ENSINO DE GEOGRAFIA NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NOS ANOS FINAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA

Palavras-chave: ensino, inclusão, desenvolvimento.

Resumo

A Educação Inclusiva se fundamenta em princípios de equidade, de direito à dignidade humana, na educabilidade de todos os seres humanos, independentemente de comprometimentos que possam apresentar em decorrência de suas especificidades, no direito à igualdade de oportunidades educacionais, à liberdade de prender e de expressar-se, e no direito de ser diferente. Sendo assim, este trabalho visa realizar uma discussão teórica sobre procedimentos teórico-metodológicos para se trabalhar os componentes em turmas de 9º ano do Ensino Fundamental, na Educação Básica. Para isso, utilizamos a abordagem qualitativa na produção e análise das informações levantadas ao logo dessa pesquisa. Operacionalizamos a pesquisa por meio do procedimento bibliográfico: levantamentos, fichamentos, discussões do material encontrado. Os resultados mostraram que a prática educativa do professor de Geografia deve se nortear pelo diálogo, estudo, criação, desejo e compromisso com o desenvolvimento dos alunos na Educação Inclusiva, dentre esses, os com Deficiência Intelectual por meio do uso de estratégias pedagógicas mais ativas. Logo, os componentes físico-naturais podem ser trabalhados com aulas de campo, de games, de horta, de desenho e de imagens em uma perspectiva de protagonistas. Portanto, tais práticas diversificadas podem contribuir para que o aluno com Deficiência Intelectual se desenvolva de maneira inclusiva e autônoma, mas que para isso, faz-se necessário tanto um maior investimento na formação, nas condições de trabalho docente, bem como de maior envolvimento do docente na transformação social por meio da Educação Geográfica.   

Biografia do Autor

DANIEL RODRIGUES SILVA LUZ NETO RODRIGUES SILVA LUZ NETO, UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB

Mestrando em Geografia (Universidade de Brasília -UnB), Graduado em Geografia (Universidade Estadual do Ceará -UECE), 2ª Graduação em Pedagogia ( Facibra-Paraná), Especialista em Gestão Educacional (Faculdade Apogeu), professor da Educação Básica desde 2008 e membro do grupo de pesquisa GEAF-UnB.

JUANICE PEREIRA SANTOS SILVA, Unb

Professora da Carreira Magistério Público da Secretaria de Estado e Educação do Distrito Federal - SEEDF, desde 1999, componente curricular Biologia. Mestranda em Geografia pela Universidade de Brasília - UnB. Graduada em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário de Brasília - UniCEUB (1997). Possui especialização em Educação Ambiental. Trabalha com Educação Inclusiva no Atendimento Educacional Especializado em Sala de Recursos Generalista desde 2009.

 

Referências

AMERICANASSOCIATION ON INTELLECTUAL AND DEVELOPMENTAL DISABILITIES- AAIDD. Definition of Intellectual Disability. Washington, D.C: AAIDD, 2016. Disponível em: <https://aaidd.org/intellectual-disability/definition#.V18LLvkrKUk>. Acesso em: 04 mar. 2019.

BEYER, Hugo Otto. Educação Inclusiva ou Integração Escolar? Implicações pedagógicas dos conceitos como rupturas paradigmáticas. BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Ensaios Pedagógicos. Brasília: Ideal, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Brasília, 1996.

BRASIL. Ministério de Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Fundamental). Brasília, 1998.

Publicado
2019-03-30
Como Citar
LUZ NETO, D. R. S. L. N. R. S., & SANTOS SILVA, J. P. (2019). ENSINO DE GEOGRAFIA NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NOS ANOS FINAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Revista Tocantinense De Geografia, 8(14), 31-44. https://doi.org/10.20873/https://doi.org/10.20873/uft.2317-9430.2019v8n14p31