MANIFESTAÇÃO DA VIOLÊNCIA NO CONTO ROLÉZIM, DE GIOVANI MARTINS

  • Alexandre Batista Silva Centro Universitário Geraldo di Biasi
  • Elisa Andrade Costa Centro Universitário Geraldo de Biase
Palavras-chave: Violência; Cidade; Conto Contemporâneo.

Resumo

O presente trabalho analisou a manifestação da violência simbólica no conto Rolézim, parte da obra Sol na cabeça, de Geovane Martins, publicada em 2018. Pela perspectiva de um adolescente, morador da periferia do Rio de Janeiro, narram-se desafios frente ao preconceito e à opressão policial que age sob o discurso da manutenção da ordem. Nesse sentido, a literatura é um importante mecanismo de desvelamento desse tipo de violência, visto que, por meio da ficção, perspectiva o leitor à realidade cotidiana das grandes cidades. Desse modo, buscou-se prescrutar o registro das agressões experimentadas pelas personagens marginalizadas por sua condição social.

Biografia do Autor

Elisa Andrade Costa, Centro Universitário Geraldo de Biase

Professora mestra em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Curso de Letras do Centro Universitário Geraldo di Biase

Referências

ADORNO, S. F. A gestão urbana do medo e a insegurança: Violência, Crime e Justiça Penal na Sociedade Brasileira Contemporânea. Tese de doutorado. Departamento de sociologia da faculdade de Filosofia, Letras e Ciências humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo, março 1996. p.

CANDIDO, A. ROSENFELD; A. PRADO; D. A. & GOMES, P. E. S. A Personagem de Ficção. São Paulo: Perspectiva, 1963.

BOSI, Alfredo (org). O conto brasileiro contemporâneo. São Paulo: Cultrix, 1975.

CHAUÍ, Marilena de Souza. (ORG) ITOKAZU, Ericka Marie; CHAUI-BERLINCK, Luciana. Sobre a violência. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

GOMES, Renato Cordeiro. Todas as cidades, a cidade. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: nascimento da prisão; tradução de Raquel Ramalhete. Petrópolis, Vozes, 1987.

HAN, B. C. Sociedade do Cansaço. 2ª ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2015.

ODALIA, Nilo. O que é violência. São Paulo: Brasiliense, 1983.

PELLEGRINI, Tânia. As vozes da violência na cultura brasileira contemporânea. Crítica marxista. Campinas, nº 21, p. 132-153, nov. 2005.

SCHØLLHAMMER, Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009.

______. Cenas do Crime: violência e realismo no Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013.

LIMA, Renato Sérgio, Liana de Paula (orgs.). Segurança Púbica e Violência: o Estado está cumprindo o seu papel? São Paulo: Contexto, 2014.

MARTINS, Geovani. O sol na cabeça: contos.1ªed. -São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

WILLIAMS, Raymond. Palavras-Chave: um vocabulário de cultura e sociedade. São Paulo: Boitempo Editorial, 2007.

ŽIŽEK, Slajov. Violência: seis reflexões laterais. Tradução Miguel Serras Pereira. – Ed.- São Paulo: Boitempo, 2014.

Publicado
2021-06-12
Como Citar
Silva, A. B., & Costa, E. A. (2021). MANIFESTAÇÃO DA VIOLÊNCIA NO CONTO ROLÉZIM, DE GIOVANI MARTINS . EntreLetras, 12(1), 138 - 151. https://doi.org/10.20873/uft2179-3948.2021v12n1p138-151