DUELAR, JOGAR E NARRAR

Resumo

Este trabalho apresenta uma leitura do conto “Duelo”, de Guimarães Rosa, pela perspectiva do jogo preconizada por Huizinga, Caillois e Iser. O objetivo principal desse estudo é mostrar o modo como o narrador se vale da expertise do jogo para narrar uma disputa que inicialmente, é motivada pelo adultério de Dona Silivana e continua pelo erro cometido pelo marido traído (Turíbio Todo) no acerto de contas em que ele mata Levindo Gomes no lugar de Cassiano Gomes, amante da esposa. Longe de propor um vencedor, este texto aponta para um modo de ler o “Duelo”, considerando o texto como uma unidade inacabada. É possível antecipar que o conto traz em seu eixo central a ideia de jogo como disputa, fazendo referência a várias estratégias de jogos no decorrer da narrativa. Assim, o narrar e o jogar são conduzidos pelo mesmo viés até se findar o duelo.

Biografia do Autor

Márcio Araújo de Melo, UFT - Universidade Federal do Tocantins

Marcio-Melo_correta.jpg

Professor e coordenador do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Tocantins (PPGL/UFT). Docente do Programa de Mestrado Profissional em Letras em Rede Nacional (ProfLetras) na UFT. Membro do GT de Literatura e Ensino na ANPOLL. 

Andréia Nascimento Carmo, SEDUC - Secretária da Educação do Tocantins

Doutoranda em Letras pela Universidade Federal do Tocantins - PPGL/ UFT. Possui Mestrado em Ensino Língua e Literatura pela Universidade Federal do Tocantins - PPGL/ UFT; Graduação em Letras - Português e Inglês e Respectivas Literaturas pela Universidade Federal do Tocantins; É professora de Língua Portuguesa e Inglesa do Ensino Fundamental e Médio pela Secretaria de Educação e Cultura do Tocantins desde abril de 2010; Atualmente dedica-se às pesquisas relacionadas à leitura, à formação do leitor e ao livro didático em uma perspectiva discursiva. Email:andreianascimentocarmo@yahoo.com.br

 

Andreia_correta1.jpg

Valdivina Telia Rosa de Melian, Bolsista Capes

Doutoranda em Letras- Ensino de Língua e Literatura pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), possui Mestrado em Ensino de Língua e Literatura pela Universidade Federal do Tocantins - PPGL/ UFT. Pós-graduada em Administração Hospitalar, pelo Centro Universitário São Camilo, com o Título de Especialista em Administração Hospitalar, com ênfase para o Terceiro Setor,Graduada em Letras - Língua Portuguesa pela Universidade Pitágoras Unopar, Graduada em História - pela Universidade Federal do Tocantins - UFT. Atuou com longa experiência no Setor Saúde na área administrativa hospitalar, como: Encarregada de Compras, Coordenadora de Hotelaria e Coordenadora de Internação. Participou de várias atividades sociais e cursos preparatórios profissionalizantes de curta duração, buscando sempre melhorar o conhecimento adquirido tanto para a área da Educação como também na área de Administração hospitalar. Foi coordenadora administrativa na Faculdade Católica Dom Orione e no Colégio Santa Cruz de Araguaína. Trabalhou como Professora de nível superior no Curso de Gestão Hospitalar na Faculdade Católica Dom Orione. Exerceu como voluntária a função de professora com a disciplina de História, no Cursinho Pré-vestibular, um projeto desenvolvido pela Instituição Colégio Santa Cruz de Araguaína, no Estado do Tocantins. O Projeto foi pensado e desenvolvido para os alunos de baixa renda e que estudaram na rede pública. As aulas foram no período de Agosto de 2013, com encerramento em Novembro do mesmo ano. Tem como convicção a certeza que o ser humano é de um valor inestimável e que a convivência e o diálogo são a base para o desenvolvimento do mundo como um todo, através da Educação. E-mail: teliarosa@hotmail.com

 

Valdivina_correta.jpg

Publicado
2020-10-27
Como Citar
Melo, M. A. de, Nascimento Carmo, A., & Telia Rosa de Melian, V. (2020). DUELAR, JOGAR E NARRAR. Escritas: Revista Do Curso De História De Araguaína, 12(2), 257-273. https://doi.org/10.20873/vol12n2pp257-273