ENTRE-VISTAS COM O PROFESSOR ALESSANDRO PORTELLI

  • Dernival Venâncio Ramos Junior Universidade Federal do Tocantins
  • Pere Petit Inuversidade Federal do Pará-UFPA
  • Erinaldo Cavalcanti Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, UNIFESSPA

Resumo

O historiador italiano Alessandro Portelli esteve em Manaus, AM, em outubro de 2017. Ele veio participar como conferecista do X Encontro da Regional Norte de História: (des)colonialidades, memóris e linguagens na Amazônia. Na oportunidade, ele nos concebeu uma entrevista que transcrevemos abaixo.

Alessandro Portelli nasceu em Roma no ano de 1942. Historiador e musicólogo, ele se tornou uma das principais teóricos e praticantes da História oral no mundo. A sua vasta bibliogria inclui dezenas de livros e ensaios, traduzidos para diversos idiomas entre eles o inglês, o espanhol e o português.

No Brasil, são vários os artigos publicados nas principais revistas da área de História e em coletâneas como o clássico Usos e abusos da História oral, organizada por Janaína Amado e Marieta de Moraes Ferreira em 1996. A editora Letra e Voz de São Paulo publicou os seus principais ensaios através dos títulos Ensaios de História oral de 2010 e História oral como arte da escuta de 2016

Biografia do Autor

Dernival Venâncio Ramos Junior, Universidade Federal do Tocantins

Doutor em História. Professor do Colegiado de História da UFT/Araguaína e do Programa de PósGraduação em Estudos de Cultura e Território (PPGCULT/UFT). Universidade Federal do Tocantins, Brasil. E-mail: dernivaljunior@gmail.com

Pere Petit, Inuversidade Federal do Pará-UFPA
Doutor em História pela Universidade de São Paulo. Professor do Programa de Pós - graduação em História da UFPA e coordenador da Associação Nacional de História Oral, biênio 2018 - 2020. Também é coordenador do Grupo de Pesquisa História do Tempo Presente na Amazônia.
Erinaldo Cavalcanti, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, UNIFESSPA
Doutor em História pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor do curso de História da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, UNIFESSPA, onde coordena o Grupo de Pesquisa I tempo: Interpretações do Tempo: Ens ino, memória, narrativa e política
Publicado
2018-10-16