Desvelando cercas: um olhar sobre a Educação do Campo no Sudeste do Tocantins

  • Thiago Ferreira dos Santos Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Idemar Vizolli Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Adriana Demite Stephani Universidade Federal do Tocantins - UFT http://orcid.org/0000-0001-6622-7097
Palavras-chave: Educação do Campo, Educação do campo, Escolas Rurais, Escolas do campo, Campo, Tocantins., Tocantins

Resumo

Vivemos numa época de mudanças na política, economia, ciência e tecnologia, o que tem gerado profundas transformações no modo de viver na sociedade. No entanto, o passado de abandono e isolamento no que tange a investimentos, infraestrutura e valorização ainda é latente em muitas escolas do espaço rural, o que demanda um olhar mais atento e crítico e a ampliação de pesquisas sobre essa questão. Assim, o presente estudo tem como objetivo mapear a realidade das escolas rurais das regionais de ensino de Arraias e Dianópolis localizadas no Sudeste do Tocantins, analisando sua atual situação. Para tanto, fez-se uso da pesquisa documental com uma abordagem predominantemente qualitativa para o trato e coleta de dados e informações disponíveis no acervo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Secretaria de Estado da Educação do Tocantins (SEDUC) e Ministério da Educação e Cultura (MEC). Além desses documentos, alguns autores embasaram nossas discussões sobre Educação do Campo: Arroyo, Caldart e Molina (2004), Caldart (2012), Kolling, Nery e Molina (1999), Nunes (2016), entre outros. Os resultados apontaram que ainda são frágeis as condições de atendimento educacional às populações que vivem no e do campo nas regionais estudadas, mesmo ante a ampliação das políticas públicas voltadas ao atendimento dos campesinos.

Palavras-chave: Educação do Campo, Escolas Rurais, Campo, Tocantins.

 

Unveiling fences: a look at the Rural Education in the Southeast of Tocantins

ABSTRACT. We live in a time of changes in politics, economics, science and technology, which has generated profound changes in the way of living in society. However, the past of abandonment and isolation regarding investments, infrastructure and valuation is still latent in many rural schools, which demands a closer and critical look and the expansion of research on this issue. Thus, the present study aims to map the reality of the rural schools of the regional schools of Arraias and Dianópolis located in the Southeast of Tocantins, analyzing their current situation. In order to do so, we used documentary research with a predominantly qualitative approach to the treatment and collection of data and information available in the collection of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), State Secretariat of Education of Tocantins (SEDUC) and Ministry Education and Culture (MEC). In addition to these documents, some authors have based our discussions on Field Education: Arroyo, Caldart and Molina (2004), Caldart (2012), Kolling, Nery and Molina (1999), Nunes (2016), among others. The results pointed out that the conditions of educational assistance to the populations living in the countryside are still fragile in the regions studied, even in the face of the expansion of public policies aimed at assisting peasants.

Keywords: Rural Education, Rural Schools, Countryside, Tocantins.

 

Develación vallas: una mirada a la Educación del Campo en el Sureste de Tocantins

RESUMEN. Vivimos en una época de cambios en la política, la economía, la ciencia y la tecnología, que ha generado cambios profundos en la manera de vivir en sociedad. Sin embargo, el pasado de abandono y aislamiento con respecto a las inversiones, la infraestructura y la recuperación es todavía latente en muchas escuelas en las zonas rurales, lo que exige una mirada más cercana y la expansión de la crítica y la investigación en este tema. Por lo tanto, este estudio pretende trazar un mapa de la realidad de las escuelas rurales de rayas y regional de la escuela Dianópolis ubicados en el sureste de Tocantins, el análisis de su situación actual. Por lo tanto, se hizo uso de la investigación documental con un enfoque cualitativo para el tratamiento y la recolección de los datos y la información disponible en la colección de Geografía y Estadística (IBGE) del Instituto Brasileño, Secretario de Estado de Tocantins Educación (SEDUC) y el Ministerio educación y Cultura (MEC). Además de estos documentos, algunos autores embasaram nuestras discusiones sobre Educación Rural: Arroyo, Caldart y Molina (2004), Caldart (2012), Kolling, Nery y Molina (1999), Nunes (2016), entre otros. Los resultados demostraron que siguen siendo frágiles condiciones de los servicios educativos a las personas que viven en el campo y en el estudio regional, incluso antes de la expansión de las políticas públicas destinadas a satisfacer los campesinos.

