A Pedagogia da Alternância nas licenciaturas em Educação do Campo: olhar sobre as produções acadêmicas

Resumo

Este trabalho tem como objetivo investigar como vem sendo discutida a Pedagogia da Alternância nas Licenciaturas em Educação do Campo, nas produções acadêmicas. Para isso, em um primeiro momento, foi realizado um estudo bibliográfico dos históricos das Licenciaturas em Educação do Campo e da Pedagogia da Alternância e, posteriormente, o mapeamento das produções acadêmicas no Banco de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O recurso metodológico utilizado foi a Análise Textual Discursiva (ATD), organizada em três componentes: unitarização, categorização e metatexto. As análises permitiram identificar como vem sendo discutido o Regime de Alternância, nas formações iniciais em Educação do Campo, segundo as produções acadêmicas analisadas.

Palavras-chave: Pedagogia da Alternância, Formação Inicial em Educação do Campo, Teoria e prática.

 

The Pedagogy of Alternation in degree in Rural Education: look at academic productions        

ABSTRACT. This article had as objective to investigate how has been discussed the Pedagogy of Alternation in the Degree in Rural Education, in the academic productions. To this end, a bibliographic study was carried out on the history of the Undergraduate Courses in Countryside Education and Pedagogy of Alternation, and later the mapping of academic productions in the Thesis and Dissertation Bank of the Coordination for the Higher Level (CAPES). The methodological resource used was the Discursive Textual Analysis (DTA), organized into three components: unitarization, categorization and metatext. The analyzes allowed to identify how has been discussed the Alternating Regime, in the initial formations in Countryside Education, according to the academic productions analyzed.

Keywords: Pedagogy of Alternation, Initial Formation in Countryside Education, Theory and Practice.

 

La Pedagogía de la Alternancia en las licenciaturas en Educación del Campo: mirada sobre las producciones académicas

RESUMEN. Este trabajo tiene como objetivo investigar cómo se está discutiendo la Pedagogía de la Alternancia en las Licenciaturas en Educación del Campo, en las producciones académicas. Para eso, en un primer momento, se realizó un estudio bibliográfico de los históricos de las Licenciaturas en Educación del Campo y de la Pedagogía de la Alternancia, y posteriormente el mapeo de las producciones académicas en el Banco de Tesis y Disertaciones, de la Coordinación de Perfeccionamiento de Personal de Nivel Superior (CAPES). El recurso metodológico utilizado fue el Análisis textual Discursivo (ATD), organizado en tres componentes: unitarización, categorización y metatexto. Los análisis permitieron identificar cómo se está discutiendo el Régimen de Alternancia, en las formaciones iniciales en Educación del Campo, según las producciones académicas analizadas.

Palabras clave: Pedagogía de la Alternancia, Formación Inicial en Educación del Campo, Teoría y práctica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tamine Santos Saul, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Licenciada em Ciências Biológicas (IFFAR, 2014), Especialista em Educação do Campo e Agroecologia (IFFRAR, 2017). Professora de Ciências na Rede Marista de ensino, e, estudante de pós-graduação/mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (2018, UFSM). Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Educação em Ciências em Diálogo, e do Grupo de Pesquisa: Ética, Epistemologia e Formação de Professores.

Ricardo Antonio Rodrigues, Instituto Federal Farroupilha - IFFarroupilha

Pós-Doutorado em Filosofia, Ética e Filosofia Política (UFPEL, 2013). Doutor em Filosofia, Metafísica e Epistemologia (PUCRS, 2011). Mestrado em Filosofia, Ética e Filosofia Social (UNISINOS, 2003). Especialização em Metodologia do Ensino, Interdisciplinaridade (UPF, 1999). Licenciado em Filosofia (Sociologia e Psicologia). Docente de Filosofia no Instituto Federal Farroupilha-Campus              Jaguari. Professor                do Quadro Permanente e Coordenador     do Mestrado  Profissional em Educação Profissional e Tecnológica - IFFar - Polo Campus Jaguari. Líder do Grupo de Pesquisa Ética, Epistemologia e Formação de Professores para a Educação Profissional e Tecnológica.

Neiva Maria Frizon Auler, Instituto Federal Farroupilha - IFFarroupilha

Doutora em Produção Vegetal (UFSM, 2004). Mestre em Recursos Genéticos Vegetais (UFSC, 2000). Licenciada em Biologia pela (URI/UNISC- 1992). Professora do Instituto Federal Farroupilha (IFFar) - Campus São Vicente do Sul e do Quadro Permanente do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica - Polo Campus Jaguari. Editora chefe da revista de Ciência e Inovação do IFFar.

