of reference to defend a drug without proven scientific efficacy.</p> 2020-12-23T16:02:27-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11267 MEDIA EDUCATION: the fight against post-truth and misinformation on trafficking in women and girls 2021-01-27T16:21:36-03:00 Sandra de Souza Machado sandramachado14@gmail.com Begoña Sánchez Torrejón begonia.sanchez@uca.es Víctor Amar Rodríguez victor.amar@uca.es <p>Data, discursive and methodological analysis, from the perspective of Communication and Education gender studies, are applied aiming media literacy for a responsive citizenship in the fight against trafficking in women and girls. Questioning gender violence in misinformation, fake news, post-truths, and malicious intentions. Media literacy, co-education and collective awareness function as strategies of action to combat the trafficking of (young) women, which reaches alarming degrees in the 21st century, including during the global pandemic of COVID-19.</p> 2020-12-23T15:49:40-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9413 FREE JOURNALISTS COLLECTIVE: independence affirmed in everyday life 2021-01-27T16:24:02-03:00 Adilson Cabral acabral@comunicacao.pro.br Jaqueline Suarez Bastos suarez.jaque@gmail.com <p>This article addresses the independent media after the 2013 demonstrations in Brazil, taking as object of analysis the notion of independence built by the collective Jornalistas Livres (Free Journalists) in their daily lives, understood here as central to the social structures (re) production and change, in order to to understand how communication is inscribed in the conquest, maintenance and dispute of hegemony. It is understood here that an independent media is not unique, assuming, on the contrary, different meanings in several contexts. Our objective give focus to the idea of independence, discussing potentialities and limitations to the initiatives that operate under this logic. Anchored in a critical and dialectical perspective, we established as methodological procedures the bibliographic review, documentary survey and discourse analysis.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10748 WEBJOURNALISM AND SENSE CONSTRUCTION: an analysis of the news about the LGBT population in G1 Tocantins 2021-01-27T16:22:24-03:00 Alice Agnes Spindola Mota Pinho aliceagnes@uft.edu.br Andréia Fernandes da Silva andreiafernandes@gmail.com Zeninho Luiz Gasparetto Neto zgasparettoneto@gmail.com <p>This article analyzes the journalistic production of news that addresses themes involving the LGBT population (Lesbians, Gays, Bisexuals, Transvestites and Transsexuals). Portal G1 Tocantins was chosen to be the object of study of this work collecting news from the year 2017, considered the year with more deaths of LGBT people compared to the last three years. After submitting the corpus to content analysis and sentiment analysis, the results indicate that the media can assist in the construction of meanings, often negative, about the LGBT community and that there is still a lot to be done in the problematization before the different forms of discrimination, oppression of the LGBT community.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11282 INFLUENCERS OF CHRIST: evangelization on brazilian youtube channels fafismelo and fabibertotti continuing teacher education 2021-01-27T16:21:39-03:00 Thaís Luiza Rivero thais.luiza.rivero@hotmail.com Allysson Viana Martins allyssonviana@unir.br <p>The YouTube platform is pointed as a space for growth of the evangelization on the internet. Evangelical youtubers use it for both evangelization and to gain visibility through it, by reaching a larger number of people, which is not possible in traditional evangelization events. Therefore, the aim of this article is to investigate how non-leader women in their religious segments conduct evangelization through their own production. To achieve this purpose we analyzed the 10 most viewed videos on FafisMelo and FabiBertotti channels. While Fabiana approaches the issues from a biblical perspective, quoting verses in her speech, and says how a Christian should act in many everyday situations, especially sexual ones, Fabiola evangelizes more directly in a few videos, although she frequently presents Christian dialects and biblical principles in your thoughts.