‘AFINAL, O QUE É UMA COMUNIDADE DE PRÁTICA – CdP?’

(RE)PENSANDO O(S) CONCEITOS E A CONSTRUÇÃO DE UMA CdP NO E PARA O ÂMBITO EDUCACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

  • Patrícia Fabiana Bedran Universidade Estadual Paulista - UNESP
  • Selma Maria Abdalla Dias Barbosa Universidade Federal do Tocantins - UFT

Resumo

Este artigo apresenta como principal objetivo tecer considerações sobre Comunidade de Prática – CdP buscando relacioná-la com o processo de formação de professores de língua estrangeira, em uma tentativa de (re)pensar conceitos, definições e a configuração da CdP no âmbito educacional. Para alcançar o objetivo proposto, relacionamos e articulamos conceitos e perspectivas teóricas sobre CdP (WENGER, 1998; WENGER; SNYDER, 2000; BARAB; DUFFY; 2003; WENGER; ROWE, 2005) e formação de professores (VIEIRA-ABRAHÃO, 2014; JOHNSON, 2009), bem como tecemos um panorama sobre as principais pesquisas realizadas na área em contexto nacional (PERIN, 2009; GIMENEZ, 2010; HALU, 2010; BARBOSA, 2014; BARBOSA; BEDRAN, 2016), de forma a situar o leitor com relação às questões investigadas e contempladas pelos trabalhos que utilizam a CdP como uma oportunidade para o desenvolvimento da formação de professores de língua. Nesse processo, evidenciamos a inviabilidade de uma transposição direta de conceitos trazidos pelos estudiosos de CdP para o âmbito educacional, sem que haja uma compreensão adequada de definições, princípios e das características da CdP para que o formador possa assumir uma postura crítico-reflexiva atenta às necessidades do contexto no qual atua. Ademais, ao buscarmos situar o leitor sobre as pesquisas realizadas, ressaltamos a importâncias dos trabalhos até então desenvolvidos e entendemos ser necessário o desenvolvimento de mais pesquisas que dialoguem entre si de forma a expandir a literatura da área.

Biografia do Autor

Patrícia Fabiana Bedran, Universidade Estadual Paulista - UNESP

outora em Estudos Linguísticos, área de concentração Linguística Aplicada - Ensino e Aprendizagem de Línguas, pela Universidade Estadual Paulista, câmpus de São José do Rio Preto - SP (2012). Foi bolsista Fapesp e realizou período de bolsa sanduíche na Università Ca'Foscari, em Veneza - Itália (2011). É Mestre em Estudos Linguísticos - área de concentração: ensino e aprendizagem de línguas (2008) e licenciada em Letras - Português/Italiano (2005), pela mencionada universidade. Atuou em contextos públicos e privados de Ensino Fundamental II e Superior. Atualmente, é docente do departamento de Educação da UNESP - IBILCE, São José do Rio Preto. É responsável pela orientação/supervisão dos Estágios Curriculares Obrigatórios em Língua Materna do Curso de Letras - Licenciatura e Presidente da Comissão de Estágios do Curso de Letras. É líder, desde 2014, juntamente com a Profa. Dra. Maria Helena Vieira-Abrahão, do Grupo de Pesquisa GESFOPLE - Grupo de Estudos Socioculturais na Formação de Professores de Língua Estrangeira, cadastrado junto ao CnPQ.

Publicado
2017-11-24