DO REGIONAL AO LOCAL:

TRAJETÓRIAS SOCIOESPACIAS DAS ACADÊMICAS DO CURSO DE GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS – CAMPUS DE ARAGUAÍNA

  • Kênia Gonçalves Costa Universidade Federal do Tocantins
  • Elaine da Silva Sousa Universidade Federal do Tocantins

Resumo

Identificam-se as trajetórias das acadêmicas em Geografia do Campus de Araguaína/UFT (2014 a 2017), que se deslocam diariamente e/ou residem na cidade durante o período letivo. Atual sociedade é patriarcal, no entanto, defrontamos com essas mulheres no meio acadêmico e notamos algumas mudanças. Nas idas e vindas, muito se traz e muito se leva, oportunizando conhecimentos, por meio de relações no espaço e em suas trajetórias, configurando uma nova realidade, estabelecendo laços, identificando suas principais dificuldades e suas inúmeras visões da sociedade que são a todo tempo (des)reconstruídas por meio da afetividade e das mudanças ocorridas em suas vidas durante o tempo em que passam na universidade e no contexto social no qual estão inseridas.

Biografia do Autor

Kênia Gonçalves Costa, Universidade Federal do Tocantins

Drª. Docente do curso de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura e Território (PPGCult) - UFT-Araguaína

Elaine da Silva Sousa, Universidade Federal do Tocantins

Licenciada em Geografia e aluna especial do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura e Território (PPGCult) - UFT-Araguaína

Publicado
2018-10-16