DESAFIOS https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios <p>Desafios é uma publicação científica trimestral da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Tocantins, dirigida à produção acadêmica interdisciplinar com interesse nas áreas de: Ciências Humanas e Contemporaneidade; Saúde e Sociedade; Eduação; Ciência, Tecnologia e Ciências Agrárias. Recebe artigos em fluxo contínuo e trabalha com publicação no formato Ahead of Print. ISSN -&nbsp;2359-3652</p> pt-BR <p>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:</p> <p>1. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a&nbsp;<a href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/deed.pt"><strong>Creative Commons Attribution License&nbsp;</strong>(CC BY-NC 4.0)</a>,&nbsp;permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial nesta revista.</p> <p>2. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.</p> <p>3. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto posterior ao processo editorial.</p> <p>4. Além disso, o AUTOR é informado e consente com a revista que, portanto, seu artigo pode ser incorporado pela <strong>DESAFIOS</strong>&nbsp;em bases e sistemas de informação científica existentes (indexadores e bancos de dados atuais) ou a existir no futuro (indexadores e bancos de dados futuros), nas condições definidas por este último em todos os momentos, que envolverá, pelo menos, a possibilidade de que os titulares desses bancos de dados possam executar as seguintes ações sobre o artigo:</p> <p>a. Reproduzir, transmitir e distribuir o artigo, no todo ou em parte sob qualquer forma ou meio de transmissão eletrônica existente ou desenvolvida no futuro, incluindo a transmissão eletrônica para fins de pesquisa, visualização e impressão;</p> <p>b. Reproduzir e distribuir, no todo ou em parte, o artigo na impressão.</p> <p>c. Capacidade de traduzir certas partes do artigo.</p> <p>d. Extrair figuras, tabelas, ilustrações e outros objetos gráficos e capturar metadados, &nbsp;legendas e artigo relacionado para fins de pesquisa, visualização e impressão.</p> <p>e. Transmissão, distribuição e reprodução por agentes ou autorizada pelos proprietários de distribuidoras de bases de dados.</p> <p>f. &nbsp;A preparação de citações bibliográficas, sumários e índices e referências de captura relacionados de partes selecionadas do artigo.</p> <p>g. Digitalizar e / ou armazenar imagens e texto de artigo eletrônico.</p> revistadesafiosuft@gmail.com (Dr. Guilherme Nobre L. do Nascimento) revistadesafiosuft@gmail.com (Profa. M.Sc. Poliana Macedo de Sousa) Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 OJS 3.1.1.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 MAPEAMENTO DOS RISCOS PSICOSSOCIAIS RELACIONADOS AO TRABALHO DE SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DO TOCANTINS https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5825 <p>Apresentam-se os resultados de uma pesquisa que mapeou os riscos psicossociais no trabalho dos policiais militares vinculados à 1º Companhia Independente de Arraias-Tocantins. Utilizou-se o Protocolo de Avaliação dos Riscos Psicossociais do Trabalho (PROART). Participaram 62,7% da população. Utilizou-se estatística descritiva e análise de conteúdo. Os resultados demonstram que o contingente da Divisão de Tarefas (75,7%) mostrou-se propenso a maiores riscos psicossociais que aquele da Divisão Social do Trabalho (62,1%). Há uma leve predominância do Estilo Gerencialista em relação ao Coletivo. Quanto aos riscos de sofrimento patogênico, verificou-se risco baixo para a Falta de Sentido no Trabalho e para a Falta de Reconhecimento, ao passo que o fator Esgotamento Mental obteve risco médio (52,7%). Identificou-se risco baixo para os danos psicossociais e médio para os danos físicos (48,6%). Conclui-se através deste mapeamento que os Policiais Militares desta Companhia estão expostos a Riscos Psicossociais Médios para a forma como a organização é estruturada, sobretudo para o pouco efetivo, pela pouca autonomia e liberdade de expressão, bem como pela interferência política nas decisões da Companhia. Isto representa um estado de alerta onde a organização do trabalho deve intervir em médio a curto prazo para evitar o possível adoecimento de seus trabalhadores.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Psicodinâmica do Trabalho; Riscos Psicossociais; Polícia Militar do Tocantins.