DOS DESASTRES DE SOFIA

A IMPORTÂNCIA DAS EMOÇÕES NA APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

  • Selma Maria Abdalla Dias Barbosa Universidade Federal do Tocantins, campus de Araguaína.
  • Francisco Neto Pereira Pinto Universidade Federal do Tocantins

Resumo

Resumo: o objetivo deste texto é discutir o papel que as emoções desempenham nas relações entre professor e aluno no contexto de aprendizagem de uma língua estrangeira (FIEDLER & BLESS, 2000; FRIJDA, MANSTEAD, & BEM, 2000; ROSIEK, 2003). Para tanto, procuramos amarrar a argumentação com três nós importantes: o primeiro se refere ao encontro com o conto os Desastres de Sofia, de Clarice Lispector; o segundo, à relação emocional entre professor/aluno, conforme reflexões de Sigmund Freud, em Algumas reflexões sobre a psicologia escolar, e, por último, à breve análise de uma narrativa apresentada por uma professora em formação de um curso de formação continuada em Letras/Inglês, modalidade PARFOR, oferecido pela Universidade Federal do Tocantins, Campus de Araguaína.

 

Palavras-chave: emoções, formação de professores; ensino e aprendizagem de línguas

 

 

Abstract: The aim of this paper is to discuss the role that emotions play in the relationship between teacher and student in the context of learning a foreign language (FIEDLER & BLESS, 2000; FRIJDA, MANSTEAD, & BEM, 2000; ROSIEK, 2003). Therefore, we try to tie up the argument around three important nodes: the first refers to the encounter with Clarice Lispector’s Short story The challenges of Sofia, Clarice Lispector; the second, to the emotional relationship between teacher/student according to  Sigmund Freud’s reflections in Some reflections on school psychology, and finally  to a brief analysis of a narrative by a teacher in formation in a continuing education course - Letters/English, PARFOR mode - offered by the Federal University of Tocantins, Araguaína Campus.

Keywords: Emotions; Teacher Education, Teaching and learning languages

 

Resumen: El objetivo de este texto es discutir el papel que juegan las emociones en las relaciones entre profesor y alumno en el contexto de aprendizaje de una lengua extranjera. Para ello, buscamos hacer la discusión con tres nodos importantes: el primer se refiere al encuentro con el cuento los desasters de Sofía, de Clarice Lispector; el segunda, a la relación afectiva entre profesor/estudiante, según reflexiones de Sigmund Freud, en algunas reflexiones sobre la psicología escolar, y, finalmente, se hace un breve análisis de la narrativa presentada por una profesora en formación de un curso de educación continua en Letras/inglés, modalidad PARFOR, ofrecido por la Universidad Federal de Tocantins, Campus de Araguaína.

 

Palabras-clave: emociones; educación docente; aprendizaje de idiomas

Biografia do Autor

Selma Maria Abdalla Dias Barbosa, Universidade Federal do Tocantins, campus de Araguaína.

É professora adjunta, na área de ensino de língua inglesa e estágios curriculares supervisionados em Língua Estrangeira, da UFT – Universidade Federal do Tocantins, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Língua e Literatura-PPGL e no Profletras. Seus interesses de pesquisa são: Construção identitária dos professores de línguas, Linguagem e Práticas Sociais, Ensino e Aprendizagem de LE/L2, Crenças e Emoções no Ensino e Aprendizagem  de Línguas e Comunidade de Prática em ambientes virtuais- CdP.

Publicado
2017-02-09