ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE OS TEXTOS LITERÁRIOS “A RESISTÍVEL ASCENSÃO DE ARTURO UI”, DE BERTOLD BRECHT (1941) E “A RESISTÍVEL ASCENSÃO DO BOTO TUCUXI”, DE MÁRCIO SOUZA (1982)

  • Jocilene D Avila da Silva Ufac
  • Verônica Diniz da Silva Universidade Federal do Acre (UFAC)
  • João Carlos de Souza Ribeiro Universidade Federal do Acre (UFAC)

Resumo

No plano conteudístico, o presente trabalho - análise comparativa - tentará mostraromo a narratividade do texto de Márcio Souza, A resistível ascensão do Boto Tucuxi, faz uso da obra de Bertolt Brecht, A resistível ascensão de Arturo Ui, e se apropria do título e dos principais elementos da trama para fazer uma leitura do comportamento político populista amazonense. A obra de Márcio Souza, portanto, liga-se à de Brecht pela veia da política e da ideologia em que ambos realizam uma mordaz crítica aos interesses dominantes na sociedade; tratam-se de paródias que transmitem a forma pela qual o povo percebe e compreende  os donos do poder.

Publicado
2019-01-21