</p> Thatiellen Menezes Ferreira, Liliam Deisy Ghizoni ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5825 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 INFESTAÇÃO POR GALHAS FOLIARES EM Ouratea spectabilis (MART. EX ENGL.) ENGL. (OCHNACEAE) E SUA RELAÇÃO COM OS TEORES DE AÇÚCARES https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5824 <p>Objetivou-se determinar a infestação por galhas em <em>Ouratea spectabilis</em> (Ochnaceae) e avaliar se os teores de açúcares nas folhas sadias, infestadas e nas galhas apresentam diferenças entre estas partes do vegetal nas estações seca e chuvosa. Foram amostrados 10 indivíduos infestados por galhas localizados na mata de galeria pertencente à EMVZ, UFT campus de Araguaína, foram coletados 50 ramos, medidos e divididos em três regiões, denominadas basal, mediana e apical, seguida da contagem do número total de folhas sadias e infestadas por regiões, e para quantificação dos açúcares. Os maiores percentuais de infestação por galhas foliares foram obtidos na região mediana do ramo, durante a estação seca, e na região apical no período chuvoso; foram observadas diferenças sazonais sendo que a infestação foi expressivamente maior em todas as categorias na estação seca. Os teores de açúcares foram significativamente superiores nas galhas das regiões basal e mediana dos ramos da estação seca e nas folhas sadias da região mediana da estação chuvosa. As folhas infestadas e galhas apresentaram maiores concentrações de açúcares na estação seca para as três regiões dos ramos.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Interação inseto-planta, Sazonalidade, Tocantins.</p> Francisco Guttemberg dos Santos Oliveira, Claudia Scareli-Santos ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5824 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 QUALIFICAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREAS QUEIMADAS ATRAVÉS DO PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS TM/LANDSAT https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5818 <h2>O presente trabalho teve como objetivo qualificar e delimitar áreas queimadas através do processamento digital de imagens Landsat 8-TM, no período de maior ocorrência de áreas queimadas, em três áreas localizadas no Estado do Tocantins, durante os anos de 2013 e 2015. As áreas foram representadas por cenas que abrangem municípios das regiões Leste, Sul e Norte: sete municípios na cena 221/67 a Leste; treze municípios na cena 222/68 ao Sul e; vinte e três municípios na cena 223/65 ao Norte. A metodologia empregada permitiu a identificação das queimadas nessas três regiões distintas do Estado do Tocantins, em que maiores ocorrências foram observadas na cena localizada mais ao Leste, para ambos os anos (2013 e 2015). Com relação a detecção das queimadas em função da tipologia de uso e ocupação do solo, áreas de Cerrado Sentido Restrito e Agropecuária foram as mais afetadas por incêndios e/ou queimadas.</h2> <h2>Palavras-chave: Monitoramento Ambiental; Cerrado; Detecção.</h2> Fabianna Rodrigues Pinheiro, Marcos Giongo ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5818 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 AS PINTURAS CORPORAIS DO POVO KARAJÁ-XAMBIOÁ: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5796 <p align="justify"><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;">O povo Karajá-Xambioá, também conhecido como Karajá do Norte ou Irarumahadu (povo de baixo), pertencente ao tronco linguístico Macro-Jê, e família língua Karajá, possui uma população aproximada de 543 (DSEI 2016) indígenas, distribuídos em quatro aldeias; </span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;"><em>Xambioá</em></span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;">, </span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;"><em>Kurehê</em></span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;">, </span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;"><em>Wari Lỹtỹ</em></span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;"> e </span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;"><em>Hawa Tamara</em></span></span></span><span style="color: #000000;"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;">. Este artigo objetiva uma análise da historicidade dos usos dos grafismos Karajá-Xambioá, fazendo um apanhado histórico e cultural da representatividade e da interface entre o grafismo e o território na composição cultural desse povo. O grafismo possui sentidos diversos, não somente na vaidade, mas na busca pela estética perfeita e pelos valores que são transmitidos através da arte dos traços tradicionais. O problema de estudo trata do contato com o não indígena, que causou danos a história desse povo, com perda de identidade cultural, deixando de praticar seus rituais, dentre eles a sua pintura corporal. Dentre os resultados tem-se o resgate sobre a cultura da “arte indígena”, especificamente o grafismo corporal do povo </span></span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: medium;">Karajá-Xambioá, contribuindo para a manutenção e registro das pinturas, além de ser também uma importante peça para a educação escolar indígena do povo, assegurando as memórias e os traços para as futuras gerações.</span></span></p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>Grafismos, Karajá-Xambioá, Pinturas corporais.