Pedagogia da Alternância proposta de formação: Casa Familiar do município de Coronel Vivida - PR

Resumo

A pesquisa teve como escopo analisar a formação dos alunos da Casa Familiar Rural (CFR) no município de Coronel Vivida – PR, fundamentada na Pedagogia da Alternância (PA) no ano de 2016, identificando limites e desafios da sua efetivação na inserção do aluno na propriedade rural. Os sujeitos da pesquisa totalizam 08 (oito) alunos e suas respectivas famílias. O estudo foi realizado através da abordagem qualitativa fundamentada no método do materialismo dialético e os elementos de investigação consistiram na pesquisa bibliográfica e documental. O processo de busca e análise possibilitou refletir a proposta da PA desenvolvida na CFR, propiciando constatar potencialidades e limitações desta prática formativa. Nos resultados, destacamos como avanços o número reduzido de alunos por turma, o período integral de estudos e o atendimento personalizado desenvolvido pelos monitores e professores. No que se refere às condições limitadoras, ressaltamos a precária prática na propriedade familiar dos conhecimentos apreendidos, a estrutura física fragilizada e sua adequação a distintas vertentes teóricas que não tomam o trabalho como princípio educativo, produzindo uma prática adaptável à conjuntura social vigorante.

Palavras-chave: Pedagogia da Alternância, Casa Familiar Rural, Formação.

 

The Pedagogy of Alternation training proposal: Family House of the municipality of Coronel Vivida - PR

ABSTRACT. The research aimed to analyze the scope of training Rural Family House (RFH) in the city of Coronel Vivida-PR based on Pedagogy of Alternation (PA) in the year 2016, identifying limits and challenges of your effectiveness on insertion of the young on the property rural. The subject of research totaling 08 (eight) young people and their families. The study was conducted through a qualitative approach based on the method of dialectical materialism, the elements of the research consisted in bibliographical and documentary research. The process of search and analysis, made possible to reflect the proposal of PA, developed in the RFH, observing potentialities and limitations of this formative practice. In the results, highlight as advances the reduced number of students per class, the full-time study, and the personalized attendance developed by the instructors and teachers. As regards the limiting conditions, the precarious practice in family ownership knowledge acquired, the weakened physical structure, and its adequacy to different theoretical aspects that do not understand work as an educational principle producing a practice that is adaptable to the current social situation.

Keywords: Pedagogy of Alternation, Rural Family House, Formation.

 

La Pedagogía de la Alternancia propuesta de formación: Casa de la Familia del municipio de Coronel Vivida - PR

RESUMEN. La investigación orientada a analizar el alcance de la capacitación Casa de la Familia Rural (CFR) en el ciudad de Coronel Vivida-PR basado en Pedagogía de la Alternancia (PA) en el año 2016, identificar límites y los desafíos de su eficacia en la inserción de los jóvenes en la propiedad rural. El tema de investigación por un total de 08 (ocho) jóvenes y sus familias. El estudio se realizó a través de un enfoque cualitativo basado en el método del materialismo dialéctico, los elementos de la investigación consistieron en la investigación bibliográfica y documental. El proceso de búsqueda y análisis hizo posible reflejar la propuesta de la PA  desarrollada en la CFR, constatando potencialidades y limitaciones de esta práctica formativa. En los resultados, destacamos como avances el número reducido de alumnos por clase, el período integral de estudios, y lo atendimiento personalizado desarrollado por los monitores y profesores. En lo que se refiere a las condiciones limitadoras, la precaria práctica en la propiedad familiar de los conocimientos aprehendidos, la estructura física fragilizada, y su adecuación a distintas vertientes teóricas que no toman el trabajo como principio educativo, produciendo una práctica adaptable a la coyuntura social vigorante.

Palabras clave: Pedagogía de la Alternancia, Casa de la Familia Rural, Formación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yolanda Zancanella, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Ciências Humanas de Francisco Beltrão (1997), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007) e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2011). Atualmente é professor adjunto na Universidade Estadual do Oeste do Paraná Curso de graduação em Pedagogia e no Mestrado em Educação - Campus de Francisco Beltrão. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação do Campo ,atuando principalmente nos seguintes temas: educação do campo, formação de educadores do campo, didática e educação.

Andréia Aparecida Detogni, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE

Mestra pelo programa de Pós Graduação Mestrado em Educação - Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE - Francisco Beltrão. Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2004). - UNICENTRO; Especialista em Docência do Ensino Superior pela Universidade Estadual do Centro - Oeste (2007) - UNICENTRO; Especialista em Mídias na Educação pela Universidade Estadual do Centro - Oeste (2012) - UNICENTRO; Especialista em Gestão Educacional: Organização Escolar e Trabalho Pedagógico pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2013) - UEPG; Especialista em Educação do Campo pela Universidade Federal do Paraná (2014) - UFPR; Técnico em Biblioteconomia pela SEED - Secretaria Estadual da Educação do PR (2011); Atua como Técnico Administrativo - Secretaria Estadual de Educação - SEED. Proficiente em Leitura em Língua Estrangeira Espanhola.

