https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/issue/feed DESAFIOS - Revista Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins 2019-12-31T16:50:37-03:00 Dr. Guilherme Nobre L. do Nascimento revistadesafiosuft@gmail.com Open Journal Systems <p>Desafios é uma publicação científica trimestral da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Tocantins, dirigida à produção acadêmica interdisciplinar com interesse nas áreas de: Ciências Humanas e Contemporaneidade; Saúde e Sociedade; Eduação; Ciência, Tecnologia e Ciências Agrárias. Recebe artigos em fluxo contínuo e trabalha com publicação no formato contínuo. ISSN -&nbsp;2359-3652</p> https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/7106 FERTILIDADE DO SOLO SOB DIFERENTES USOS AGROFLORESTAIS NA REGIÃO CENTRAL DE RONDÔNIA, BRASIL 2019-12-16T16:52:01-03:00 Fernando Luíz de Oliveira Corrêa fernando.luiz@agricultura.gov.br Caio Márcio Vasconcellos Cordeiro de Almeida caiomarcio-ro@ceplac.gov.br Manfred Willy Müller muller@ceplac.gov.br Adriano Reis Prazeres Mascarenhas adriano.mascarenhas@unir.br <p>Conduziu-se o presente experimento com o objetivo de avaliar a fertilidade do solo de diferentes usos agroflorestais na região central de Rondônia, Brasil. Adotou-se o delineamento experimental em blocos casualizados, com três repetições. Os tratamentos avaliados foram: T1: Sistema agroflorestal com cacaueiros e fruteiras perenes; T2: Trilhamento na capoeira com abertura de faixas de plantio de essências florestais; T3: Capoeira enriquecida com essências florestais e T4:&nbsp; Floresta nativa. O cálcio e o alumínio foram os nutrientes que mais variaram nos diferentes tipos de cobertura e profundidades do solo. As propriedades pH, fósforo e matéria orgânica não apresentaram diferenças entre a floresta e os demais tratamentos.</p> 2019-12-04T20:33:11-03:00 Copyright (c) 2019 Fernando Luíz de Oliveira Corrêa, Caio Márcio Vasconcellos Cordeiro de Almeida, Manfred Willy Müller, Adriano Reis Prazeres Mascarenhas https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6605 ANÁLISE DA ÁGUA DO CÓRREGO MUTUCA DE GURUPI - TO 2019-12-16T16:51:03-03:00 Juliana Cristina Holzbach juholzbach@uft.edu.br Natassja Barbosa da Silva Santos natassjasilva@hotmail.com Maike de Oliveira Krauser maike_krauser@uft.edu.br Paulo Vitor Brandão Leal paulo.leal@ufvjm.edu.br <p>A água é primordial para necessidades vitais, transporte de resíduos, resfriamento de máquinas, irrigação, produção de energia, recreação entre outros. A sua disponibilidade no meio ambiente deve ocorrer tanto em quantidade como em qualidade adequada. Desse modo a preservação do meio aquático tem sido um tema cada vez mais discutido e estudado na atualidade. O presente trabalho teve como objetivo analisar a qualidade da água do córrego Mutuca de Gurupi – TO em termos dos parâmetros físico-químicos e biológicos: temperatura, potencial hidrogeniônico (pH), alcalinidade, amônia, cloro, cloretos, cor, turbidez, dureza total, ferro, oxigênio consumido (O.C.), coliformes totais e fecais. Assim, foi possível observar, diante dos resultados obtidos, que o corpo hídrico apresenta uma qualidade relativamente satisfatória quando comparado aos limites estabelecidos pela legislação, sendo que as alterações nos resultados ocorreram devido ao efeito da sazonalidade. O monitoramento da água desempenha função importante na busca da sustentabilidade do uso dos recursos hídricos.</p> 2019-12-04T20:46:52-03:00 Copyright (c) 2019 Juliana Cristina Holzbach, Natassja Barbosa da Silva Santos, Maike de Oliveira Krauser, Paulo Vitor Brandão Leal https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6559 GRAU DE SATISFAÇÃO DOS PACIENTES EM RELAÇÃO ÀS REFEIÇÕES OFERECIDAS POR UM HOSPITAL PÚBLICO NA CIDADE DE GOIÂNIA-GO 2019-12-16T16:50:34-03:00 Amélia Cristina Stival Duarte ameliastival@hotmail.com Jhessika Ferreira Silva ferreirasilva@yahoo.combr Valéria de Sousa Abreu valeria@yahoo.combr <p>O trabalho intitulado de Grau de Satisfação dos Pacientes em Relação às Refeições Oferecidas por um Hospital Público na Cidade de Goiânia-GO, propôs avaliar a existência de correlação de variáveis com a satisfação das refeições. Tratou-se de um estudo transversal, quantitativo, realizado através da aplicação do questionário adaptado