Um Um estudo socioespacial dos aglomerados subnormais de Araguaína - TO

  • Marcos Antonio Pereira Neto UFT
  • Elias da Silva Universidade Federal do Tocantins

Resumo

No modo de produção capitalista as discrepâncias socioespaciais são uma de suas notáveis expressões e características. Nesse sentido, este estudo busca analisar as desigualdades socioespaciais de Araguaína, em Tocantins, na contemplação teórico/metodológica que aborda a condição de urbanização dos países subdesenvolvidos ou como mais recentemente chamados, países em desenvolvimento, em que o crescimento das cidades obedece à lógica da especulação econômica do capital sobre a terra, combinada à fraca presença do estado, no que se refere ao atendimento das camadas sociais menos favorecidas. No caso de Araguaína, analisamos a questão fundiária dos aglomerados subnormais por meio de dados oficiais do IBGE, 2010, e também pesquisas e diálogos com as populações residentes nos locais caracterizados como tal, confirmando assim as realidades, carências e dificuldades dos moradores, advindas do descaso referente à falta de infraestrutura que estes sofrem.

Referências

ARNALDO FILHO. Tocantins tem as melhores cidades da região Norte do país para morar, Araguaína está na 5º posição. 2016. Redação AF. Disponível em: <http://afnoticias.com.br/tocantins-tem-as-melhores-cidades-da-regiao-norte-do-pais-para-morar-araguaina-esta-na-5a-posicao/>. Acesso em: 30 jan. 2017.

BRASIL. Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil 1988. Brasília, Senado Federal, 2002.

______. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Aglomerados Subnormais, informações técnicas. Disponível em:<http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/imprensa/ppts/0000001516 4811202013480105748802.pdf>. Acesso em 05/09/2016.

______. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. IBGE Cidades; Uberlândia - MG. 2010. Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=317020&search=minas-gerais|uberlandia>. Acesso em: 05 fev. 2017.

______. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. IBGE Cidades; Araguaína - TO. 2010. Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=170210&search=tocantins|araguaina>. Acesso em: 05 fev. 2017.

______. Lei 10.257, de 10 de julho de 2001. Estatuto da Cidade. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LEIS_2001/L10257.htm. Acesso em 28/12/2016.

GARCIAS, Carlos Melo; BERNARDI, Jorge Luiz. As Funções Sociais da Cidade. Revista Direitos Fundamentais & Democracia, Curitiba - Pr, v. 4, n. 4, p.410-424, 2008. Semestral. Disponível em: <http://revistaeletronicardfd.unibrasil.com.br/index.php/rdfd/article/view/48/47>. Acesso em: 10 dez. 2016.

HARVEY, David. Cidades rebeldes: do direito à cidade à revolução urbana / David Harvey; tradução Jeferson Camargo. – São Paulo : Martins Fontes – 2014.

HOUAISS, Antonio. Minidicionário Houaiss da língua portuguesa / [Antônio Houaiss e Mauro de Salles Villar ; elaborado no Instituto Antônio Houaiss de Lexicografia e Banco de Dados da Língua Portuguesa]. – 4.ed. Rio de Janeiro : Objetiva, 2010.

RODRIGUES, Arlete Moysés. Estatuto da Cidade: função social da cidade e da propriedade. Alguns aspectos sobre população urbana e espaço. Cadernos Metrópole, São Paulo - Sp, v. 2, n. 12, p.9-25, 2004. Semestral. Disponível em: <http://cadernosmetropole.net/artigo/56>. Acesso em: 15 jan. 2017.

SILVA, Roberto Antero da. DESIGUALDADES SOCIOESPACIAIS NA CIDADE MÉDIA DE ARAGUAÍNA-TO. 2016. 181 f. Tese (Doutorado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Geografia, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza - Ce, 2016. Disponível em: <http://www.uece.br/mag/dmdocuments/tese_roberto_anteroda_silva.pdf>. Acesso em: 18 nov. 2016.

Publicado
2018-11-28