DA LETRA DA LEI ÀS PRÁTICAS COLONIAIS: ÍNDIOS ADMINISTRADOS E COLONOS NA CAPITANIA DE ILHÉUS

Palavras-chave: Gueren, conflitos, Capitão-mor, política indigenista.

Resumo

Este artigo descreve a expansão colonizadora do território da Capitania dos Ilhéus na primeira metade do século XVIII, tendo em vista proteger a sobredita capitania dos ataques dos índios Gueren que viviam resistentes ao projeto implantado por Portugal naquele território. O foco desse texto é atuação dos capitães-mores Antônio Veloso e José Figueira, bem com a política indigenista confeccionada para legitimar o ataque e escravização dos "Bárbaros Povos". Por fim se analisará a aliança dos Gueren com um dos capitães e as estratégias usadas pelos índios para requererem do rei o tratamento destinado aos aliados de Portugal.    
Seção
Seção Livre