de Pfaffenzeller (2003), que abordou as condições sociodemográficas e as características (aparência, temperatura, sabor/tempero, quantidade) avaliadas nas refeições. Amostra foi composta de 100 pacientes com prevalência do sexo masculino. A faixa etária encontrada na clínica médica foi de 52,6±12,5 anos, e na clínica cirúrgica 42,0±15,8 anos. O tempo médio de internação encontrado foi de 7,25±6,57 dias, com diferença significativa (p=0,014) do tempo de internação entre as clínicas. Com relação a escolaridade, prevaleceu o ensino fundamental incompleto. A renda familiar mensal prevaleceu na faixa de 1 a 3 salários mínimos. Uma prevalência significativa de doenças crônicas na clínica médica e reincidência ao serviço na clínica cirúrgica. Não foi observada diferença entre a consistência e composição da dieta. A maioria dos pacientes relatou estar satisfeito ou muito satisfeito, com diferença estatística somente na aparência (p=0,018). O presente estudo não encontrou correlação significativa das variáveis analisadas com as características da dieta.</p> 2019-12-04T21:00:05-03:00 Copyright (c) 2019 Amélia Cristina Stival Duarte, Jhessika Ferreira Silva, Valéria de Sousa Abreu https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6556 VIVÊNCIAS SOBRE O PROCESSO DE TRABALHO DAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DO MUNICÍPIO DE GURUPI-TO 2019-12-16T16:50:02-03:00 Jeann Bruno Ferreira da Silva jbpsicologia@live.com Thaís Valadão Reis valadaoreis@yahoo.combr Hericácia de Sousa Rocha Hericacia@yahoo.combr <p>Dentre os desafios diários presentes no processo de trabalho dos profissionais da Atenção Básica, destacam-se as vivências de situações referentes à qualidade no atendimento aos usuários e articulação de saberes com os demais profissionais da saúde em prol do bem estar dos pacientes. Objetivou-se compreender a percepção dos coordenadores das Equipes de Saúde da Família/ESF de Gurupi-TO sobre seu processo de trabalho. Trata-se de um estudo qualitativo, de caráter exploratório-descritivo. A amostra foi composta por 10 enfermeiros coordenadores das ESF no município de Gurupi-TO. Os dados foram coletados em único momento no mês de outubro de 2017 com um coordenador de cada UBS por meio de roteiro de entrevista semiestruturada, analisados e categorizados segundo a análise de conteúdo de Bardin. Os resultados apontaram que 50% dos enfermeiros não se encontram satisfeitos com a estrutura física das UBS que trabalham. Concluiu-se que a maioria dos profissionais se encontra descontente com as condições oferecidas no seu processo de trabalho, como a estrutura física inadequada à demanda, déficit de profissionais, excesso de atribuições e ausência de veículos oficiais para locomoção da zona urbana para a rural.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Processo de trabalho; Profissionais da Saúde; Atenção Básica.</p> 2019-12-04T21:05:35-03:00 Copyright (c) 2019 Jeann Bruno Ferreira da Silva, Thaís Valadão Reis, Hericácia de Sousa Rocha https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6554 O CONTEXTO DAS EMANCIPAÇÕES NA DÉCADA DE 1980: O CASO DE PAROBÉ/RS 2019-12-16T16:49:33-03:00 Jaison Volnir da Silva Bueno jaisonvolnir@yahoo.com.br Roswithia Webber Roswithia@yahoo.combr <p>O presente estudo tem como objetivo apresentar o contexto em que ocorrem as emancipações municipais no Rio Grande do Sul, trazendo como foco, o caso da localidade de Parobé. Buscaremos identificar o contexto dos processos emancipatórios, bem como quais os aspectos principais para a efetivação dos mesmos. Quanto a metodologia utilizada na pesquisa, faz-se uso de pesquisa bibliográfica, análise das diversas legislações a respeito das emancipações no Rio Grande do Sul, pesquisa em jornais de circulação local e estadual e documentos que compunham o processo de emancipação de Parobé. Através da pesquisa foi possível observar três pontos como fundamentais para a efetivação de uma emancipação municipal: cumprimento das exigências legais, apoio da população e atuação dos “atores políticos”. As exigências legais dizem respeito ao cumprimento do que se está determinado em lei. O apoio da população é efetivado através da realização de plebiscito e, por fim, a atuação dos atores políticos, se refere as ações e estratégias realizadas para a efetivação da emancipação.