O ENSINO DOS CONECTORES COM USO DE FORMULÁRIOS DO GOOGLE

  • Bougleux Bonjardim da Silva Carmo Secretaria da Educação. Colégio da Polícia Militar Anísio Teixeira - CPM / SEC

Resumo

Neste artigo discute-se o tratamento didático do conectores com uso do Google Forms. Nesse contexto, reflete-se na relação entre o ensino da coesão sequencial (KOCH, 2010), os estudos dos marcadores discursivos (ALOMBA RIBEIRO, 2005; PORTOLÉS, 2001) e a pedagogia dos multiletramentos (LEMKE, 2010; ROJO, 2012). Metodologicamente, realiza-se a abordagem teórica dos conceitos para transposição didática e, em seguida, expõe-se a utilização dos formulários. Com isso, amplia-se as propostas de construção dos materiais-fonte, conforme Mendes (2012), mediante emprego de ferramentas em diferentes suportes midiáticos para diversificação metodológica e ensino da articulação textual na Educação Básica. 

 

Biografia do Autor

Bougleux Bonjardim da Silva Carmo, Secretaria da Educação. Colégio da Polícia Militar Anísio Teixeira - CPM / SEC

Mestre em Letras pela Universidade Federal de Santa Cruz e doutorando em Estado e Sociedade pela Universidade Federal do Sul da Bahia.  Professor de língua portuguesa da Secretaria de Educação do Estado da Bahia. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: marcadores discursivos, pragmática, multimodalidade, tirinhas, literatura adaptada e, devido a formação na área da Linguística Forense, dedica-se à Análise da Conversa Etnometodológica. Além dos temas na área de Letras e Linguística, o projeto de tese, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade (PPGES / UFSB), dialoga estudos da Memória Social e do Discurso para compreensão das representações sociais e de determinados processos de subjetivação.

Publicado
2018-10-28