CHAMADA DOSSIÊ TEMÁTICO: ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN NA AMAZÔNIA E NO CERRADO

2021-07-07

CHAMADA DOSSIÊ TEMÁTICO
ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN NA AMAZÔNIA E NO CERRADO
PRORROGAÇÃO DE PRAZO: 31 DE JANEIRO DE 2022

A Revista Desafios convida professores(as), extensionistas e pesquisadores(as) para contribuir com o “Dossiê Arquitetura, Urbanismo e Design na Amazônia e no Cerrado”, cujo objetivo é a divulgação da produção científica qualificada nas áreas mencionadas, com propostas que envolvam práticas de ensino, pesquisa e/ou extensão nos Biomas Amazônia e Cerrado, com destaque ao Estado do Tocantins, que apesar de oficialmente fazer parte da região Norte e da Amazônia Legal, está na zona de transição geográfica entre o cerrado e a floresta amazônica, sendo 91% do seu território Bioma Cerrado, segundo os Mapas de Biomas e de Vegetação do Brasil (IBGE, 2007).

 

São bem-vindas propostas que contemplem a história e a crítica da produção do espaço rural e urbano na Amazônia e no Cerrado nas escalas do edifício à cidade, que investiguem as arquiteturas, os projetos de cidades novas, a preservação do patrimônio histórico e cultural, a construção e o viver a partir das epistemologias e ontologias regionais, bem como a análise do processo histórico de ocupação, transformação e consolidação de seus territórios e paisagens; dos saberes de suas populações tradicionais e urbanas, bem como do conhecimento gerado a partir dos conflitos e lutas em curso; trabalhos que avaliem as decisões e propostas dos técnicos e especialistas, frente às implicações da expansão do agronegócio, considerando a importância e a autonomia das populações tradicionais.

 

Este Dossiê também aborda de forma mais ampla o estado da arte, discussões teórico-metodológicas, ferramentas conceituais, não amarradas ao recorte geográfico. Portanto, que apresentem perspectivas emergentes, baseadas em novas epistemologias, como por exemplo, estudos que problematizem as questões de gênero, raça e classe e suas relações com a arquitetura, o urbanismo e o design; que envolvam o pensamento decolonial e os saberes das populações ribeirinhas, indígenas e quilombolas – comunidades que sobrevivem dos recursos naturais e são conhecedoras da biodiversidade; que analisem de forma crítica a epistemologia eurocêntrica como principal fonte de pesquisa.

 

Pretende-se com esse Dossiê acolher propostas que tenham caráter interdisciplinar e multidisciplinar, envolvendo as dimensões morfológica, social, histórica, ambiental, cultural, econômica e política, nos estudos sobre arquitetura, urbanismo e design e, dessa forma, fortalecer o intercâmbio entre pesquisadores(as) envolvidos(as) com as temáticas abordadas.

 

Informações para cadastro na revista, template e envio: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/desafios

 

ATENÇÃO: ao submeter o trabalho, mencionar no campo “comentários para o editor”, de que se trata de artigo para ser publicado no Dossiê Temático Arquitetura, Urbanismo e Design na Amazônia e no Cerrado.

 

ORGANIZADORAS: 


PROFA. DRA. PATRÍCIA ORFILA BARROS DOS REIS
Curso de Arquitetura e Urbanismo – UFT


PROFA. DRA. PATRÍCIA SANTOS PEDROSA
Universidade Beira Interior UBI (UBI) e Centro Interdisciplinar de Estudos de Género, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (CIEG-ISCSP- ULisboa).

 

PROFA. DRA. CELMA CHAVES DE SOUZA PONT VIDAL
Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - Universidade Federal do Pará