</p> 2019-12-04T21:10:16-03:00 Copyright (c) 2019 Jaison Volnir da Silva Bueno, Roswithia Webber https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6459 INFLUÊNCIA DE REGULADORES DE CRESCIMENTO E DO TIPO DE EXPLANTE NA MORFOGÊNESE in vitro DE Hancornia speciosa Gomes 2019-12-16T16:49:03-03:00 Kívia Soares de OLIVEIRA kiviaoliv@yahoo.com.br Fúlvio Aurélio de Morais Freire fulvio@cb.ufrn.br Magdi Ahmed Ibrahim Aloufa magdialoufal@gmail.com <p>A mangabeira (<em>Hancornia speciosa</em> Gomes), pertencente à família Apocynaceae, é uma espécie nativa do Cerrado e dos tabuleiros costeiros do Nordeste, e possui grande importância socioeconômica, ambiental e cultural. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de diferentes concentrações de 6-benzilaminopurina (BAP) e ácido indolbutírico (AIB) e do tipo de explante sobre a morfogênese <em>in vitro</em> de <em>H. speciosa</em>. Para isso, explantes nodais e apicais foram inoculados em meio MS básico e em MS suplementado com 1,5; 2,5 e 3,5 mg.L<sup>-1</sup> de BAP e 1,25; 2,5 e 3,0 mg.L<sup>-1</sup>&nbsp;de AIB. As variáveis observadas foram: formação de brotos, número de brotos por explante, número de nós por brotação, contaminação, sobrevivência, formação de raízes, número médio de raízes e presença de calos. Constatou-se que explantes de ápices caulinares, na ausência de BAP, apresentam-se mais responsivos em relação à taxa de multiplicação <em>in vitro</em> e indução de brotações. A rizogênese a partir de ápices caulinares e segmentos nodais não foi favorecida nas concentrações de AIB utilizadas. Entretanto, o uso de 3,0 mg.L<sup>-1 </sup>de AIB induz a formação de maior número de raízes, aumenta a calogênse e sobrevivência de segmentos nodais e apicais de <em>H. speciosa.</em></p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Apocynaceae; citocinina; auxina.</p> 2019-12-04T21:18:50-03:00 Copyright (c) 2019 Kívia Soares de OLIVEIRA, Fúlvio Aurélio de Morais Freire, Magdi Ahmed Ibrahim Aloufa https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6765 IMPACTOS DA DOENÇA DE PARKINSON NA VIDA DOS IDOSOS 2019-12-16T16:51:32-03:00 TATIANE DIAS CASIMIRO VALENÇA tativalenca26@gmail.com Joice Amorim Santos joiceamorim@yahoo.com Everson Mateus Almeida Magalhães eversonmateus@yahoo.com.br Isabely Fróes Correia froes@yahoo.com Samara Alves França samaraalves@yahoo.combr Saionara Silva Brito saionara@yahoo.combr Caio Venancio Duarte Carvalho venanciodc@yahoo.combr Tatiane Dias Casimiro Valença tatianedcv@yahoo.combr Pollyanna Viana Lima pollyannavl@yahoo.combr <p>O envelhecimento populacional no Brasil vem crescendo a cada década e atrelado a esse crescimento demográfico foi observado o aumento da incidência das doenças neurodegenerativas, como a Doença de Parkinson que acomete, principalmente pessoas de mais idade. O objetivo do estudo foi analisar os impactos da Doença de Parkinson em idosos. Trata-se de estudo descritivo, exploratório, qualitativo realizado no município de Vitória da Conquista – BA, com 12 idosos com Doença de Parkinson. Os instrumentos para coleta dos dados foram: Questionário Sociobiodemográfico e Econômico e a Entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados aplicando-se a análise de Conteúdo Temática emergindo duas categorias temáticas: Percepção dos idosos sobre a Doença de Parkinson, e Impactos da Doença de Parkinson nas atividades da vida diária. A doença de Parkinson gera impactos na vida dos idosos que podem ser percebidos a partir de sentimentos de tristeza e preocupação, limitação funcional e resiliência.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Idosos; Parkinson; Impactos; Envelhecimento.