</p> Francisco Edviges Albuquerque, Adriano Dias Gomes Karajá ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5796 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA) https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5800 <p>Este artigo apresenta a análise da aplicação de um Recurso Educacional Aberto (REA), elaborado com o <em>software Prezi, </em>para a disciplina de História Antiga, do curso de História da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus Araguaína. Com intuito de compreender as perspectivas dos acadêmicos e acadêmicas sobre a intersecção REA e educação foi realizada uma pesquisa qualitativa, orientada pelas narrativas apresentadas em um grupo focal e respostas obtidas em um questionário com questões fechadas e abertas. As respostas foram analisadas a partir da metodologia “análise de conteúdo”, que possibilitou a identificação de três categorias que permitiram avaliar as potencialidades e as fragilidades do REA, além de dialogar, de forma crítica, com a base teórica que subsidiou referencialmente esta pesquisa. Os resultados apontaram que, apesar de as dificuldades a superar, os REA representam uma resposta às novas demandas sociais que exigem a revisão de práticas pedagógicas e adequação do currículo à realidade educacional na atualidade.</p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>REA, Tecnologias digitais da informação e comunicação (TDIC), Ensino de História.</p> Daniel Bueno da Silva, Rosária Helena Ruiz Nakashima ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5800 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 ELETRODEPOSIÇÃO DE ÓXIDO DE TITÂNIO https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5787 <p>Um recurso muito estudado é a captação da energia solar para transformar em energia elétrica. Um método é a criação de dispositivos fotovoltaicos com funções de capturar os fótons e separar cargas. O uso de filmes finos de Óxido de Titânio (TiO<sub>2</sub>) tem sido estudados como uma rota alternativa para melhorar esses dispositivos. Aqui destacaremos o processo de produção de Filmes de Óxido de Titânio eletrodepositados sobre substratos de vidro recobertos por um filme condutor e transparente de óxido de estado dopado com índio (ITO), com intuito de analisar o processo de crescimento do depósito. Este trabalho foi premiado no 12° Seminário de Iniciação Científica da UFT.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Óxido de Titânio; Dispositivos Fotovoltaicos; Eletrodeposição.</p> Antoniana Alves Feitosa, Alexsandro Silvestre da Rocha, Raimundo Wilson Brandão da Silva, Denisia Brito Soares ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5787 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 DESINFECÇÃO DE ÁGUA DE POÇO POR RADIAÇÃO SOLAR (SODIS) https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5665 <p>O processo de desinfecção de água por radiação solar denomina-se SODIS, proveniente da expressão em inglês “<em>solar disinfection</em>”, e atualmente, é utilizado em 20 países por mais de 2 milhões de pessoas por ser uma alternativa de tratamento de água de baixo custo. Este trabalho teve o objetivo de avaliar o potencial da região sul do estado Tocantins, a qual apresentou excelentes resultados mesmo com o tempo nublado e independente da utilização de concentrador solar. O estudo foi realizado no município de Gurupi, onde foi constatada incidência solar suficiente para a desinfecção de 100% de <em>E. coli </em>(1,477 log), em 4 horas de exposição solar, e de coliformes totais (4,041 log), em 6 horas de exposição solar em ensaios utilizando água de poço, com turbidez de 0,52NTU. Após este processo a água de poço estaria bacteriologicamente apta para atender os limites estabelecidos pela Portaria do Ministério da Saúde n° 2914, de 12 de dezembro de 2011, que recomenda a ausência de coliformes totais e <em>E. coli </em>em 100 mL de água para consumo humano. Não foi observado recrescimento desses microrganismos em amostra tratadas após sua estocagem por até 66 horas na ausência de luz e a temperatura ambiente.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Tratamento de água SODIS, SODIS Gurupi, medidas de intensidade solar para SODIS.</p> Grasiele Soares Cavallini, Dayane Lira Barros da Silva Araujo, Jordan Gabriel Freitas Lima ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5665 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 DETERMINAÇÃO DA QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DA ÁGUA EM NASCENTE DA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO EM FILADÉLFIA, TOCANTINS. https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5839 <p>A preservação da qualidade dos recursos hídricos é uma necessidade universal, exigindo maior atenção quando se trata de uma área de preservação ambiental como a Unidade de Conservação-UC do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins-MNAFTO. Assim, o presente trabalho objetiva determinar a qualidade microbiológica do Ribeirão Bananeira, localizado dentro da UC no Município de Filadélfia. Para a análise microbiológica foi utilizada a técnica de tubos múltiplos na determinação de Coliformes fecais e totais, assim como a identificação da presença de <em>Escherichia coli</em>. Paralelamente, foram realizadas contagens de bactérias heterotróficas. Nos resultados observamos que todas as amostras estão fora dos padrões para consumo, caso esta seja utilizada como fonte pelos moradores das imediações, ou como água para recreação. A presença de <em>E. coli</em> na amostra 1 e de Coliformes em número elevado em todas as amostras, indicam a contaminação por animais ou pelo homem e outras fontes orgânicas, sugerindo como fonte o gado observado nas imediações. Concluímos que o conhecimento das características de base do Ribeirão Bananeira pode servir como estudo piloto para verificar a qualidade desse ambiente aquático em toda a área do MNAFTO, futuramente estes dados poderiam auxiliar nas estratégias de preservação desta Unidade de Conservação.