O PAPEL DO RIO ARAGUAIA E DA PECUÁRIA PARA A OCUPAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DE SÃO GERALDO DO ARAGUAIA-PAA

Resumo

O presente artigo analisa a importância do rio Araguaia e da pecuária, além das atividades e atores sociais dependente de ambos, no município de São Geraldo do Araguaia, sudeste do Pará. Traz à tona a importância do citado rio como fator principal das ocupações econômicas pioneiras nesse município e demonstra o papel da pecuária nas transformações socioespaciais e nas relações comerciais. Esse trabalho partiu de leituras sobre obras relacionadas ao tema aqui tratado e conversas com alguns dos pioneiros ainda presentes no município são-geraldense e o mesmo visa discutir e relacionar o rio e a atividade pecuária com a ocupação e emancipação do citado município. O Araguaia permitiu a ocupação inicial da região onde hoje se encontra a cidade e depois veio à atividade pecuária a partir da abertura da rodovia implantada pela tão falada integração nacional arquitetada pelos militares, apesar da participação do segundo fator se sobressair, principalmente, no que tange a dinâmica econômica e ao fluxo migratório para a região é inegável a importância do rio para a cidade, pois o mesmo serve como representatividade da natureza e símbolo de dinâmicas locais pioneiras.

Biografia do Autor

Samoel Santos Silva, UFT

Graduado em Geografia pela UFT. Professor da rede pública de ensino

Aires José Pereira, UFMT

Prof. Adjunto III do Departamento de Geografia da UFMT - Campus de Rondonópolis. Doutor em Geografia Urbana pela Universidade Federal de Uberlândia (2013). Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília (1999).Especialista em organização e Produção do Espaço Geográfico pela UFMT - Campus de Rondonópolis (1995). Licenciado em Geografia pela UFMT Campus de Rondonópolis (1992). Possui graduação em FILOSOFIA pelo CENTRO DE TEOLOGIA APLICADA INTEGRADA (2008), graduação em BACHAREL EM TEOLOGIA - SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO APOSTÓLICA (2005). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Araguaína - TO, Expansão Urbana de Tangará da Serra - MT, cidade e seus problemas ambientais, ensino de Geografia, Interdisciplinaridade Poética, urbanização, Geografia Agrária, Ensino de Geografia e problemas sociais urbanos. Leituras de Paisagens Urbanas, tema pelo qual se doutorou em Geografia na Universidade Federal de Uberlândia no dia 23 de abril de 2013. É poeta que acredita nas palavras transfonadoras de homens e de espaços. Possui uma página no Recanto das Letras onde publica seus textos poéticos, entre outros. É membro da Academia de Letras de Araguaína e Norte Tocantinense, coautor do Hino Oficial de Rondonópolis - MT. Possui vários artigos publicados em eventos e Revistas Científicas, além de 17 livros editados. É membro pesquisador do NURBA.

Emerson Rodrigues, UFT

Graduado em Geografia pela UFT. Professor da rede pública de ensino

Referências

ALENCAR, Ane. Et al. Desmatamento da Amazônia: indo além da emergência crônica. Belém: Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, 2006. 87 p.

CARVALHO, Francisquinha Laranjeira. RIBEIRO, Maria do Espírito Santo Rosa. Rio Araguaia: O caminho dos sertões. História revista (UFG), Goiânia: v. 14, n. 2, p. 3, mai. 2009.

CASTRO, Edna Maria Ramos de. Políticas de ordenamento territorial, desmatamento e dinâmicas de fronteira. Novos cadernos do NAEA, Belém, v.10, n.2, p. 105-126, 2007.

CONSULTA DE ÁREA, POPULAÇÃO E DADOS BÁSICOS DOS MUNICÍPIOS. IBGE, 2017. Rio de Janeiro, Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/sao-geraldo-do-araguaia/panorama> Acesso: 10 mar. 2018.

GALLAIS, Jean. Alguns aspectos do espaço vivido nas civilizações do mundo tropical. CORREA, R. L. A (Org.).; ROSENDAHL, Z.(Org.) . Geografia Cultural - Um Século (3). Rio de Janeiro: EDUERJ, 2002. v. 1. 184p. p. 73.

PEREIRA, Aires José. Ensaios de Geografia e Interdisciplinaridade Poética. 5. ed. Rio de Janeiro: CBJE, 2019.

ROCHA, Gilberto Miranda. A dinâmica territorial da malha político-administrativa municipal da Região Norte do Brasil (1988-2010). Novos Cadernos NAEA, Belém/PA, v. 16, n. 1, p.213-230, 2013.

SILVA, Maurício. et al. A transformação do espaço amazônico e seus reflexos na condição atual da cobertura e uso da terra. ______.et al. Novos cadernos NAEA, UFPA/Belém; v.16, n. 1, p. 240-241. 2013.

SODRÉ, Reges. Interações espaciais e as pequenas cidades na região de influência de Araguaína. In:______. Interações espaciais entre cidade média e pequenas cidades: um estudo de Araguaína - TO, Campos Lindos - TO, Carolina - MA e São Geraldo do Araguaia-PA. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia/MG: 2016 p. 184-187.

TRINDADE JR. Saint-Clair Cordeiro. Das “cidades na floresta” as “cidades da floresta”: espaço, ambiente e urbanodiversidade na Amazônia brasileira. NAEA, UFPA/Belém: p.6-16. 2013.

Publicado
2019-07-12
Como Citar
Silva, S. S., Pereira, A. J., & Rodrigues, E. (2019). O PAPEL DO RIO ARAGUAIA E DA PECUÁRIA PARA A OCUPAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DE SÃO GERALDO DO ARAGUAIA-PAA. Revista Tocantinense De Geografia, 8(15), 64-77. Recuperado de https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/geografia/article/view/6982