DA CRÍTICA EPISTEMOLÓGICA AO INTERDISCIPLINAR EM PERSPECTIVAS DECOLONIAS E DESCOLONIAIS

  • KELLY CAROLYNE CIRQUEIRA ALVES UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ - UNIFESSPA
  • VALÉRIA LACERDA DE ALMEIDA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ - UNIFESSPA

Resumo

Neste artigo, com base em pesquisa bibliográfica apontamos uma reflexão sobre o conhecimento científico e a crítica epistemológica do conhecimento na sociedade contemporânea. A intenção do presente artigo é chamar a atenção para a reflexão de como têm se produzido ciência, evidenciando que é preciso evitar conceber apenas o conhecimento científico enquanto hegemônico. Tal reflexão nos permite problematizar não só o processo de formação do conhecimento e a própria crítica epistemológica, mas também como esse processo conduz a pesquisa interdisciplinar, apontando as perspectivas descolonial e a decolonial como perspectivas críticas que estão surgindo na América Latina enquanto um projeto de desconstrução para a ciência.

PALAVRAS-CHAVE: Ciência; Epistemologia; Interdisciplinaridade; Descolonial; Decolonial.

Biografia do Autor

KELLY CAROLYNE CIRQUEIRA ALVES, UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ - UNIFESSPA

Historiadora, Mestranda em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia, UNIFESSPA/Campus Universitário de Marabá/PA. kellyalves@unifesspa.edu.br.

VALÉRIA LACERDA DE ALMEIDA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ - UNIFESSPA

Engenheira Florestal, Mestranda em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia, UNIFESSPA/Campus Universitário de Marabá/PA.

Publicado
2019-10-18