As memórias discursivas que emergem do discurso do Projeto Pedagógico de um curso técnico vinculado ao Pronatec Campo no IFTO, Campus Araguatins-TO

Resumo

A pesquisa tem como objetivo analisar os efeitos de sentido (memórias discursivas) que emergem do discurso do Projeto Pedagógico do Curso de Auxiliar Técnico em Agropecuária, ofertado pelo Instituto Federal do Tocantins, Campus Araguatins, entre os anos de 2013 e 2014, como parte integrante do Pronatec Campo. Tal curso de curta duração tinha como foco oferecer conhecimentos básicos - referentes às atividades agropecuárias - aos camponeses pertencentes aos assentamentos localizados no município de Araguatins-TO e proximidades. Foi utilizada como fundamentação metodológica a Análise de Discurso com base nos estudos de Pêcheux (1999), Achard (1999) e Orlandi (1999). A partir deste estudo, destaca-se que os enunciados remetem a memórias discursivas que evocam a formação tecnicista, além de vincular o exercício da cidadania à produtividade em um ambiente capitalista.

Palavras-chave: Pronatec Campo, Formação do Camponês, Políticas Públicas.

 

The discursive memories that emerge from the discourse of the Pedagogical Project of a technical course linked to Pronatec Campo at the IFTO, Campus Araguatins-TO                    

ABSTRACT. The aim of this research is to analyze the effects of meaning (discursive memories) that emerge from the discourse of the Pedagogical Project of the Technical Auxiliary Course in Agriculture, offered by the Federal Institute of Tocantins, Campus Araguatins between the years of 2013 and 2014, as part member of Pronatec Campo. This short course focused on providing basic knowledge regarding agricultural activities to peasants belonging to the settlements located in the municipality of Araguatins-TO and nearby Discourse Analysis was used as methodological foundation based on the studies of Pêcheux (1999) and Orlandi (1999). From the analysis it is highlighted that the statements refer to the discursive memories that evoke the technicist formation, in addition to linking the exercise of citizenship to productivity in a capitalist environment.

Keywords: Pronatec Countryside, Formation of the Peasant, Public Policies.

 

Las memorias discursivas que emergen del discurso del Proyecto Pedagógico de un curso técnico vinculado al Pronatec Campo en el IFTO, Campus Araguatins-To

RESUMEN. La investigación tiene el objetivo de analizar los efectos de sentido (memorias discursivas) que emergen del discurso del Proyecto Pedagógico del Curso de Auxiliar Técnico en Agropecuaria, ofrecido por el Instituto Federal de Tocantins, Campus Araguatins entre los años 2013 y 2014, como parte y en el caso de las mujeres. Tal curso de corta duración tenía como foco ofrecer conocimientos básicos en cuanto a las actividades agropecuarias a los campesinos pertenecientes a los asentamientos ubicados en el municipio de Araguatins-TO y cercanías. Se utilizó como fundamentación metodológica el Análisis de Discurso basado en los estudios de Pêcheux (1999), Achard (1999) y Orlandi (1999). A partir del análisis se destaca que los enunciados remiten a memorias discursivas que evocan la formación tecnicista, además de vincular el ejercicio de la ciudadanía a la productividad en un ambiente capitalista.

Palabras clave: Pronatec Campo, Formación del Campesino, Políticas Públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorlan Lima Oliveira, Faculdade Integrada de Araguatins - FAIARA

Mestre em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia, pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará/Marabá - UNIFESSPA. Especialista em Gestão Pública pela Universidade Estadual do Maranhão - (UEMA/UAB). Especialista em Gestão Pública Municipal pela Universidade Federal do Tocantins (UFT/UAB). Administrador pela Faculdade Atenas Maranhense – FAMA e cursando Pedagogia (UNIP).

Referências

Achard, P., et al. (1999). Memória e produção discursiva do sentido. In Achard, P., et al. (Orgs.). Papel da memória (pp. 11-17). Campinas: Pontes.

Lei n. 11.513, de 26 de outubro de 2011. (2011, 26 de outubro). Institui o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e dá outras providências. Diário Oficial da União, seção 1.

Cartilha PRONATEC CAMPO. (2011). Recuperado de http://www.mda.gov.br/sitemda/sites/sitemda/files/user_img_23/cartilha%20PRONATEC_baixa.pdf.

