A CULTURA POLÍTICA DO ASSOCIATIVISMO: O CLUB RIO CONTENSE

Resumo

Este artigo, ao analisar o Club Rio Contense, “sociedade lietteraria, recreativa e beneficente”, criada em Rio de Contas (BA), discute a sociabilidade como um canal de socialização da cultura política. Busca-se compreender esta associação como espaço de divulgação da cultura política nacional vigente, mas, também, de construção de uma específica, onde eram (re)afirmadas hierarquias e identidades político-sociais; ou seja, faz-se uma leitura dessa sociedade que entrecruza os conceitos e metodologias das novas Histórias Política e Cultural.