A OFERTA DA (CONTRA)PALAVRA

PRODUÇÃO ESCRITA E LEITURA ANALÍTICA À LUZ DA TEORIA DA ENUNCIAÇÃO

  • Vinicius Lourenço Linhares IFMG/PUC-Minas

Resumo

Este artigo apresenta uma análise de quatro versões de uma atividade escrita de caráter analítico, realizada por um grupo de alunos do primeiro ano do ensino médio em uma escola pública federal, situada no município de Congonhas-MG, focalizando a apropriação e operacionalização realizada pelos alunos do conceito de enunciação e suas categorias. (BAKHTIN/VOLOCHÍNOV, 2009; BENVENISTE, 1995; PAULINO; WALTY, 2005). Em cada versão são também apresentadas as intervenções/orientações propostas pelo docente e as adequações realizadas pelos alunos, jovens autores, no correr do processo de escrita. Tal proposta de atividade se assenta numa perspectiva que concebe a produção escrita como atividade de (re)elaboração da qual co-participam, dialogicamente, professor e alunos ao ofertarem, mutuamente, a palavra e a contrapalavra. (ANTUNES, 2003; MARCUSCHI, 2004, 2008; KOCH; ELIAS, 2015).

Publicado
2019-05-31