Araújo, R. M. L. (2002). A reforma da educação profissional sob a ótica da noção de competências. In Anais da Reunião Anual da Anped–Associação Nacional de Pesquisa em Educação, 28(3), 1-18. Recuperado de: http://www.bts.senac.br/index.php/bts/article/view/532.

Araújo, R. M. L. (2004). As referências da pedagogia das competências. Revista Perspectiva, 22(2), 497-524.

Castioni, R. (2013). Planos, Projetos e Programas de Educação Profissional: agora é a vez do PRONATEC. Revista Sociais e Humanas, 26(1), 25-42.

Chiavenato, I. (2010). Gestão de Pessoas. Rio de Janeiro: Campus.

Silva, J. A. (2014). Basta qualificar? O PRONATEC como estratégia de inclusão produtiva do plano Brasil Sem Miséria (Tese de Doutorado). Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul.

Fernandes, B. M., & Molina, M. C. (2004). O campo da educação do campo. In Molina, M. C., & Jesus, S. M. S. (Orgs.). Contribuições para a construção de um projeto de Educação do Campo (pp. 32-52). Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Fleury, A., & Fleury, M. (2004). Estratégias empresariais e formação de competências: um quebra cabeça caleidoscópico da indústria brasileira. São Paulo: Atlas.

Frigotto, G., & Ciavatta, M. (2006). Educar o trabalhador cidadão produtivo ou ser humano emancipado? In Frigotto, G., & Ciavatta, M. (Orgs.). Formação do cidadão produtivo: a cultura de mercado no ensino médio técnico (pp. 55-70). Brasília: Inep/MEC.

Gil, A. C. (2001). Gestão de Pessoas: Enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas.

Harvey, D. A. (1992). Condição pós-moderna. São Paulo: Loyola.

Harvey, D. A. (2008). O Neoliberalismo: história e implicações. São Paulo: Loyola.

IFTO. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins. (2013). PDI – Plano de Desenvolvimento Institucional 2015–2019. Recuperado de http://apps.ifto.edu.br/pdi/.

IFTO. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins. (2013). Projeto Pedagógico de Curso Auxiliar Técnico em Agropecuária. Araguatins.

Kuenzer, A. Z. (2018). Competência como práxis: os dilemas da relação entre teoria e prática na educação dos trabalhadores. Boletim Técnico do SENAC, 29(1), 16-27. Recuperado de: http://bts.senac.br/index.php/bts/article/view/526

Kuenzer, A. Z. (2007). Da dualidade assumida à dualidade negada: o discurso da flexibilização justifica a inclusão excludente. Revista Educação e Sociedade, 28(100), 1153-1178. https://doi.org/10.1590/S0101-73302007000300024

Lima, M. (2012). Problemas da Educação Profissional do Governo Dilma: PRONATEC, PNE e DCNEMs. Revista Trabalho & Educação, 21(2), 73-91. https://doi.org/10.17648/2238-037X-trabedu-v28n3

Nascimento, M. L. O. (2016). O PRONATEC no âmbito das políticas públicas de educação profissional: da dualidade estrutural à mercantilização da qualificação profissional. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Piauí, Teresina. Recuperado de http://repositorio.ufpi.br/xmlui/handle/123456789/290.

Ohno, T. O. (1997). Sistema Toyota de Produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Artes Médicas.

Orlandi, E. P. (1999). Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes.

Pêcheux, M. (1999). Papel da memória. In Achard, P. (Org.). Papel da memória (pp. 49-57). Campinas: Pontes.

Peinado, J., & Graeml, A. R. (2007). Administração da produção. Curitiba.

Ribeiro, J. (2014). Pronatec diante da inclusão excludente e da privatização da formação. Revista Textual, 2(19), 16-21.

Saviani, D. (2007). Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, 12(34), 152-165. https://doi.org/10.1590/S1413-24782007000100012

Scottini, A. (1998). Dicionário escolar da língua portuguesa. Blumenau: Edições Todo Livro.

Tocantins. (2013). PRONATEC – Tocantins sem miséria. Palmas: Secretaria do Trabalho e da Assistência Social.

Publicado
2020-02-29
Como Citar
Oliveira, J. L. (2020). As memórias discursivas que emergem do discurso do Projeto Pedagógico de um curso técnico vinculado ao Pronatec Campo no IFTO, Campus Araguatins-TO. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 5, e6018. https://doi.org/10.20873/uft.rbec.e6018
Seção
Artigos / Articles / Artículos