DISCURSO E VIOLÊNCIA

DAS EVIDÊNCIAS ÀS CAMUFLAGENS NA ARTICULAÇÃO SIMBÓLICA

  • Ernesto Sérgio Bertoldo Universidade Federal de Uberlândia
  • Lúcia Maria de Assis Universidade Federal Fluminense https://orcid.org/0000-0001-7197-381X
  • João de Deus Leite Universidade Federal do Norte do Tocantins - UFNT
  • Janete Silva dos Santos Universidade Federal do Norte do Tocantins - UFNT

Biografia do Autor

Ernesto Sérgio Bertoldo, Universidade Federal de Uberlândia

Docente da Universidade Federal de Uberlândia. 

Lúcia Maria de Assis, Universidade Federal Fluminense

Professora Associada na Universidade Federal Fluminense (UFF). Possui doutorado em Linguística pela Universidade de São Paulo e mestrado em Linguística Aplicada ao Ensino da Língua Materna pela Universidade de Taubaté. Em 2020, realizou estágio pós-doutoral na Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Desenvolve pesquisas em linguística textual, oralidade e escrita, análise do discurso e Lima Barreto. 

João de Deus Leite, Universidade Federal do Norte do Tocantins - UFNT

Docente da Universidade Federal do Norte do Tocantins. 

Janete Silva dos Santos, Universidade Federal do Norte do Tocantins - UFNT

Docente da Universidade Federal do Norte do Tocantins. 

Referências

ALTHUSSER (apud: PÊCHEUX, 2014, p. 195 [PÊCHEUX. M. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 5ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2014.])
Publicado
2021-06-13
Como Citar
Bertoldo, E. S., Assis, L. M. de, Leite, J. de D., & Santos, J. S. dos. (2021). DISCURSO E VIOLÊNCIA . EntreLetras, 12(1), 1 - 5. https://doi.org/10.20873/uft2179-3948.2021v12n1p1-5