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10768 MISINFORMATION IN DIGITAL CULTURE: reflections from Cognitive Democracy and Dialogue between Knowledges 2021-01-27T16:22:16-03:00 Juliana Dias Rovari Cordeiro julianadiasrc@gmail.com Alexandre Brasil Carvalho da Fonseca abrasil@ufrj.br Elliz Celestrini Mangabeira elliz.mangabeira@gmail.com Juliana Cintia Lima e Silva jcintia7@outlook.com Aline Guarany Ignacio Lima alineguarany@gmail.com <p>As mudanças que representam a tecnologia acessível e o uso das redes sociais na cultura digital impõem novas perguntas e desafios à medida que somos produtores e consumidores de informação. A desinformação afeta a vida pública e ameaça a democracia. A partir das ideias de Democracia Cognitiva (Morin, 2014) e do Diálogo de Saberes (Leff, 2006), discutiremos o tema à luz de um recorte analítico da pesquisa “Valores e Argumentos na assimilação e propagação da desinformação: uma abordagem dialógica”. A educação midiática aparece como uma necessidade histórica e democrática para combater as fakes news. Neste sentido, as soluções possíveis devem estimular aprendizados coletivos sobre os processos comunicacionais e educacionais que promovam a leitura e compreensão dos códigos à interação nas mídias sociais.&nbsp;</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10656 JOURNALISTIC NEWS IN A POSTMODERN SCENARIO: reflections on the act of reading on new platforms 2021-01-27T16:22:51-03:00 Rose Mara Pinheiro rosepinheiro@bol.com.br Caio Teruel caioteruel05@gmail.com <p>This article seeks to situate journalistic practice and news reading in the midst of the concept of postmodernity and mobile platforms. Based on authors such as Kumar (1997), Featherstone (1991), Freire (2000) and Citelli (2016), and the result of a questionnaire about reading habits among higher education students, it proposes reflections about the subject-reader and its relationship with reading news on digital media. Educommunication and its relationship with journalism appear as a proposal to rescue dialogue, critical training and media literacy in a society increasingly mediated by digital devices.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10745 ABOUT CRITICISM, SELF-CRITICISM AND LEGITIMATION: the journalistic ethos in The Staple of News 2021-01-27T16:22:27-03:00 Marcos Paulo da Silva marcos.paulo@ufms.br Leopoldo Pedro Neto leeeoneto28@gmail.com <p>The article analyzes the dispositions, perceptions and values of journalists interviewed by Brazilian documentary <em>“O Mercado de Notícias”</em> [<em>“</em>The Staple of News”] (Jorge Furtado/2014/94 min). The analysis is based on the theoretical-conceptual framework of Pierre Bourdieu's sociological thinking. Some of the main excerpts from the testimonies of the 13 professional agents invited by the filmmaker are studied and categorized to explain the representations they have about the journalistic field.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10744 ELDERLY POPULATION AND THE INTERNET 2021-01-27T16:22:31-03:00 Paulo Fernando de Melo Martins paulofernando@uft.edu.br Eder Gama da Silva edersilva@uft.edu.br Nathanni Marrelli Matos Mauricio nathanni@uft.edu.br <p>Analyze the use of internet by the elderly population in Brazil. The methodology used will be through a qualitative study, through a bibliographic survey, verifying the bibliographic studies on the use of the internet at national level. The use of the internet is the most immediate when comparing it with other technologies, such as electricity, the car or even television, however, a group of people still proves little proximity to these technologies: The elderly. As an effect, we will demonstrate that there is an increase in the number of Internet use by this portion of the population, the elderly and with an increase forecast.