NARRATIVAS DE VIDA EM STOP MOTION: UMA ALTERNATIVA PARA O DESENVOLVIMENTO DE MULTILETRAMENTOS

  • Isabel Cristina Michelan de Azevedo Universidade Federal de Sergipe - UFSE
  • Fabiana Santos de Sousa Matos Universidade Federal de Sergipe - UFSE

Resumo

Este artigo investiga a produtividade de práticas escolares direcionadas ao ensino de narrativas de memórias/de vida voltadas ao resgate do patrimônio cultural de Salgado/SE, por uma turma de 8º ano do ensino fundamental. Com base no caráter dialógico da linguagem e na concepção da escrita como processo, em uma pesquisa-ação, foram desenvolvidas atividades direcionadas à produção de histórias que sustentaram a criação de animações em stop motion. Ao final das ações didático-pedagógicas, observamos ser possível desenvolver práticas cooperativas de linguagem com função sócio-histórica e cultural, aprimorar o uso de recursos linguístico na construção dos discursos e favorecer práticas de multiletramentos.

Biografia do Autor

Isabel Cristina Michelan de Azevedo, Universidade Federal de Sergipe - UFSE

Doutora em Letras pela Universidade de São Paulo, atualmente é professora adjunta no Departamento de Letras Vernáculas da Universidade Federal de Sergipe, coordenadora do Mestrado Profissional em Letras, campus São Cristóvão, e líder do Grupo de Pesquisas em Argumentação e Retórica Aplicadas (GPARA) e do grupo de pesquisas Estudos de Linguagem, Argumentação e Discurso (ELAD).

Fabiana Santos de Sousa Matos, Universidade Federal de Sergipe - UFSE

Mestre pelo Programa de Mestrado Profissional em Letras em Rede Nacional, ProfLetras, da Universidade Federal de Sergipe (2016). 

Publicado
2019-01-19