Reflections on teaching aquaculture in the Marajó archipelago, Eastern Amazon

  • Fabricio Nilo Lima da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA
  • Luã Caldas de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA

Resumo

Reflexões sobre ensino da aquicultura no arquipélago do Marajó, Amazônia Oriental

A aquicultura é uma atividade agropecuária em crescimento no arquipélago do Marajó, Estado do Pará, Brasil. Assim, é importante discuti à criação de organismos aquáticos em cursos técnicos da área de ciências agrárias. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo entender os estudantes em agropecuária quanto a área da aquicultura, por meio da aplicação da análise diagnóstica. A metodologia consistiu em uma pesquisa de campo, qualitativa e explicativa. O estudo foi desenvolvido com 50 alunos do primeiro ano do ensino médio do curso técnico em Agropecuária do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), Campus Breves. Em conclusão, os estudantes declaram achar importante o assunto da aquicultura como disciplina dentro do curso técnico, apesar de, também demonstrarem pouca afinidade com a área; os que demonstraram afinidade apresentam o interesse pela criação de peixes. A falta de conhecimento sobre empreendimentos de aquicultura no Marajó pode ser um dos fatores responsáveis pelo desinteresse dos estudantes pela área, isso porque, na região, a cultura da atividade de pesca tem sido ainda bem mais forte para geração de pescado no arquipélago do Marajó.

Palavras-chave: Educação do Campo, Organismos Aquáticos, Ilha, Amazônia.

 

Reflections on teaching aquaculture in the Marajó archipelago, Eastern Amazon

ABSTRACT. Aquaculture is a growing agricultural activity in the Marajó Archipelago, State of Pará, Brazil. Thus, it is important to discuss the creation of aquatic organisms in technical courses in the field of agrarian sciences. Given this, the present study aimed to understand the students’ reflections in agriculture regarding the area of aquaculture, through the application of diagnostic analysis. The methodology consisted of a qualitative and explanatory field research. The study was developed with 50 students of the first year of high school of the technical course in Agriculture of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Pará (IFPA), Campus Breves. In conclusion, the students declared that they found the subject of aquaculture important as a discipline within the technical course, although they interested in fish farming. The lack of knowledge about aquaculture ventures in Marajó may be one of also demonstrate little affinity with the area; those who have shown affinity are the factors responsible for the students' lack of interest in the area, because in the region the culture of fishing activity has been even stronger for fish generation in the Marajó archipelago.

Keywords: Rural education, Aquatic Organisms, Island, Amazon.

 

Reflexiones sobre la enseñanza de la acuicultura en el archipiélago de Marajó, Amazonía oriental

RESUMEN. La acuicultura es una actividad agrícola en crecimiento en el archipiélago de Marajó, Estado de Pará, Brasil. Por lo tanto, es importante discutir la creación de organismos acuáticos en cursos técnicos en el campo de las ciencias agrícolas. En vista de esto, el presente estudio tuvo como objetivo comprender a los estudiantes de agricultura en el área de la acuicultura, mediante la aplicación de análisis de diagnóstico. La metodología consistió en una investigación de campo cualitativa y explicativa. El estudio fue desarrollado con 50 estudiantes del primer año de secundaria del curso técnico en Agricultura del Instituto Federal de Educación, Ciencia y Tecnología de Pará (IFPA), Campus Breves. En conclusión, los estudiantes declaran que consideran el tema de la acuicultura como una disciplina dentro del curso técnico, aunque también demuestran poca afinidad con el área; aquellos que han demostrado afinidad están interesados en la piscicultura. La falta de conocimiento sobre las empresas de acuicultura en Marajó puede ser uno de los factores responsables de la falta de interés de los estudiantes en el área, porque, en la región, la cultura de la actividad pesquera ha sido aún más fuerte para generar peces en el archipiélago de Marajó.

Palavras clave: Educación del campo, Organismos Acuáticos, Isla, Amazonas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabricio Nilo Lima da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) Campus Breves. Graduado em Aquicultura pelo IFPA. Especialista em Docência para Educação Profissional, Científica e Tecnológica pelo IFPA. Mestre em Aquicultura e Recursos Aquáticos Tropicais pela Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Doutorado em Ciência Animal (Ecologia Aquática e Aquicultura) pela UFPA. Possui experiência em projetos de ensino, pesquisa e extensão para aquicultura.

Luã Caldas de Oliveira , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) Campus Breves. Graduado em Alimentos pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Especialista em Docência para Educação Profissional, Científica e Tecnológica pelo IFPA. Mestre e Doutor em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Possui experiência em gestão de projetos e captação de recursos por editais de fomento.