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10787 THE NEW ERA OF COMMUNICATION: advertising in the context of social media 2021-01-27T16:22:14-03:00 Taís Steffenello Ghisleni taisghisleni@yahoo.com.br Vitória Karina Rodrigues Pereira vitoriakrpereira@gmail.com Graziela Frainer Knoll grazi_fk@gmail.com <p>O desenvolvimento digital fez com que o mercado publicitário brasileiro passasse por intensas transformações e levou profissionais e agências a trabalhar no sentido de se reinventar, a cada dia, na busca pelas melhores alternativas e oportunidades no cenário de mídia atual. O objetivo geral do presente artigo é contextualizar como a publicidade e propaganda está inserida no contexto das mídias sociais digitais. Já os objetivos específicos foram os seguintes: refletir acerca das lógicas e práticas que caracterizam a publicidade e propaganda no contexto das mídias digitais e enfatizar os impactos dessa comunicação no ecossistema vigente.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10707 RISK MANAGEMENT AS A TOOL OF INTEGRATION BETWEEN STRATEGY AND OPERATIONAL PROCESSES: the case of a public university 2021-01-27T16:22:46-03:00 Ana Lúcia Medeiros analucia@uft.edu.br Michelle M. Semiguen Lima Trombini msduarte@uft.edu.br Dilson Pereira dos Santos Junior dilsonjr@uft.edu.br <p>A gestão de riscos foi incorporada à Gestão Pública Brasileira com a finalidade de fortalecer a governança e o controle interno para que as políticas públicas sejam efetivas, eficazes e eficientes. O objetivo deste trabalho é apresentar a metodologia de implantação da gestão estratégica de riscos em uma universidade pública do Brasil. O presente trabalho descreveu a adaptação das práticas de gestão da universidade frente à necessidade de implementação da gestão de riscos como suporte necessário para as estratégias da instituição. Sua implantação propiciou disseminação das discussões sobre Governança, tendo alcançado as áreas operacionais da instituição responsáveis pelos processos críticos de trabalho.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11269 MÍDIA, DESINFORMAÇÃO E DEMOCRACIA: como os meios de comunicação influenciam as eleições presidenciais no Brasil 2021-01-27T16:22:11-03:00 Fabíola Mendonça de Vasconcelos fabiolamendonca@gmail.com <p>Este artigo visa analisar a cobertura dos meios de comunicação brasileiros nas eleições presidenciais realizadas no país a partir da redemocratização, começando com a de 1989 e finalizando com a de 2018. O estudo tomou como base teórica reflexões sobre desinformação, manipulação, fake news e democracia, sob a ótica de autores como Serrano (2008; 2010), Abramo (2003), Ramonet (2007), Luhmann (2005), Mello (2020), Bucci (2019), Bobbio (2006) e Casara (2018). A pesquisa mostra que historicamente a mídia tenta interferir no resultado das eleições, recorrendo a estratégias de manipulação e deturpação dos fatos, o que enfraquece o sistema democrático.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11272 OPORTUNIDADES PERDIDAS: desafios das adequadas aplicações práticas e teórico-metodológicas dos princípios da educomunicação em tempos de urgência (após décadas de negligência) 2021-01-27T16:22:08-03:00 Edgard Rebouças edgard.reboucas@ufes.br <p>Este texto analisa a trajetória das tentativas de aplicação da inter-relação da Educação com a Comunicação a partir dos anos 1970, focando nas mutações ocorridas nas práticas, políticas públicas e estudos nos diálogos entre os dois campos. Diante dos recentes desafios provocados pela pandemia do Covid-19, o que pode ser observado é que muitas das atuais perdas nos processos de ensino-aprendizagem poderiam ter sido minimizadas caso tantas oportunidades não fossem perdidas.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11274 MODELO de produção de mídias alternativas como soluções democráticas para a desinformação 2021-01-27T16:21:55-03:00 Lina Moscoso linamoscoso@gmail.com <p>Meios alternativos digitais podem ser exemplos de produção jornalística ética, na medida em que subsistem por meio do modelo de financiamento coletivo e, portanto, devem manter sua imagem perante o público. O presente artigo analisa as estratégias das mídias alternativas que as tornam possíveis saídas para a desinformação e para as notícias falsas. O desenho metodológico inclui uma análise dos discursos de entrevistas realizadas com as mídias alternativas relativamente às estratégias de verificação da informação e aos modelos de produção e distribuição; e observação dos sites e das redes sociais dos meios de comunicação. O estudo incide sobre mídias alternativas de contextos diferentes:&nbsp; Brasil e Portugal, e com perfis díspares (jornalismo investigativo e mídia factual), portanto, trata-se de uma pesquisa comparativa. O artigo conclui que os meios de comunicação alternativos podem ser contrapontos à desinformação às notícias falsas, se conseguirem articular o modelo de distribuição digital com o jornalismo ético e autossustentável.