</p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>Qualidade das águas, análise microbiológica, Unidade de Conservação.</p> Ana Paula Ribeiro Dos Santos, Lilyan Rosmery Luizaga de Monteiro ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5839 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 Um UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS SIMPLES, SEM-FIO, DE LONGO ALCANCE USANDO MÓDULOS DE RÁDIO XBEE, A PLATAFORMA ARDUINO E O AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO NI-LABVIEW https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5801 <p>Relata-se a construção e teste de protótipos de sistemas de aquisição de dados que empregam ondas de rádio, desenvolvidos em 2016 como parte do Programa de Iniciação Científica da Universidade Federal do Tocantins (PIBIC) com o plano de trabalho intitulado: Construção de um sistema de aquisição de dados com comunicação através de ondas de radio usando módulos Xbee, o padrão Zigbee, a plataforma de prototipagem Arduino e o Labview. Os sistemas construídos integram: módulos sensores, módulos de rádio do tipo Xbee, a plataforma de prototipagem eletrônica Arduino e o ambiente de desenvolvimento de sistemas Labview. O objetivo é aproveitar as novas capacidades de comunicação de longo alcance dos módulos de rádio de baixa potênciacom fator de forma da empresa DigiInternational, juntamente com a sua compatibilidade com a família de placas de circuito impresso, com base em microcontroladores da série Arduino, Raspberry e outros, assim como de shields e módulos sensores, para a construção de sistemas de aquisição de dados sem fio. Os protótipos são formados por dois subsistemas: No primeiro, módulos sensores coletam informação elétrica analógica de grandezas físicas sendo analisadas e enviam os dados para uma placa Arduino Uno que transforma os sinais analógicos em digitais, em seguida usa um módulo Xbee para propagar a informação através de radiodifusão. O segundo subsistema é constituído por outro módulo Xbee conectado a um microcomputador através da interface USB a qual está em comunicação com um aplicativo em Labview,este subsistema recepciona o sinal sendo difundido pelo primeiro módulo. O aplicativo em Labview controla o processo de aquisição e radiodifusão da informação assim como a gravação dos dados numéricos e a sua apresentação gráfica em um display de computador. Os sistemas construídos permitem transmitir e receber dados científicos por comunicação através de ondas de rádio entre dois locais distantes, em tempo real, e com precisão. Os protótipos podem ser facilmente construídos e modificados para ser introduzidos como uma ferramenta confiável de aquisição de dados em qualquer laboratório científico.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong>Instrumentação, Arduino, Xbee.</p> Welliton Leite da Silva, Liliana Yolanda Ancalla Davila, Nilo Mauricio Sotomayor ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5801 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 DETECÇÃO DE COBRE EMPREGANDO MÉTODOS VOLTAMÉTRICOS E ELETRODO DE BAIXO CUSTO https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5788 <p>Este trabalho foi premiado no 13° Seminário de Iniciação Científica da UFT, e objetiva monitorar água e tecidos de peixe utilizando um eletrodo de baixo custo (usando pilha descartada) e técnicas voltamétricas para detecção de cobre. As análises foram desenvolvidas no LABMADE (Laboratório de pesquisa em Materiais para Aplicações em Dispositivos Eletrônicos) localizado na Universidade Federal do Tocantins/Araguaína, por meio de um Potenciostato/Galvanostato. A presença de altos índices de metais na água não significa necessariamente que haverá danos aos organismos vivos, mas certamente indicam um estado de contaminação latente poderá levar a toxicidade. Nesse contexto, torna-se necessário monitorar os parâmetros de qualidade aquática e dos seres que o habitam.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Voltametria; Tecido; Eletrodo.