ARTICULANDO LETRAMENTOS SOCIAIS E ESCOLARES NO ENSINO DE INGLÊS DA EJA

Resumo

Neste artigo, relatamos os resultados de pesquisa de Mestrado (XXXX, 2015) que investigou as relações entre letramentos sociais e escolares nas aulas de língua inglesa na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) em duas comunidades escolares localizadas na cidade de São Paulo. Os dados foram gerados por meio da observação de aulas de Inglês de duas professoras, além de entrevistas formais e informais, bem como questionários. As análises se basearam nos estudos de letramentos (STREET, 2014), novos letramentos (LANKSHEAR; KNOBEL, 2006, 2011), multiletramentos (KALANTZIS; COPE, 2003, 2012), e letramento crítico (LUKE; FREEBODY, 1997; MONTE MÓR, 2013; MENEZES DE SOUZA, 2011) por considerarem os efeitos educacionais das mudanças sociais, culturais, econômicas e políticas advindas da globalização e das culturas midiática e digital. As análises apontaram para distanciamentos e aproximações entre ambos os tipos de letramento, evidenciando conflituosas relações entre as concepções e as práticas pedagógicas observadas.

Biografia do Autor

Denise Silva Paes Landim, USP-PG/UFT

Professora Assistente do Curso de Letras Português-Inglês da Universidade Federal do Tocantins (UFT-Campus Araguaína), com experiência nas disciplinas de Trabalho de Conclusão de Curso, Língua Inglesa e Estágio Supervisionado em Língua Inglesa e Literaturas. Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-graduação em Inglês da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Atua na área de letramentos com foco na formação de professores de línguas.

Publicado
2018-10-28