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10766 PROMOVENDO A LITERACIA MIDIÁTICA E INFORMACIONAL NO CONTEXTO EMERGENTE DA DESINFORMAÇÃO: PROPOSTA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL 2021-01-27T16:22:19-03:00 Mariana Pícaro Cerigatto maricerigatto@yahoo.com.br <p>A literacia informacional é uma área que sempre se preocupou com a credibilidade da informação, e hoje tem ganhado cada vez mais relevância. Partindo deste contexto, o artigo apresenta pesquisas que buscam articular a literacia informacional à literacia midiática. Com o apoio de currículos emergentes, como o proposto pela Unesco, se apresentam abordagens pedagógicas para o Ensino Fundamental, no bojo das diretrizes da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Mostra-se como é possível articular as habilidades mais comuns dos dois campos de literacia, e relacioná-los em trabalhos aplicados. A proposta pode ser um caminho para o desenvolvimento da autonomia frente ao ambiente de desinformação contemporâneo e o engajamento responsável na nova esfera digital, que exige a formação de leitores críticos e produtores éticos.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9966 (DES)INFORMAÇÃO EM CÂMARAS DE ECO DO TWITTER: disputas sobre a cloroquina na pandemia da Covid-19 2021-01-27T16:23:28-03:00 Cecília Almeida Rodrigues Lima cecilia.almeidarl@gmail.com Janaina de Holanda Costa Calazans JANAINA.CALAZANS@GMAIL.COM Ivo Henrique Dantas ivohenrique.dantas@gmail.com <p>Diante do grande fluxo de informações que circulam pelo Twitter a respeito da pandemia da Covid-19, o presente artigo analisa a polarização do debate em torno da eficácia do uso da cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento da doença, a partir de sistemas de referências distintos, além de identificar os indícios de desinformação presentes nos links que mais circularam entre 23 de março e 13 de abril, a partir de uma base de 21.076 tweets. A análise constata a formação de câmaras de eco, numa clara oposição entre o uso de veículos tradicionais de comunicação e sites de teor explicitamente ideológico como fontes de referência para defender um medicamento sem eficácia científica comprovada.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9969 EDUCAÇÃO MIDIÁTICA: o combate à pós-verdade e à desinformação no tráfico de mulheres e meninas 2021-01-27T16:23:25-03:00 Sandra de Souza Machado sandramachado14@gmail.com Begoña Sánchez Torrejón begonia.sanchez@uca.es Víctor Amar Rodríguez victor.amar@uca.es <p>Análises de dados e reflexões discursivas e metodológicas, nos campos da Comunicação Social e da Educação, sob a ótica dos estudos feministas e de gênero, pela alfabetização midiática para a cidadania sensibilizada no combate ao tráfico de mulheres e meninas. Questionar a violência de gênero na desinformação, falsas notícias (<em>fake news</em>), pós-verdades, e intenções maliciosas. Alfabetização midiática, co-educação e conscientização coletiva funcionam como estratégias de ação no combate ao tráfico de (jovens) mulheres, que atinge graus alarmantes no século 21, inclusive, durante a pandemia mundial do COVID-19.</p> <p><strong>PALAVRAS-CHAVE:</strong> Mídia; Educação; Tráfico; Mulheres; Pós-Verdade.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9412 COLETIVO JORNALISTAS LIVRES: a independência afirmada no cotidiano 2021-01-27T16:24:05-03:00 Adilson Cabral acabral@comunicacao.pro.br Jaqueline Suarez Bastos suarez.jaque@gmail.com <p>Este artigo aborda a mídia independente após as manifestações de 2013 no Brasil, tomando como objeto de análise a noção de independência construída pelo coletivo Jornalistas Livres em seu cotidiano, entendido aqui como central para a (re)produção e transformação das estruturas sociais, a fim de compreender como a comunicação se inscreve na conquista, manutenção e disputa da hegemonia. Compreende-se aqui que uma mídia independente não é única, assumindo, pelo contrário, significados diferentes em variados contextos. Nosso objetivo é tencionar a ideia de independência, discutindo potencialidades e limitações às iniciativas que operam sob essa lógica. Ancorados em uma perspectiva crítica e dialética, estabelecemos como procedimentos metodológicos a revisão bibliográfica, o levantamento documental e a análise de discurso.