APOSTOLADO DA BOA IMPRENSA: CONTRIBUIÇÕES DAS FILHAS DE MARIA NA IMPRENSA CATÓLICA (PERNAMBUCO, 1902-1922)

Palavras-chave: História Cultural, Igreja Católica, meios de comunicação, modelos eclesiais, mulher.

Resumo

Neste artigo, realizamos uma discussão sobre a boa imprensa e as suas estruturas, analisando de que maneira o Primeiro Congresso Católico de Pernambuco foi decisivo para a criação de um jornal católico no estado de Pernambuco. Em seguida, analisamos a atuação das Filhas de Maria como propagadoras do jornal "A Tribuna", o surgimento da revista "Maria", e como esta revista foi utilizada para propagar algumas normas, propostas pela Igreja Católica, para a sociedade pernambucana, em especial às mulheres. Como aporte teórico, utilizamos as análises propostas por Michel Foucault, em "A ordem do discurso", para compreender as condições de produção do discurso.