</p> Marcelo Wanderley de Almeida Santos, Alexsandro Silvestre da Rocha, Denisia Brito Soares, Eduardo Libanio Reis Santos, Sandro Estevan Moron ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5788 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 PERCEPÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5780 <p>O presente artigo busca apresentar as percepções de extrativistas, da reserva extrativista do Extremo Norte do Tocantins, e com estas percepções auxiliar outras concepções sobre o que vem a ser a sustentabilidade. Para tanto, é fundamental conhecermos e compreendermos a relação dos extrativistas com o seu lugar. A metodologia é norteada pelo método fenomenológico. Com este, visamos nos abster dos conhecimentos prévios sobre o fenômeno a ser estudado (a sustentabilidade), e buscamos compreender as suas essências a partir das experiências vividas. Visitas de campo e as narrativas foram os procedimentos e técnicas utilizadas na pesquisa. A pesquisa nos direcionou para um caminho no qual na RESEX Extremo Norte, em uma relação de envolvimento dos seres humanos para com seus pares e com o ambiente, a sustentabilidade se realiza tendo como alicerce o pertencimento dos sujeitos com o lugar. Por fim, compreendemos que a Educação Ambiental pode ser constituída como ressonâncias dos sentidos, experiências vividas, e pertencimento presentes nos extrativistas que habitam a RESEX Extremo Norte.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Sustentabilidade, Educação Ambiental, Reserva Extrativista.</p> Fábio Pessoa Vieira, MARIA ARLENE DA ROCHA SANTOS ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5780 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 ESTOQUE DE CARBONO NO SOLO SOB DIFERENTES CONDIÇÕES DE CERRADO https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5806 <p><em>O contínuo aumento de gases carbônicos na atmosfera, principalmente o CO2 e o CO, tem levado a discussões sobre medidas que reduzam a emissão destes gases e os impactos no meio ambiente. Dentre as ações que contribuem para a redução de CO2 na atmosfera podem se destacar: a conservação de estoques de carbono nos solos, a implantação de florestas e sistemas agroflorestais e a recuperação de áreas degradadas. Assim, este trabalho tem o objetivo avaliar o estoque de carbono em solos de cerrado sob pastagens. Foram estudados solos de três áreas: área com Batata doce (BD), Pastagem em Degradação (PD), Horta Agroecológica (HA). As características avaliadas foram: teor de matéria orgânica, densidade do solo, estoque de carbono e crédito de carbono. </em><em>De acordo com os resultados obtidos neste estudo concluiu-se que em solos de cerrado ocupados com sistemas de pastagem degrada e horta agroecológica proporcionaram melhores condições de umidade, matéria orgânica e consequentemente estoque e crédito de carbono. Porém, é importante salientar que os solos de PD apresentaram maior estoque de carbono, pois as raízes da forrageiras se encontravam mais superficiais devido ao processo de degradação, não sendo esta a condição ideal para maior vida útil da pastagem.</em></p> Mateus Rodrigues Brito, Flavia Lucila Tonani de Siqueira, Illys Janes Alves de sousa, Rosinete Nogueira de Sousa ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5806 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 Síntese de 5-hidróximetilfurfural utilizando líquido iônico [bmim][br] a partir das biomassas residuais de soja e arroz https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5861 <p><em>Em contraposição aos grandes impactos ambientais da atividade petroquímica, as fontes de energia renovável vêm se desenvolvendo, e dentre estas a biomassa tem se destacado. Dentre os derivados obtidos a partir de biomassa o 5-hidroximetilfurfural (HMF) é considerado uma peça chave neste processo. Este trabalho visa a utilização da casca de arroz e soja para a síntese de HMF utilizando o líquido iônico [BMIM][Br], visando a sustentabilidade deste processo.&nbsp; Inicialmente foi realizado o pré-tratamento físico da biomassa seguido da hidrolise ácida. Para a síntese de HMF foram utilizados 5ml do hidrolisado, 2g de liquido iônico a 120ºC, em diferentes tempos reacionais. Os resultados foram analisados por espectrofotometria no infravermelho e por cromatografia líquida de alta eficiência.&nbsp; Os melhores resultados em ambas as biomassas foi após 2h de reação chegando a uma concentração de até 25 vezes maior quando comparado ao hidrolisado, mostrando o alto potencial do liquido iônico [BMIM][Br] na síntese de compostos furânicos.</em></p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong><em> compostos furânicos, biomassa residual, líquidos iônicos.</em></p> Elisandra Scapin, Guenther Carlos Couto Viana ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5861 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 ANÁLISE E SISTEMATIZAÇÃO DAS JURISPRUDÊNCIAS, LEGISLAÇÃO ESTADUAL E DE PROVIMENTOS PARA A ELABORAÇÃO DE MODELOS LEGISLATIVOS DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5816 <p>A existência material da dignidade da pessoa humana estabelece que as pessoas tenham um lugar para morar dignamente, com condições capazes de subsidiar acesso a outros direitos básicos, como saúde, educação e mobilidade urbana, por exemplo.