QUANDO O SERTÃO VIROU PORANGATU?

MITOS DE FUNDAÇÃO E O ENSINO DE HISTÓRIA DA CIDADE

  • Renato Fagundes Pereira UEG

Resumo

O objetivo desse artigo é refletir sobre os usos da cultura popular no ensino de História local na cidade de Porangatu, Goiás. Partindo de uma pesquisa quantitativa realizada nas escolas da cidade, percebemos que os alunos reproduzem a lenda local para explicar sua fundação, negligenciando os elementos históricos que estão presentes em seus cotidianos.  Nesse sentido, esforçamo-nos em demonstrar os problemas decorrentes dessa reprodução: encobrimento da História e o desconhecimento das tensões socioeconômicas construídas no processo de formação da cidade. Esperamos ampliar os debates sobre o uso do patrimônio histórico no Ensino de História e os problemas de sua apropriação de forma indiscriminada.

Publicado
2018-10-16