Palabras clave: Educación Rural, Las Escuelas Rurales, El Campo, Tocantins.                                                                                                                                                                                              

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Ferreira dos Santos, Universidade Federal do Tocantins - UFT

Mestrando do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade Federal do Tocantins e graduado em Pedagogia pela mesma universidade.

Idemar Vizolli, Universidade Federal do Tocantins - UFT

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Paraná. Professor Adjunto da Universidade Federal do Tocantins e membro do corpo docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da mesma universidade.

Adriana Demite Stephani, Universidade Federal do Tocantins - UFT

Doutora em Literatura pela Universidade de Brasília. Professora Adjunta da Universidade Federal do Tocantins e Coordenadora do curso de Pedagogia (Campus de Arraias) da mesma universidade.

Referências

Alves, G. L. (Org.). (2009). Educação no campo recortes no tempo e no espaço. Campinas, SP: Autores Associados.

Arroyo, M. G., Caldart, R. S., & Molina, M. C. (Org.). (2004). Por uma educação do campo. Petrópolis, RJ: Vozes.

Brasil. (1996). Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Recuperado em 02 de setembro, 2016, de http://www.planalto.gov.br.

_______. (2002). Resolução CEB/MEC nº 001, de 03 de abril de 2002. Institui Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas escolas do campo. Recuperado em 06 de setembro, 2016, de http://www.portal.mec.gov.br.

_______. (2010). Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Escola Ativa – Projeto Base. Brasília.

_______. (2015). Caderno Territorial – Sudeste do Tocantins/CGMA. Brasília.

_______. (2016). Ministério da Educação. Pacto Nacional pela Alfabetização em Idade Certa. Brasília. Recuperado em 09 de novembro, 2016, de http://pacto.mec.gov.br/2-uncategorised/53-entendento-o-pacto.

Caldart, R. S. (2012). Educação do Campo. In Caldart, R.S., Pereira, I. B., Alentejano, P., & Frigotto, G. (Org.). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular.

Godoy, A. S. (1995). Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. RAE - Revista de Administração de Empresas, 35(2), 57-63.

Kolling, E. J., Nery, I., & Molina, M. C. (1999). Por uma educação básica do campo (memória). Brasília: Articulação Nacional por uma Educação do Campo.

Nunes, K. C. S. (2016). Cenário da educação do Campo no Estado do Tocantins. Espaço do Currículo, 9(2), 328-340.

Oliveira, L. M. T., & Campos, M. (2012). Educação Básica do Campo. In Caldart, R. S., Pereira, I. B., Alentejano, P., & Frigotto, G. (Orgs.). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular.

Tocantins. (2012). Secretaria de Estado de Educação, Juventude e Esportes. Programa Circuito Campeão. Recuperado em 09 de novembro, 2016, de http://www.planalto.gov.br.

____________. (2015). Secretaria de Estado de Educação, Juventude e Esportes. Censo Escolar da Educação Básica. Palmas.

Nobre, M. (2004). A Teoria Crítica. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor.

Tapscott, D., & Williams, A. D. (2006). Wikinomics. New York: Portfolio.

Vasconcelos, M. L. M. C., & Brito, R. H. P. (2006). Conceitos de educação em Paulo Freire. Petrópolis: Vozes.

Venâncio, R. D. O. (2007). Difusão Metropolitana e Divulgação Científica. São Paulo: Plêiade.

Venâncio, R. D. O. (2010). Massificação e Jornalismo. (Dissertação de Mestrado). Universidade de São Paulo.

Venâncio, R. D. O. (2013). Jogo Lógico e a Gramática do Rádio. (Tese de Doutorado). Universidade de São Paulo.

Wright Mills, C. (1981). A Elite do Poder. Rio de Janeiro: Zahar.

Publicado
2016-12-13
Como Citar
dos Santos, T. F., Vizolli, I., & Stephani, A. D. (2016). Desvelando cercas: um olhar sobre a Educação do Campo no Sudeste do Tocantins. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 1(2), 381-401. https://doi.org/10.20873/uft.2525-4863.2016v1n2p381
Seção
Artigos / Articles / Artículos