&nbsp; Assim, é inegável que o gozo do direito à moradia urbana é de suma importância, pois é o ponto de partida para a construção de uma cidadania plena, considerando que a moradia consolida a dignidade da pessoa humana, direito este que não é efetivamente exercido por muitas pessoas, principalmente sob um viés de gênero, raça e classe. Nesse sentido, partindo do pressuposto de que a via legal é uma ferramenta capaz de auxiliar no processo de correção de tal problemática, o presente trabalho teve como principal intuito analisar e sistematizar jurisprudências, legislações estaduais e de provimentos para a criação de modelos legislativos de regularização fundiária urbana, a partir de referências jurídicas capazes de subsidiar o Município de Palmas na formulação de legislações específicas necessárias ao desenvolvimento de ações de regularização fundiária de assentamentos urbanos. Valendo ponderar que, a elaboração de um “manual de boas práticas” realizadas na região Centro-Oeste do Brasil, foi imprescindível para que o objetivo mencionado alhures pudesse ser alcançado.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Direito à moradia; Legislação; Regularização Fundiária</p> João Aparecido Bazzoli, Aline da Silva Sousa ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5816 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 PARTILHANDO SABERES: MAPEAMENTO DA OFERTA DO ENSINO DE TEATRO E DO PERFIL DOS PROFESSORES NAS ESCOLAS DA REDE PÚBLICA EM PALMAS – TOCANTINS https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5817 <p>Este trabalho é fruto de uma pesquisa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC, intitulada <strong>Partilhando saberes</strong>: <strong>mapeamento da oferta do ensino de teatro e do perfil dos professores nas escolas da rede pública em Palmas – Tocantins (TO)</strong>, desenvolvida no âmbito da Universidade Federal do Tocantins - UFT, no período de 2016/2017. A pesquisa teve como objetivo mapear a oferta do ensino de teatro e traçar o perfil profissional dos docentes que atuam na disciplina de teatro nas escolas da rede pública em Palmas – TO. A finalidade do mapeamento foi conhecer a realidade local, com relação ao ensino da linguagem teatral, bem como refletir sobre os impactos ou mudanças ocorridas após as alterações na LDB 9.394/96, nos anos de 2016/2017. Para tal, foram aplicados dois instrumentos de pesquisa, um aos gestores responsáveis pela distribuição de aulas e/ou contratação de professores na Secretaria Municipal da Educação do Município de Palmas – SEMED e outro aplicado aos docentes que atuam na disciplina de teatro. Após esse mapeamento foi possível constatar que o número de professores com formação na área de Artes não é suficiente para suprir a demanda das escolas de tempo integral e das escolas de tempo parcial no município de Palmas. Ainda, verificou-se que há professores atuando fora de sua área de formação e que desejam cursar uma segunda licenciatura na área de Artes. Portanto, há demanda para novas licenciaturas em Música, Dança e Artes Visuais, na cidade de Palmas – TO.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Ensino de teatro; Perfil profissional de professores de teatro; Palmas - TO.</p> Roseli Bodnar, Ana Paola Cavalcanti Marinho, Br, Amanda Gomes Brito, Br ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5817 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 PERFIL DOS ALUNOS COTISTAS DO CURSO DE DIREITO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS APÓS A VIGÊNCIA DA LEI Nº 12.711/2012: A PRESENÇA DA UNIVERSITÁRIA NEGRA https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5846 <p>A pesquisa, de natureza empírica e teórica, investiga o perfil das pessoas que gozam das ações afirmativas no Curso de Direito da Universidade Federal do Tocantins, com recorte específico sobre a presença da universitária negra, nas turmas ingressantes em 2013.1; 2013.2; 2014.1 e 2014.2. O objeto de pesquisa tem como alvo investigativo a política de ação afirmativa no campo da Educação Superior e opta pelo método indutivo ao analisar a condição das acadêmicas negras do curso de Direito e avaliar, no âmbito da instituição, o grau de eficácia assumido pela lei nº 12.711/12, conhecida como Lei de cotas.&nbsp; O levantamento do perfil das acadêmicas negras (pretas e pardas) do curso de Direito é feito com destaque para as categorias de sexo, etnia, renda, escolaridade dos pais, expectativas em relação ao curso de Direito e análise do coeficiente de rendimento, confirmam a teoria de que sob o racismo, uma separação (segregação) é feita a partir da cor da pele das pessoas, permitindo as pessoas não-negras ocuparem posições superiores na hierarquia social, enquanto as mais escuras serão mantidas nas posições inferiores, independentemente de sua condição (ou de seus privilégios) de gênero ou quaisquer outros.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Política de ação afirmativa. Universitária negra. Curso de Direito.