Referências

Aizawa, N., Masuda, M., & Ito, L. S. (2014). Current situation of freshwater aquaculture in the lower Amazon River and the potentiality of development. Tropics, 23(3), 127-134. https://doi.org/10.3759/tropics.23.127

Anuário Peixe BR. (2018). Retrieved: https://www.peixebr.com.br/anuario-peixebr2018/. Accessed: 10 May 2018.

Baldisserotto, B., Barata, L. E. S., Silva, A. S., Lobato, W. F. F., Silva, L. L., Toni, C., & Silva, L. V. F. (2018). Anesthesia of tambaqui Colossoma macropomum (Characiformes: Serrasalmidae) with the essential oils of Aniba rosaeodora and Aniba parviflora and their major compound, linalool. Neotropical Ichthyology, 16(1), 170-128. https://doi.org/10.1590/1982-0224-20170128

Brabo, M. F. (2014). Piscicultura no Estado do Pará: situação atual e perspectivas. Acta of Fisheries and Aquatic Resources, (2), 1-7. https://doi.org/10.2312/Actafish.2014.2.1.i-vii

Bush, S. R., Zwieten, P. A. M. V., Visser, L., Dijk, H. V., Bosma, R., Boer, W. F., Verdegem, M. (2010). Scenarios for resilient shrimp aquaculture in tropical coastal areas. Ecology and Society, 15(2), 15. https://doi.org/10.5751/ES-03331-150215

Castro, D. R. C., Campelo, D. A. V., Veras, G. C., Pimentel, Z. N., Brabo, M. F., & Rocha, R. M. (2019). Custo de produção e rentabilidade da produção de alevinos de tambaqui Colossoma macropomum no Nordeste paraense, Amazônia, Brasil. Custos e Agronegócio On Line, (15), 434-465. Retrieved: http://www.custoseagronegocioonline.com.br/especialv15/OK%2016%20alevinos.pdf. Accessed: 28 October 2018.

CEB/CNE. (1999). Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação. Resolução CEB No 4, de 8 de dezembro de 1999. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico. Diário Oficial [da] União, Conselho Nacional de Educação, Brasília, DF. Retrieved: https://www.mpap.mp.br/menu-legislcao?view=article&id=6985:res-4-1999-ceb&catid=16. Accessed: 28 October 2018.

Cheng, J-H., Sun, D-W., Han, Z., & Zeng, X-A. (2014). Texture and Structure Measurements and Analyses for Evaluation of Fish and Fillet Freshness Quality: A Review. Comprehensive Reviewsin Food Science and Food Safety, 13(1), 52-61. https://doi.org/10.1111/1541-4337.12043

Da, C. T., Hung, L. T., Berg, H., Lindberg, J. E., & Lundh, T. (2011). Evaluation of potential feed sources, and technical and economic considerations of small-scale commercial striped catfish (Pangasius hypothalamus) pond farming systems in the Mekong Delta of Vietnam. Aquaculture Research, 44(3), 427-438. https://doi.org/10.1111/j.1365-2109.2011.03048.x

De-Carvalho, H. R. L., Souza, R. A. L., & Cintra, I. H. A. (2013). A aquicultura na microrregião do Guamá, Estado do Pará, Amazônia Oriental, Brasil. Revista Ciências Agrarias, 56, 1-6. https://doi.org/10.4322/rca.2013.009

FAO - The State of World Fisheries and Aquaculture. Contributing to food security and nutrition for all. Rome, 200 pp, 2016. Retrieved: http://www.fao.org/3/a-i5555e.pdf. Accessed: 28 October 2018.

FAO - The State of World Fisheries and Aquaculture. Meeting the sustainable development goals. Rome, 227pp, 2018. Retrieved: http://www.fao.org/3/i9540en/I9540EN.pdf. Accessed: 28 October 2018.

Friedlander, A. M. (2018). Marine conservation in Oceania: Past, present, and future. Marine Pollution Bulletin, 135, 139-149. https://doi.org/10.1016/j.marpolbul.2018.05.064

Garutti, V. (2003). Piscicultura ecológica. São Paulo: Unesp. Retrieved: http://livros01.livrosgratis.com.br/up000038.pdf. Accessed: 28 October 2018.

