REFORMAS RELIGIOSAS EM PORTUGAL DO SÉCULO XVI: PROTESTANTISMO E HUMANISMO ERASMISTA NOS AUTOS DA INQUISIÇÃO

Palavras-chave: Protestantismo, humanismo erasmista, Portugal

Resumo

A partir de meados do século XVI inúmeros processos inquisitoriais contendo acusações de culpas heréticas protestantes se desenrolaram em Portugal. O objetivo deste artigo é o de analisar o conteúdo de alguns destes autos, a fim de verificar a possibilidade de eles tratarem de uma adesão propriamente dita à teologia luterana ou, conforme se pressupõe, revelarem propostas humanistas erasmistas Pretende-se, por fim, perceber os posicionamentos dos indivíduos neles apresentados e relacioná-los com o amplo processo de transformações religiosas que pôde ser verificado nas Reformas Protestantes, na Contrarreforma Católica e no desenvolvimento do humanismo, e que atingiram grande parte da Europa neste espaço temporal.    
Como Citar
REFORMAS RELIGIOSAS EM PORTUGAL DO SÉCULO XVI: PROTESTANTISMO E HUMANISMO ERASMISTA NOS AUTOS DA INQUISIÇÃO. (1). Escritas: Revista Do Curso De História De Araguaína, 7(1), 211-229. https://doi.org/10.20873/vol7n1pp211-229
Seção
Seção Livre