</p> Aline da Silva Sousa, Ana Lúcia Pereiro ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5846 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 ESTUDO DA VIDA ÚTIL DE ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO UTILIZANDO MODELO DE DIFUSÃO DIANTE A AÇÃO DE ÍONS CLORETO https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5809 <p>Estruturas de concreto armado estão sujeitas a inúmeras manifestações patológicas, sendo a corrosão iniciada pela difusão de íons cloreto uma das mais agressivas e onerosas. Por isso mesmo, diversos estudos têm sido conduzidos para determinar a vida útil dessas estruturas, mas ainda não há pleno consenso. Nesse sentido, este trabalho objetiva estabelecer um padrão de ensaio para determinar a vida útil de estruturas de concreto armado devido a ação dos íons cloreto, além de analisar a variação do coeficiente de difusão ao se utilizar distintas relações água/cimento. Para alcançar tais objetivos, foram adotadas normativas nacionais e internacionais para orientar as etapas de caracterização dos materiais, além da utilização de equações de modelagens de perfis de penetração de cloretos para determinar o coeficiente de difusão e, por consequência, a vida útil da estrutura. Por fim, pôde-se concluir que ao se diminuir a relação água/cimento, houve diminuição da concentração de cloretos em uma determinada camada, proporcionando assim maior vida útil para o concreto armado. Quanto à analise probabilística, foi possível notar que quanto menor a proporção de água e cimento maior o índice de confiabilidade, uma vez que a probabilidade de falhar também reduz.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Corrosão, Difusão de Cloreto, Vita Útil.</p> Felype Rayan da Silva Sousa, Paulo Victor Silva Avelino de Castro, Lucas Carvalho Quintanilha, Adão Lincon Bezerra Montel, Raydel Lorenzo Reinaldo ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5809 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 SOBRE A SAUDADE DE UM RIO https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5826 <p>Nos últimos anos, a expansão de empreendimentos hidrelétricos no Brasil, em especial na Região Norte, vem acarretando perdas irreversíveis para as populações ribeirinhas em virtude do deslocamento compulsório que resulta na ruptura dos laços de vizinhança das comunidades atingidas. Os objetivos da pesquisa foram registrar as perdas simbólicas e os “saberes tradicionais” da comunidade ribeirinha do rio Tocantins, no entorno do município de Porto Nacional (TO), uma década depois da formação do reservatório da UHE Luís Eduardo Magalhães (Lajeado), analisando a trajetória de deslocamento e reassentamento de algumas famílias e buscando compreender a dinâmica das populações ribeirinhas com o rio e o que essa população qualifica como perdas simbólicas. Utilizou-se pesquisa bibliográfica, documental e pesquisa de campo para a coleta de dados, com entrevistas semiestruturadas em História Oral. Através da coleta e análise dos dados, constatou-se que as perdas, tanto materiais quanto simbólicas, foram suficientes para deixar as comunidades ribeirinhas em condições socioeconômicas precárias, pois perderam meios e modos de vida, suas relações de vizinhança e laços familiares, o lugar vivido e construído socialmente e a paisagem cultural construída ao longo da convivência com o rio. Numa perspectiva humanista, entende-se que é preciso priorizar os saberes tradicionais e o modo de vida dessas populações.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> memórias, perdas simbólicas, hidrelétricas</p> Bruno Mendes de Jesus, Marina Haizenreder Ertzogue ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5826 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 DESCRIÇÃO MORFOANATÔMICA DAS GALHAS E SUA DISTRIBUIÇÃO NAS FOLHAS DE Ouratea spectabilis (MART. EX ENGL.) ENGL. (OCHNACEAE) https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5782 <p>O objetivou deste trabalho foi estudar a interação entre a planta hospedeira <em>Ouratea spectabilis </em>(Mart. Ex Engl.) Engl. (Ochnaceae) e o inseto indutor das galhas foliares quanto aos aspectos morfológicos, anatômicos e distribuição da galha no limbo foliar. Foram realizadas coletas nas estações seca (setembro/2015) e chuvosa (dezembro/2015) em 10 indivíduos de <em>O. spectabilis</em>, localizados na mata de galeria, pertencente à Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, da Universidade Federal do Tocantins, <em>campus</em> Universitário de Araguaína. Para a realização dos testes histoquímicos e caracterização anatômica foram utilizados cortes transversais à mão livre das folhas sadias e de galhas. A galha cônica de <em>O. spectabilis</em> possui tricomas diferenciando da folha sadia, que é glabra, internamente apresentaram tecido nutritivo rico em proteína e, de forma geral, os tecidos galígenos são mais ricos em compostos secundários quando comparado com as folhas sadias. O galhador pertence a um novo gênero da família Cecidomyiidae (Diptera). A distribuição das galhas no limbo foliar foi estatisticamente maior na região entre nervuras, independente da posição das folhas no ramo e das estações do ano, e a maior infestação foi verificada no período chuvoso.