Gonçalves, L. U., Cerozi, B. S., Silva, T. S. C., Zanon, R. B., Cyrino, J. E. P. (2015). Crude glycerin as dietary energy source for Nile tilapia. Aquaculture, 437, 230-234. https://doi.org/10.1016/j.aquaculture.2014.12.004

IBAMA. (2007). Instituto Brasileiro de Meio Ambiente. Estatística da Pesca 2007, Brasil Grandes Regiões e Unidades da Federação. Brasília, DF: IBAMA. Retrieved: https://www.icmbio.gov.br/cepsul/images/stories/biblioteca/download/estatistica/est_2007_boletim_07_brasil.pdf. Accessed: 28 October 2018.

IBGE. (2010). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico brasileiro. Rio de Janeiro. Retrieved: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/93/cd_2010_caracteristicas_populacao_domicilios.pdf. Accessed: 28 October 2018.

IBGE. (2016). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção da Pecuária Municipal 2016, 44. IBGE: Rio de Janeiro. Retrieved: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/84/ppm_2016_v44_br.pdf. Accessed: 28 October 2018.

IEPA. (2010). Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2009) Primeiras análises: Situação da educação brasileira - avanços e problemas. Brasília, DF: Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, 66.

Igarashi, M. A. (2019). Perspectivas para o Desenvolvimento do Cultivo de Peixe na Agricultura Familiar. UNICIÊNCIAS, 23(1), 21-26. https://doi.org/10.17921/1415-5141.2019v23n1p21-26

Lima, A. F., Rodrigues, A. P. O., Maciel, P. O., Prysthon, A., Flores, R. M. V., & Bezerra, T. A. (2018). Small-scale fish farming in seasonal ponds in Brazil: technical and economic characterization. Latin American Journal of Aquatic Research, 46(2), 314-329. https://doi.org/10.3856/vol46-issue2-fulltext-7

Macedo, A. R. G., Silva, F. L., Ribeiro, S. C. A., Torres, M. F., Silva, F. N. L., & Medeiros, L. R. (2016). Perfil da Ostreicultura na Comunidade de Santo Antônio do Urindeua, Salinópolis, Nordeste do Pará/Brasil. Observatorio de la Economía Latinoamericana, 1, 1-25. Retrieved: http://www.eumed.net/cursecon/ecolat/br/16/aquicultura.html. Accessed: 28 October 2018.

Maciel, C. R., & Valenti, W. C. (2014). Effect of tank colour on larval performance of the Amazon River prawn Macrobrachium amazonicum. Aquaculture Research, 45(6), 1041-1050. https://doi.org/10.1111/are.12048

Magnusson, W. E. (2003). Turtle management as scientific experimentation. Chelonian Conservation and Biology, 4(3), 722-723.

Osmundsen, T. C., Almklova, P., & Tveteråsb, R. (2017). Fish farmers and regulators coping with the wickedness of aquaculture. Aquaculture Economics & Management, 21(1), 163-183. https://doi.org/10.1080/13657305.2017.1262476

Ostrensky, A., & Boeger, W. A. (2008). Principais problemas enfrentados atualmente pela aquicultura brasileira. In Ostrensky, A., Borghetti, J. R., & Soto, D. (Ed.). Aquicultura no Brasil: o desafio é crescer (pp. 135-158). Brasília, DF: Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca da Presidência da República/FAO - Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Retrieved: https://gia.org.br/portal/produto/2299/. Accessed: 28 October 2018.

Petrere Júnior, M. (2001). Desarrollo sostenible del área Amazónica fronteriza. Brasil y Colombia: OEA/SINCHI/SUDAM.

Rodrigues, M., Ferreira, H., Figueira, D., Almeida, A. M. L., & Oliveira, L. R. (2012). Memorial de Escolas Uma Experiência entre o Ensino, a Pesquisa e a Extensão. Revista Fluminense de Extensão Universitária, 2(2), 27-36. Retrieved: file:///C:/Users/lyko_/Downloads/555-Texto%20do%20artigo-991-1-10-20161122%20(1).pdf. Accessed: 28 October 2018.

Sampaio, D. S., Tagliaro, C. H., Schneider, H., & Beasley, C. R. (2017). Oyster culture on the Amazon mangrove coast: asymmetries and advances in an emerging sector. Reviews in Aquaculture, 0, 1-17. https://doi.org/10.1111/raq.12227

Santiago, J. L., & Surís-Regueiro, J. C. (2018). An applied method for assessing socioeconomic impacts of European fisheries quota-based management. Fisheries Research, 206, 150-162. https://doi.org/10.1016/j.fishres.2018.05.010

Senff, P., Partelow, S., Indriana, L. F., Buhari, N., & Kunzmann, A. (2018). Improving pond aquaculture production on Lombok, Indonesia. Aquaculture, 497, 64-73. https://doi.org/10.1016/j.aquaculture.2018.07.027

Silva, F. N. L. (2019). Tortas e óleos de buriti (Mauritia flexuosa), coco (Cocos nucifera) e dendê (Elaeis guineenses) em dietas para tambaqui (Colossoma macropomum Cuvier, 1818) (Tese de Doutorado). Universidade Federal do Pará, Belém.

