A Comunidade de Capão Selado, Buritizeiro-MG : Suas Transformações no Tempo e no Espaço

  • SUZANA GRAZIELE DE SOUZA unimontes

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre as transformações socioespaciais ocorridas na comunidade rural de Capão Selado, município de Buritizeiro, Norte de Minas Gerais, bem como analisar de que forma as mudanças econômicas, políticas e sociais modificam a relação tempo/espaço dos moradores locais. Para tanto foi realizado revisão bibliográfica, pesquisa de campo e entrevistas com os moradores locais visando identificar os impactos causados pela implantação de grandes empresas agrícolas nas proximidades da área rural da comunidade. Ao analisar o modo de vida dos moradores da comunidade de Capão Selado, buscamos compreender como a implantação das políticas públicas priorizou, sobretudo, o crescimento econômico do município, desconsiderando os valores culturais, sociais e ambientais, além de comprometer a sustentabilidade das comunidades tradicionais locais.

Referências

ABRAMOVAY, Ricardo. Paradigmas do Capitalismo Agrário em Questão. 2 Ed. São Paulo: Hucitec/Edunicamp, 1992.

BAGGIO, Hernando. Alterações na paisagem natural e agrícola no município de Buritizeiro-MG: Implicações da monocultura de pinus e eucaliptos. Dissertação (mestrado) Instituto de Geociências - UFMG. Belo Horizonte, 2002.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O Afeto a terra: Imaginarias sensibilidades e motivações de relacionamento com a natureza e entre meia ambiente agricultores e criadores do bairro dos pretos. Campinas, São Paulo: Ed. Unicamp, 1999.

COSTA, João Batista de Almeida. Mineiros e baianeiros: Englobamento, exclusão e resistência. Brasília: Universidade de Brasília, 2003 (Tese de Doutoramento).

Gonçalves, Carlos Walter Porto. “O modelo de desenvolvimento do agronegócio: limites e perspectivas”. Revista Eletronica da Associação dos Geógrafos Brasileiros. UFMS – Campus de Três Lagoas, 2011.

KAGEYAMA, Ângela. O Novo Padrão Agrícola Brasileiro do Complexo Rural aos Complexos Agroindustriais. In: _____. Agricultura e Políticas. Brasilia: IPEIA, 1990.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino. A Renda da Terra. Orientação. São Paulo: IGEOG-USP, p. 94-96, 1984.

______. A Geografia e a Luta no Campo. 10 Ed. São Paulo: Contexto, 2001. (Repensando a Geografia).

RODRIGUES, Luciene; OLIVEIRA, Marcos Fabio Martins. Capitalismo da Gênese a Crise Atual. 2 Ed. Montes Claros: Unimontes, 1999.

______. Formação Econômica e Social do Norte de Minas. Montes Claros: Unimontes, 2000.

SANTOS, Milton. O Meio Técnico-Científico. In: ______. A Urbanização Brasileira. 2 Ed. São Paulo: HUCITEC, 1994. P. 35-49.

TUAN, YI-FU. Espaço e Lugar: A Perspectiva da experiência. Trad. Lívia de Oliveira, São Paulo: DIFEL, 1983.

SAINT HILAIRE, Auguste de. Viagem a Nascente do Rio São Francisco. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: ed da Universidade de São Paulo, 1975b: 76/77

SILVA, Carlos Eduardo Mazzeto. O Cerrado em Disputa: Apropriação Global e Resistencias Locais Brasilia: Confea, 2009.

SHIKI, Simone de Faria Narciso. Desenvolvimento Agrícola nos Cerrados: Trajetória de acumulação degradação ambiental e exclusão social em torno de Irai de Minas. Uberlândia .UFU.1998.Dissertação de Mestrado.

MESSIAS, Afonso Veloso. Buritizeiro Abril/2006. Entrevista concedida a Suzana Graziele de Souza.

SOUZA, Angela Fagna Gomes de. ESPAÇO GEOGRÁFICO, UM HÍBRIDO: a atividade cafeeira e a utilização do meio técnico científico nos Cerrados de Buritizeiro-MG. 2007, 111F. Trabalho de Conclusão de Curso, Unimontes: Pirapora, 2007.

Publicado
2018-11-22