Política de Conflitos de Interesse

Política de Conflitos de Interesse

Existe conflito de interesse (CI), quando há uma divergência entre os interesses privados de um indivíduo (interesses concorrentes) e suas responsabilidades científicas e editoras, de tal forma que um observador razoável pode se perguntar se o comportamento do indivíduo ou o julgamento foi motivado por considerações objetivas ou por interesses concorrentes.

  • Tipos de interesses concorrentes

1- Laços financeiros: Este conflito está presente quando um participante no processo de publicação recebeu ou espera receber dinheiro (ou outros benefícios financeiros, tais como patentes ou ações), ou presentes, ou serviços que podem influenciar o trabalho relacionado com uma publicação específica.

2- Compromissos acadêmicos: Os participantes no processo de publicações pode ter crenças fortes ("paixão intelectual") que as vinculam  a uma determinada explicação, método ou ideia. Eles/elas podem, como resultado, ser tendencioso/a na realização de pesquisas que testa o compromisso ou na revisão de trabalhos de outros autores que são a favor ou em desacordo com suas crenças.

3- Relações pessoais: Relações pessoais com a família, amigos, inimigos, concorrentes ou colegas pode representar Conflito de Interesse. Por exemplo, um usuário pode ter dificuldade em fornecer uma análise imparcial de artigos de pesquisadores que foram colegas de trabalho.

4- Crenças políticas ou religiosas: Forte compromisso com uma visão política particular (por exemplo, posição política, agenda, ou afiliação) ou ter uma forte convicção religiosa pode representar um Conflito de Interesse para uma determinada publicação, se essas questões políticas ou religiosas são afirmados ou negadas na publicação.

5- Afiliações institucionais: O Conflito de Interesse existe quando um participante no processo de publicação está diretamente associada com uma instituição e que pode infleunciar sua avaliação em face de poder obter uma possível posição ou um interesse em uma publicação.

  • Declaração e gestão da conflito de interesse

Os Conflitos de Interesses são onipresentes e não podem ser completamente  eliminados do processo editorial e/ou autoral. No entanto, eles podem ser gerenciados de forma construtiva para que exerçam a menor intrusão possível na revista, em seu conteúdo e em sua credibilidade.

Todas as declarações sobre Conflito de Interesse por parte do autor são solicitadas por escrito – no campo observações ao editor - como condição para se analisar um manuscrito, de tal forma que os autores terão uma alta probabilidade de relatar possíveis conflitos de interesse relacionadas com o manuscrito, se houver.

  •  As consequências para não declarar possíveis Conflitos de Interesse

Qualquer conflito de interesse será tratado com base em fluxogramas utilizados pelo Committee on Publication Ethics (COPE). Os gráficos podem ser baixados e acessados a partir do link (http://publicationethics.org/resources/flowcharts).

  •  Conflitos de Interesse resulta em um manuscrito não ser mais considerado para publicação?

Se algum ou todos os tipos de Conflito de Interesse (mencionados anteriormente) forem detectados (a priori, durante o processo de revisão de pares ou a posteriori à publicaçao) em algum texto avaliado ou aprovado, o manuscrito ficará em suspenso até que o conflito de interesse seja resolvido.

  • Responsabilidades dos participantes

Autores: Todos os autores devem relatar qualquer Conflito de Interesse relacionado com a sua pesquisa para o editor.

Revisores: Todos os colaboradores devem reportar qualquer Conflito de Interesse relacionados com as suas tarefas de revisão para o editor.

Editores: Os editores não devem tomar quaisquer decisões editoriais ou ser envolvido no processo editorial se eles ou um familiar próximo tem um Conflito de Interesse (financeira ou outra) em um manuscrito em particular submetido à revista.