Referências

Almeida, A. L., & Chamon, É. M. Q. O. (2012). Educação do campo: o estado da arte de teses produzidas entre 2001 a 2011. In Anais do Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades (pp. 1-18). Niterói, RJ.

Anjos, M. P. (2015). Institucionalização da formação superior em Educação do Campo: Materialização dos princípios na licenciatura. Educação em Perspectiva, 6(2), 356-377. Doi: https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v6i2.645

Resolução CNE/CEB 1, de 2 de Fevereiro de 2006. (2006). Dias letivos para a aplicação da Pedagogia da Alternância nos Centros Familiares de Formação por Alternância (CEFFA).

Brasil. (2012). Educação do Campo: marcos normativos. Brasília: Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão – SECADI.

Caderno do IV Seminário da Licenciatura em Educação do Campo. (2014). In Seminário Nacional da Licenciatura em Educação do Campo (pp. 1-132). Belém, Pará.

Edital nº 268/2015, de 22 de Julho de 2015. Processo Seletivo para os cursos de Pós-Graduação lato sensu do Instituto Federal Farroupilha 2015/II. Recuperado de: http://w2.iffarroupilha.edu.br/site/midias/arquivos/2015761129182edital_n%C2%BA_268_2015_processo_seletivo_para_os_cursos_de_pos-graduacao_jaguari_e_santo_augusto.pdf

Ferreira, M. (2014). Comunicação e tecnologias da informação na formação de educadores para ampliação das perspectivas críticas dos sujeitos na Licenciatura em Educação do Campo da UNB (Tese de Doutorado). Universidade Federal de Brasília, Brasília.

Freire, P. (2014a). Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra.

_______, P. (2014b). Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra.

Frigotto, G. (2012). Educação Omnilateral. In Caldart, R. S., Pereira, I. B., Alentejano, P., & Frigotto, G. (Orgs.). Dicionário da Educação do Campo (pp. 265-272). Rio de Janeiro, RJ, São Paulo, SP: Expressão Popular.

Hudler, T. G. R. S. (2015). Em questão: os processos investigativos na formação inicial de educadores do campo – área de ciências da natureza e matemática (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina.

Ilha, G. C. (2014). O Diálogo entre a Formação Tecnocientífica e a Humanística na Educação Tecnológica: uma Problematização a partir do Estudo de Caso do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da UFSM (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul.

Magoga, T. F. (2017). Abordagem temática na educação em ciências: um Olhar à luz da epistemologia fleckiana (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul.

Molina, M. C. (2015). Expansão das licenciaturas em Educação do Campo: desafios e potencialidades. Educar em Revista, (55), 145-166. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/0104-4060.39849

Molina, M. C., & Sá, L. M. (2012). Licenciatura em Educação do Campo. In Caldart, R. S., Pereira, I. B., Alentejano, P., & Frigotto, G. (Orgs.). Dicionário da Educação do Campo (pp. 265-272). Rio de Janeiro, RJ, São Paulo, SP: Expressão Popular.

Moraes, R., & Galiazzi, M. C. (2011). Análise textual discursiva. Ijuí, Rio Grande do Sul: Editora Unijuí.

Novais, E. S. P. (2015). Contribuições da Abordagem Temática Freireana para o Ensino de Ciências de uma escola do campo de Iguaí/BA (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual de Santa Cruz, Bahia.

Sául, T. S., & Rodrigues, R. A. (2016). A Importância da Pedagogia da Alternância para a Educação do Campo. In Mobrec (pp. 1-8). Santa Maria, RS.

Silva, M. D. S. (2013). Concepções e práticas dos sujeitos envolvidos nos cursos de Licenciatura em Educação do Campo no polo de Castanhal/PA (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Pará, Pará.

Teixeira, E. S., Bernartt, M. L., & Trindade, G. A. (2008). Estudos sobre Pedagogia da Alternância no Brasil: revisão de literatura e perspectivas para a pesquisa. Educação e Pesquisa, 34(2), 227-242. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022008000200002

Teles, A. M. O. (2015). Por uma pedagogia com foco no sujeito: um estudo na Licenciatura em Educação do Campo (Tese de Doutorado). Universidade Federal de Brasília, Brasília.

Zonta, E. M., Trevisan, F., & Hillesheim, P. (Orgs.). (2010). Pedagogia da Alternância e Agricultura Familiar/Poesias. Frederico Westphalen, RS: URI/FW.

Publicado
2019-04-24
Como Citar
Saul, T. S., Rodrigues, R. A., & Auler, N. M. F. (2019). A Pedagogia da Alternância nas licenciaturas em Educação do Campo: olhar sobre as produções acadêmicas. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 4, e5541. https://doi.org/10.20873/uft.rbec.v4e5541
Seção
Artigos / Articles / Artículos