Capa da edição v. 10, n. 2, 2019, com 3 digigravuras de Alixa, 2011

Sabemos que as discussões acerca do espaço da literatura na escola não são recentes. Basta uma breve pesquisa para encontrar textos, datados desde a década de 70, de autoria de pesquisadoras como Regina Zilberman, Marisa Lajolo, Glória Bordini, Lígia Chiappini, dentre outras, que já sinalizavam a difícil relação entre literatura e escola. Nos últimos anos, entretanto, essa discussão esteve mais acalorada, especialmente depois da publicação de textos de teóricos conhecidos nos estudos literários, como Tveztan Todorov e Antoine Compagnon que, ao tratarem da realidade francesa, parecem ter diminuído a obnubilação que atingia os meios acadêmicos nesta área. Difindiram-se artigos, dossiês em revistas acadêmicas, eventos com discussões. Vale destacar nesse processo a importância do Mestrado Profissional em Letras - PROFLETRAS - cujas produções muito alavancaram a formação continuada dos docentes e dos estudantes do programa. 

O dossiê que ora apresentamos pretende abarcar essas discussões a partir de um eixo básico: as relações entre literatura, teoria e crítica no ensino, no universo da formação inicial e da escola básica. 

Organizadores: Dra. Ana Crélia Penha Dias (UFRJ); Dr. Márcio Araújo de Melo (UFT)

Publicado: 2019-11-17

Dossiê

Ensaios

Temas Livres

Produção Literária