CONTRIBUTO CONCEITUAL E PRÁTICO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA PARA AS PROPOSTAS CURRICULARES DE GEOGRAFIA

  • Antônia Márcia Duarte Queiroz Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: Extensão Universitária, Currículo, Geografia

Resumo

Este trabalho analisa algumas das concepções da Extensão Universitária no Brasil, na tentativa de compreender a extensão praticada nas universidades públicas brasileiras. No período mais recente, o Estado tem orientado grande parte de suas políticas para a inclusão social, conclamando os diversos atores para a co-responsabilidade no enfrentamento das questões sociais. Nesse sentido, as universidades públicas recebem novas funções de co-responsabilização para com as questões sociais, funções estas atribuídas especialmente aos programas de Extensão Universitária, nas diversas áreas do conhecimento. Assim, discute-se a Extensão universitária na perspectiva das propostas curriculares dos Cursos de Geografia. O objeto de análise escolhido trata-se do curso de Geografia da Universidade Federal do Tocantins. Para o desenvolvimento desta análise apropriou-se de abordagem metodológica teórica e estratégia de pesquisa documental, a Política Nacional de Extensão (2018), o Plano de Desenvolvimento institucional PDI/UFT (2016-2020) e o Projeto Político de Geografia – PPC de (2009) e de (2019). Constatou-se a partir dessa análise que a extensão da Geografia da UFT, apresenta particularidades e generalidades com relação à relação ensino, pesquisa e extensão, trazendo a necessidade de adequações institucionais e de curso.

Biografia do Autor

Antônia Márcia Duarte Queiroz, Universidade Federal do Tocantins

Doutora em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia-UFU. Mestre em Desenvolvimento Social e Licenciada em Geografia pela Universidade Estadual de Montes-UNIMONTES. Professora do magistério superior na Universidade Federal do Tocantins.

Referências

BRANDÃO, Carlos Rodrigues; Educação Popular; Editora Brasiliense; São Paulo; 1985.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues; Educação como Cultura; Editora Brasiliense; São Paulo; 1985.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues; O que é Educação; Editora Brasiliense; São Paulo; 1989.

FÓRUM de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras; Extensão Universitária: organização e sistematização; Edison José Corrêa. Coordenação Nacional do FORPROEX. Belo Horizonte; Coopmed, 2018. 112p.

FREIRE, Paulo; Extensão ou comunicação? Tradução de Rosisca Darcy de Oliveira;/ prefácio de Jacques Chonchol. 7ª Ed. Rio de Janeiro; Paz e Terra, 1983.

FREIRE, Paulo e Frei Betto; Essa escola chamada vida, depoimentos ao reporte Ricardo Kotscho, editora ática; São Paulo; 1988.

FREIRE, Paulo; Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro; Paz e Terra. São Paulo; 1992.

MEC;[dadosestatísticosdaeducaçãonoBrasil]www.portal.mec.gov.br/sesu/index.php?option=content&task=view&id=441&Itemid=303- Acesso 07 de janeiro de 2018.

MEC; [Legislação]; www.uel.br/prorh/index.php?content=legislacao/ldb.html - Acesso 30 de janeiro de 2019.

NOGUEIRA, Maria das Dores Pimentel. Políticas de extensão universitária brasileira. Belo Horizonte; Editora UFMG; 2005.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Pela Mão de Alice: O social e o político na pós- modernidade. 7. ed. São Paulo; Cortez, 2000.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A Universidade do século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da universidade/ Boaventura de sousa Santos- São Paulo; Cortez, 2004- (Coleção questões de nossa época ;v. 120).

SANTOS, Boaventura de Sousa; Da Idéia da Universidade à Universidade de Idéias; Revista Crítica de Ciências sociais; Portugal; Junho, 1989.

Plano Desenvolvimento Institucional-PDI (2016-2020). Universidade Federal do Tocantins. Palmas: Conselho Universitário (CONSUNI); UFT, 2016.

Projeto Pedagógico do Curso de Geografia- PPC. Resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) N.º 46/2009. Universidade Federal do Tocantins. Araguaína; Dezembro de 2009

SAVIANI, Dermeval. (1944). Ensino Público e algumas Falas Sobre universidade. Dermeval Saviani. Ed. São Paulo; Cortez: Autores associados 1991. (Coleção Polêmicas do nosso tempo; v.10).

TORRES, Alex Fabiani de Brito, Análise e sistematização das proposições sobre a extensão universitária brasileira; Viçosa: UFV; 2003. 206. : il.

WANDERLEY, Luiz Eduardo W. O que é Universidade; 1ª ed. editora brasiliense. São Paulo; 1988.

Publicado
2020-12-22
Como Citar
QUEIROZ, A. M. D. CONTRIBUTO CONCEITUAL E PRÁTICO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA PARA AS PROPOSTAS CURRICULARES DE GEOGRAFIA. Revista Tocantinense de Geografia, v. 10, n. 20, p. 01-22, 22 dez. 2020.