&nbsp;</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Anatomia vegetal, Galhador, Interação inseto-planta.</p> Maurina Dias da Silva, Claudia Scareli-Santos ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5782 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 O ASSENTAMENTO LUAR DO SERTÃO NA CIDADE DE ANANÁS-TO: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5805 <p>A criação dos assentamentos rurais no Brasil geralmente são frutos de intensas manifestações organizadas por trabalhadores rurais, que lutam pela reforma agrária e para que a constituição brasileira seja respeitada mediante aquelas terras que não estejam cumprindo sua função social, e estas sejam desapropriadas. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é mostrar de forma contextualizada a luta dos trabalhadores rurais, e suas novas perspectivas de vida, em conjunto com a Comissão da Pastoral da Terra - CPT em relação á criação do Assentamento Luar do Sertão no município de Ananás. O Assentamento Luar do Sertão teve uma finalidade social ainda maior em relação à reforma agrária, que foi assentar trabalhadores e suas famílias que foram resgatadas vitimas da escravidão por dívida na região do bico do papagaio, destinando-lhes um lugar onde esses pudessem trabalhar e se estabelecer para garantir o sustento familiar.</p> <p><strong>Palavras Chave</strong>: Assentamentos; Trabalho; Futuro.</p> Gleison Mourão da Silva, Alberto Pereira Lopes ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5805 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 PRODUÇÃO E ANÁLISES DE COMBUSTIVEIS SÓLIDOS ALTERNATIVOS OBTIDOS A PARTIR DE RESIDUOS AGROINDUSTRIAIS https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5773 <p>A utilização de carvão vegetal e/ou lenha ainda é acentuado. Isso ocorre porque o mesmo apresenta alto poder calorífico e fácil combustão, características ideias para a utilização em industrias. Entretanto devido a poluição que o mesmo apresenta seu uso torna-se questionável, contribuindo para o aumento de problemas ambientais e de saúde pública. Assim, surge à necessidade de se obter novas fontes de calor com características semelhantes, visto que o desuso de carvão vegetal/lenha é inviável. A partir disso o presente trabalho teve como objetivo desenvolver e analisar combustíveis sólidos alternativos produzidos a partir de biomassa residual da agroindústria. Produziu-se dois combustíveis sólidos utilizando resíduos agroindustriais (Bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) agregados à argila e fécula de mandioca, na proporção mássica de 10-5-1 respectivamente. Foram realizados testes comparativos de poder calorífico indireto, densidade, umidade e resistência térmica. Através das análises realizadas observou-se que os combustíveis possuem características físico-químicas semelhantes à do carvão vegetal podendo assim serem empregados como uma alternativa energética.</p> <p>Palavras-chave: Resíduos; Energia; Alternativa.</p> Douglas Henrique Pereira, Carlos Guilherme Lopes Grotto ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5773 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300 ANÁLISE DA EXPRESSÃO DO GENE FRIGIDA4-like (FRL4) DE CAFÉ (Coffea arabica L.) https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5945 <p><strong>RESUMO</strong></p> <p>O café é uma das <em>commodities </em>de maior importância econômica. Em âmbito nacional, a cafeicultura é responsável pela geração de mais de oito milhões de empregos. No mercado externo, o Brasil é o maior produtor e exportador do café. Diante da sua importância econômica, vários estudos visando o melhoramento do cafeeiro são desenvolvidos, mas, ainda existem problemas relacionados a sua produtividade e qualidade da bebida, como o florescimento sequencial, que ocasiona perdas de produção e uma bebida de baixa qualidade. Deste modo, a compreensão dos mecanismos moleculares envolvidos no processo de florescimento é essencial para elucidar como o florescimento ocorre na cultura do café. O gene <em>FRI </em>é um dos principais genes envolvidos no florescimento, pois regula positivamente o gene <em>FLC</em> a níveis de expressão que inibem o florescimento. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi identificar e analisar a expressão do gene <em>FRIGIDA4-like </em>(<em>FRL4</em>) por meio da Bioinformática e da PCR em tempo real (RT-qPCR). O gene <em>CaFRL4 </em>foi identificado e apresentou altos níveis de expressão em folha durante o florescimento, o que corrobora com a literatura. Os resultados obtidos dão base para estudos futuros envolvendo transformação genética em plantas-modelo e em café, possibilitando a caracterização funcional desse gene.</p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>RT-qPCR; Café arábica; Florescimento.</p> Matheus Martins Daude, André Almeida Lima, Antonio Chalfun Junior, Horllys Gomes Barreto ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/5945 Qua, 31 Out 2018 00:00:00 -0300