Referências

Caldart, R. S., Pereira, I. B., Alentejano, P., & Frigotto. (2012). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, RJ: Expressão Popular.

Colossi, N., & Estevam, D. O. (2003). Casas Familiares Rurais: Uma alternativa para a formação de jovens agricultores. Revista de Administração da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, 3(2), 15-42.

Freitas, L. (2011). Formação de quadros técnicos ou formação geral? Riscos de um falso dilema para o MST. In Vendramini, C. R., & Machado, F. I, (Orgs.). Escola e movimento social: experiências em curso no campo brasileiro (pp. 109-132). São Paulo, SP: Expressão Popular.

Gimonet, J. C. (2007). Praticar e compreender a Pedagogia da Alternância dos CEFFAs. Petrópolis, RJ: Vozes, Paris: AIMFR – Associação Internacional dos Movimentos Familiares e Formação Rural.

IBGE. (2010). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

IBGE. (2000). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

IBGE. (1991). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

IBGE. (1980). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

IBGE. (1970). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

IBGE. (1960). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

IBGE. (1950). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Recuperado de www.ibge.gov.br

Instituto Souza Cruz. (s./d.). Educação para a sustentabilidade do campo. Rio de Janeiro, RJ. Recuperado de http://www.institutosouzacruz.org.br/groupms/sites/INS_8BFK5Y.nsf/vwPagesWebLive/DO8U4Q3N?opendocument

Instrução Conjunta n. 001 de 23 de maio de 2016. (2016, maio). Secretaria de Estado da Educação. Curitiba, 29 nov. 2010. Recuperado de http://www.educacao.pr.gov.br/arquivos/File/instrucoes/instrucao_conjunta0012010.pdf

IPARDES. (2016). Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. Caderno Estatístico, Município de Coronel Vivida, PR.

Kuenzer, A. Z. (1989). O trabalho como princípio educativo. Caderno de Pesquisa, 68, 21-28. Recuperado de http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/cp/arquivos/826.pdf

Molina, M. C. (2015). Prefácio. In Leão, G., & Antunes-Rocha, M. I. (Orgs.). Juventudes do campo. (pp. 13-16). Belo Horizonte, MG: Autêntica.

Parecer CEE/CEMEP n. 595 de 16 de setembro de 2014. (2014, setembro). Pedido de renovação do reconhecimento do Curso Técnico em Alimentos, na Casa Familiar Rural de Coronel Vivida, município de Coronel Vivida, PR. Recuperado de http://www.cee.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/Pareceres_2014/CEMEP/pa_cemep_595_14.pdf

Parecer CNE/CEB n. 1, de 02 de Fevereiro de 2006. (2006, 01 de fevereiro). Dispõe sobre dias letivos para a aplicação da Pedagogia de Alternância nos Centros Familiares de Formação por Alternância (CEFFA). Recuperado de http://pronacampo.mec.gov.br/images/pdf/mn_parecer_1_de_1_de_fevereiro_de_2006.pdf

Regimento Escolar. (1997). Regimento Escolar da Casa Familiar Rural de Coronel Vivida-PR, CGC 97515493/0001-86.

Ribeiro, M. (2013). Movimento camponês, trabalho e educação: Liberdade, autonomia, emancipação - Princípios/fins da formação humana (2ª ed.). São Paulo, SP: Expressão Popular.

Sader, E. (2008). Prefácio. In Mészáros, I. (Org.). A educação para além do capital. (pp. 15-19). São Paulo, SP: Boitempo.

Saviani, D., & Duarte, N. (2012). Pedagogia histórico-crítica e luta de classes na educação escolar. Campinas, SP: Autores Associados.

Silva, J. G. (2001). Velhos e novos mitos do rural brasileiro. Estudos avançados. Estudos Avançados, 15(43), 37-50. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/ea/v15n43/v15n43a05.pdf

Silva, T. L. (2014). Juventude rural organizada no enfrentamento ao êxodo: O caso da associação dos colonos ecologistas da Região de Torres – ACERT, RS/Brasil. In Menezes, M. A., Stropasolas, V. L., & Barcellos, S. B. (Orgs.). Juventude rural e políticas públicas no Brasil. (pp. 155-163). Brasília. NEAD/MDA/IICA.

Zago, N. (2016). Migração rural-urbana, juventude e ensino superior. Revista Brasileira de Educação, 21(64), 61-78. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782016216404

Publicado
2019-04-24
Como Citar
Zancanella, Y., & Detogni, A. A. (2019). Pedagogia da Alternância proposta de formação: Casa Familiar do município de Coronel Vivida - PR. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 4, e4936. https://doi.org/10.20873/uft.rbec.v4e4936
Seção
Artigos / Articles / Artículos