Silva, F. N. L., Lima, E. B. S., Sampaio, L. S. O., Santos, M. C. N., Rosa, J. C. G. S., & Brito, T. P. (2012). O cultivo de tartaruga-da-amazônia (Podocnemis expansa, scheigger, 1812), uma alternativa de produção para a aquicultura no estado do Pará. In Anais V Congresso da Sociedade Brasileira de Aquicultura e Biologia Aquática, Aquaciencia, Palmas - TO. Retrieved: https://sites.unisanta.br/simposiobiomar/2012/trabalhos2012/210.pdf. Accessed: 28 October 2018.

Silva, F. N. L., Oliveira, L. C., Mangas, T. P., Santos, A. S., Silva, F. R., & Santos, R. A. (2017). Cenário atual da atividade aquícola familiar em comunidades no município de Breves, Ilha do Marajó, Pará, Brasil. Universidade de Marília Ciências, 26, 1-13. Retrieved: http://ojs.unimar.br/index.php/ciencias/article/view/512. Accessed: 28 October 2018.

Silva, F. N. L., Santos, R. A., Silva, F. R., Santos, A. S., Oliveira, L. C., Mangas, T. P., Oliveira, L. M., & Rocha, R. M. (2018). Criação de tambaqui no arquipélago do Marajó. 1. ed. Belém: Editora Vitória, 1.

Silva, L. E. N., Gomes Neto, M. B., & Grangeiro, R. R. (2019). Projeto “Andanças Culturais”: preservação da imagem de padre Cícero de Juazeiro do Norte, Ceará. Em Extensão, 18(1), 230-242. https://doi.org/10.14393/REE-v18n12019-45625

Silva, L. F. M. (2019). Assessoria executiva em arquivos: relato das percepções acadêmicas de um projeto de extensão universitária. Revista de Gestão e Secretariado, 10(1), 73-90. https://doi.org/10.7769/gesec.v10i1.792

Souza, R. A. L., Souza, A. S. L., Silva, F. N. L., Souza, F. B., Aranha, T. V., & Lopes, A. S. (2015). A Piscicultura no Marajó, Pará, Amazônia Oriental, Brasil. Boletim Técnico-Científico do CEPNOR, 15, 23-29. https://doi.org/10.17080/1676-5664/btcc.v15n1p23-29

Tavares, E. C. B., & Santos, M. A. S. (2006). Análise competitiva da cadeia produtiva da carcinicultura no estado do Pará: o caso do Litopenaeus vannamei (Boone, 1931). Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural, Fortaleza. https://doi.org/10.22004/ag.econ.146389

Tsunechiro, A., & Coelho, P. J. (2009). Valor da produção agropecuária do Brasil em 2001, por unidade da federação. Informações econômicas, 39(1), 68 – 84. Retrieved: http://www.iea.sp.gov.br/ftpiea/publicacoes/ie/2009/tec8-1009.pdf. Accessed: 28 October 2018.

Tubino, J. (2008). Apresentação. In Ostrensky, A., Borghetti, J. R., & Soto, D. (Ed.). Aquicultura no Brasil o desafio é crescer (pp. 1-27). Brasília, DF: Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca da Presidência da República/FAO - Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Retrieved: https://gia.org.br/portal/produto/2299/. Accessed: 28 October 2018.

Valladão, G. M. R., Gallani, S. U., & Pilarski, F. (2018). South American fish for continental aquaculture. Reviews in Aquaculture, 10, 351-369. https://doi.org/10.1111/raq.12164

Viana, J. S., Farias, L. C. F., Paixão, D. J. M. R., Santos, M. A. S., Souza, R. F. C., & Brabo, M. (2018). Índice de desempenho competitivo de pisciculturas no estado do Pará, Amazônia, Brasil. Informações Econômicas (Impresso), 49, 19-30. Retrieved: http://www.iea.sp.gov.br/ftpiea/ie/2018/tec2-0718.pdf. Accessed: 28 October 2018.

Publicado
2020-04-08
Como Citar
Nilo Lima da Silva, F., & Caldas de Oliveira , L. (2020). Reflections on teaching aquaculture in the Marajó archipelago, Eastern Amazon. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 5, e7893. https://doi.org/10.20873/uft.rbec.e7893
Seção
Artigos / Articles / Artículos