&nbsp;&nbsp;</p> 2019-12-04T20:40:21-03:00 Copyright (c) 2019 TATIANE DIAS CASIMIRO VALENÇA, Joice Amorim Santos, Everson Mateus Almeida Magalhães, Isabely Fróes Correia, Samara Alves França, Saionara Silva Brito, Caio Venancio Duarte Carvalho, Tatiane Dias Casimiro Valença, Pollyanna Viana Lima https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6476 DIAGNÓSTICO FÍSICO-QUÍMICO DA ÁGUA DE BEBEDOUROS NAS ESCOLAS PÚBLICAS DA CIDADE DE ESPERANÇA/PB 2019-12-30T16:50:46-03:00 ALDENI BARBOSA DA SILVA aldeni.silva@ifpb.edu.br JOSIKLEIO DA COSTA SILVA josikleio.silva@ifpb.edu.br BIANCA FELICIANO DE MELO biaifpb2017@gmail.com RODRIGO FÉLIX DO NASCIMENTO rovlog1@gmail.com JONATAS DA SILVA DUARTE jonatasilvaduarte@gmail.com EDMILSON DANTAS DA SILVA FILHO edmsegundo@hotmail.com <p>Objetivou-se com esse trabalho verificar os parâmetros físico-químicos da água dos bebedouros das escolas municipais da zona urbana da cidade de Esperança-PB. As amostras foram coletadas em garrafas plásticas de 2 litros e foram encaminhadas ao Laboratório do Programa de Pesquisa em Saneamento Básico (PROSAB), em Campina Grande-PB, para a realização das análises. Os valores foram avaliados conforme as recomendações da portaria de consolidação N<sup>o</sup> 05/2017. Os parâmetros analisados foram: pH, temperatura, cor aparente, condutividade elétrica, turbidez, alcalinidade, dureza total, cloreto, nitrito, nitrato, sólidos totais dissolvidos, sólidos totais voláteis e sólidos totais fixos. Com relação ao pH todas as amostras atenderam aos padrões estipulados; com relação a cor aparente, todas as amostras estão em desacordo com as normas vigentes; a condutividade elétrica das águas resultou numa média de 380,6 μS/Cm; a alcalinidade média foi de 79,18 mg/L de CaCO<sub>3</sub>; as amostras apresentaram dureza branda; o teor de cloreto, nitrito e nitrato estão dentro dos padrões permitidos; as amostras apresentaram turbidez que variou de 0 a 0,33, corroborando com as normas; com relação aos Sólidos Totais Dissolvidos, voláteis e fixos, os valores variaram de 94 a 302 mg L<sup>-1</sup>, 4 a 258 mg L<sup>-1</sup> e 4 a 280 mg L<sup>-1</sup>, respectivamente.</p> 2019-12-30T15:39:53-03:00 Copyright (c) 2019 ALDENI BARBOSA DA SILVA, JOSIKLEIO DA COSTA SILVA, BIANCA FELICIANO DE MELO, RODRIGO FÉLIX DO NASCIMENTO, JONATAS DA SILVA DUARTE, EDMILSON DANTAS DA SILVA FILHO https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/6308 O RAP SOB A ÓTICA DO INTERACIONISMO SOCIODISCURSIVO 2019-12-30T16:50:17-03:00 Marilúcia dos Santos Domingos Striquer marilucia@uenp.edu.br Guilherme da Silva Alves alvesgs@gmail.com <p>Este trabalho tem o objetivo de investigar como se configura o gênero textual letra de música, mais especificamente as letras do rap de dois dos mais expressivos rappers brasileiros, Sabotagem e Mano Brown. Para tanto, pautamo-nos no aporte teórico do Círculo de Bakhtin na definição de gêneros, e de seus estudiosos brasileiros, e nos preceitos metodológicos do Interacionismo Sociodiscursivo. A intenção é conhecer como esse gênero se configura em âmbito social, discurso e linguisticamente. O <em>corpus</em> é formado por cinco exemplares de letra de música rap de Sabotage e Mano Brown. Os resultados demonstraram algumas das características estáveis das letras dos raps compostos por essas duas personalidades.</p> 2019-12-30T16:02:05-03:00 Copyright (c) 2019 Marilúcia dos Santos Domingos Striquer, Guilherme da Silva Alves https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios/article/view/8137 AÇÃO ANTIOXIDANTE DOS ALIMENTOS 2019-12-31T16:50:37-03:00 Dafne Nayara Quinta Barbosa dafnenqb@yahoo.com Haylla Freiria Maganhoto de Sousa hayllafreiriamaganhoto@gmail.com Rodolfo Castilho Clemente castilho@mail.uft.edu.br <p>Nas últimas décadas, com a transição epidemiológica e elevação da renda média da população, novos padrões de consumo e estilo de vida foram adotados.&nbsp;A partir de então, os alimentos passaram a ser vistos, além de seguros e atrativos, importantes na prevenção de doenças crônicas e manutenção do bem-estar físico e mental. Os radicais livres são espécies reativas de oxigênio e/ou nitrogênio que podem desempenhar funções benéficas ou deletérias no organismo. Entende-se, então, a importância do estudo dos alimentos com capacidade de anular os radicais livres e controlar o estresse oxidativo. As moléculas antioxidantes possuem a capacidade de capturar os radicais livres e evitar a propagação dos efeitos deletérios. Assim, uma dieta baseada em consumo variado e<br>regular de alimentos frescos, in natura e com grande presença de frutas e hortaliças mostra-se indispensável no combate e prevenção à diversas doenças, especialmente às doenças crônicas não-transmissíveis.</p> 2019-12-30T18:15:45-03:00 Copyright (c) 2019 Dafne Nayara Quinta Barbosa, Haylla Freiria Maganhoto de Sousa, Rodolfo Castilho Clemente