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10749 WEBJORNALISMO E CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS: Uma análise das noticias sobre a população LGBT no G1 Tocantins 2021-01-27T16:22:21-03:00 Alice Agnes Spíndola Mota Pinho aliceagnes@uft.edu.br Andréia Fernandes da Silva andreeiafernandes@gmail.com Zeninho Luiz Gasparetto Neto zgasparettoneto@gmail.com <p>O trabalho analisa a produção jornalística de notícias que abordam temas envolvendo a população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). O Portal G1 Tocantins foi escolhido para ser o objeto de estudo deste trabalho coletando notícias do ano de 2017, considerado o ano com mais mortes de pessoas LGBT comparado aos últimos três anos. Após submeter o corpus à análise de conteúdo e análise de sentimento, os resultados apontam que os meios de comunicação podem auxiliar na construção de sentidos, muitas vezes negativos, acerca da comunidade LGBT e que ainda é preciso avançar bastante na problematização perante as diferentes formas de discriminação, opressão da comunidade LGBT.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9919 INFLUENCIADORAS DE CRISTO: evangelização nos canais brasileiros do YouTube Fafismelo e Fabibertotti 2021-01-27T16:23:32-03:00 Allysson Viana Martins allyssonviana@gmail.com Thaís Luiza Rivero thais.luiza.rivero@hotmail.com <p>O YouTube é uma das mídias sociais em que a evangelização na internet mais cresce, onde youtubers passam a ganhar até mais relevância do que líderes tradicionais, como aconteceu com Fabiola Melo e Fabiana Bertotti. Este texto busca investigar como as dez produções mais visualizadas dos seus canais, FafisMelo e FabiBertotti, trabalham com a evangelização. Enquanto Fabiana evangeliza em todos os assuntos, incluindo citações da bíblia, e aponta como uma cristã deve agir e se portar diante de situações, sobretudo sexuais, Fabiola evangeliza mais diretamente em poucos vídeos, embora, com frequência, apresente dialetos cristãos e princípios bíblicos em seus pensamentos.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10019 DESINFORMAÇÃO NA CULTURA DIGITAL: reflexões a partir da Democracia Cognitiva e do Diálogo de Saberes 2021-01-27T16:23:20-03:00 Juliana Dias Rovari Cordeiro julianadiasrc@gmail.com Alexandre Brasil Carvalho da Fonseca abrasil@ufrj.br Elliz Celestrini Mangabeira elliz.mangabeira@gmail.com Juliana Cintia Lima e Silva jcintia7@outlook.com Aline Guarany Ignacio Lima alineguarany@gmail.com <p>As mudanças que representam a tecnologia acessível e o uso das redes sociais na cultura digital impõem novas perguntas e desafios à medida que somos produtores e consumidores de informação. A desinformação afeta a vida pública e ameaça a democracia. A partir das ideias de Democracia Cognitiva (MORIN, 2014) e do Diálogo de Saberes (LEFF, 2006), discutiremos o tema à luz de um recorte analítico da pesquisa “Valores e Argumentos na assimilação e propagação da desinformação: uma abordagem dialógica”. A educação midiática aparece como uma necessidade histórica e democrática para combater as fake news. Neste sentido, as soluções possíveis devem estimular aprendizados coletivos sobre os processos comunicacionais e<br>educacionais que promovam a leitura e a compreensão crítica das mídias digitais.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10030 AS NOTÍCIAS JORNALÍSTICAS EM UM CENÁRIO PÓS-MODERNO: reflexões sobre o ato de ler em novas plataformas 2021-01-27T16:23:17-03:00 Rose Mara Pinheiro rose.pinheiro@ufms.br Caio Teruel caioteruel05@gmail.com <p>O presente artigo busca situar a prática jornalística e a leitura de notícias em meio ao conceito de pós-modernidade e plataformas móveis. Com base em autores como Kumar (1997), Featherstone (1991), Freire (2000) e Citelli (2016), e o resultado de um questionário sobre o hábito de leitura entre estudantes do ensino superior, propõe reflexões acerca do sujeito-leitor e a sua relação com a leitura de notícias em meios digitais. A educomunicação e sua relação com o jornalismo surgem como uma proposta para resgatar o diálogo, a formação crítica e a alfabetização midiática numa sociedade cada vez mais mediada pelos dispositivos digitais.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10267 SOBRE CRÍTICA, AUTOCRÍTICA E LEGITIMAÇÃO: o ethos jornalísticos em O Mercado de Notícias 2021-01-27T16:23:11-03:00 Marcos Paulo da Silva marcos.paulo@ufms.br Leopoldo Pedro Neto leeeoneto28@gmail.com <p class="p1">O artigo realiza uma análise das disposições, percepções e valores dos jornalistas entrevistados no documentário brasileiro <em>“O Mercado de Notícias”</em> (Jorge Furtado/2014/94 min). Volta-se, para tanto, ao arcabouço teórico-conceitual oriundo do pensamento sociológico de Pierre Bourdieu. São estudados a partir de categorizações alguns dos principais extratos dos depoimentos dos 13 agentes profissionais convidados pelo cineasta para explicar suas representações sobre o campo jornalístico.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10441 A POPULAÇÃO IDOSA E A INTERNET 2021-01-27T16:22:55-03:00 Paulo Fernando de Melo Martins paulofernando@uft.edu.br Eder Gama da Silva edersilva@uft.edu.br Nathanni Marrelli Matos Mauricio nathanni@uft.edu.br <p>Analisar o uso da internet pela população de idosos no Brasil. A metodologia utilizada será por meio de estudo qualitativo, através de um levantamento bibliográfico, verificando-se os estudos bibliográficos sobre o uso da internet a nível nacional. A utilização da internet é a mais imediata ao se comparar com outras tecnologias, tais quais a eletricidade, o automóvel ou ainda a televisão, todavia, ainda persiste um grupo de pessoas que comprova pouca adjacência com essas tecnologias: Os idosos.&nbsp; Como efeito, demonstraremos que há um crescimento no número&nbsp; de uso à internet por essa parcela da população, os idoso e com previsão de aumento.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/9896 A NOVA ERA DA COMUNICAÇÃO: publicidade e propaganda no contexto das mídias sociais 2021-01-27T16:23:54-03:00 Taís Steffenello Ghisleni taisghisleni@yahoo.com.br Vitória Karina Rodrigues Pereira vitoriakrpereira@gmail.com Graziela Frainer Knoll grazi.fknoll@gmail.com <p>O desenvolvimento digital fez com que o mercado publicitário brasileiro passasse por intensas transformações e levou profissionais e agências a trabalhar no sentido de se reinventar, a cada dia, na busca pelas melhores alternativas e oportunidades no cenário de mídia atual. O objetivo geral do presente artigo é contextualizar como a publicidade e propaganda está inserida no contexto das mídias sociais digitais. Já os objetivos específicos foram os seguintes: refletir acerca das lógicas e práticas que caracterizam a publicidade e propaganda no contexto das mídias digitais e enfatizar os impactos dessa comunicação no ecossistema vigente.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/10091 GESTÃO DE RISCOS COMO INSTRUMENTO DE INTEGRAÇÃO ENTRE A ESTRATÉGIA E OS PROCESSOS OPERACIONAIS: o caso de uma universidade pública 2021-01-27T16:23:14-03:00 Ana Lúcia Medeiros analucia@uft.edu.br Michelle M. Semiguen Lima Trombini msduarte@mail.uft.edu.br Dilson Pereira dos Santos Júnior dilsonjr@uft.edu.br <p>A gestão de riscos foi incorporada à Gestão Pública Brasileira com a finalidade de fortalecer a governança e o controle interno para que as políticas públicas sejam efetivas, eficazes e eficientes. O objetivo deste trabalho é apresentar a metodologia de implantação da gestão estratégica de riscos em uma universidade pública do Brasil. O presente trabalho descreveu a adaptação das práticas de gestão da universidade frente à necessidade de implementação da gestão de riscos como suporte necessário para as estratégias da instituição. Sua implantação propiciou disseminação das discussões sobre Governança, tendo alcançado as áreas operacionais da instituição responsáveis pelos processos críticos de trabalho.</p> 2020-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Observatório