Casa Familiar Rural de Coronel Vivida - PR: desafios da formação continuada em Pedagogia da Alternância

Palavras-chave: Pedagogia da Alternância, Casa Familiar Rural, Formação de Professores e Monitores

Resumo

O trabalho apresenta resultados da pesquisa que objetivou compreender e analisar a formação continuada dos professores e monitores relacionada à pedagogia da alternância e como ela tem contribuído para a prática profissional. Foram sujeitos da pesquisa três professores cedidos pela Secretaria do Estado de Educação (SEED) e três monitores de nível superior, subsidiados pela ARCAFAR/SUL (Associação Regional das Casas Familiares Rurais do Sul do Brasil). Para a coleta de dados utilizamos um questionário com perguntas abertas e fechadas. O processo de análise partiu das questões evidenciadas pelos professores e monitores, buscando conhecer: quais cursos de formação continuada sobre a pedagogia da alternância que eles têm participado?  Como isso tem influenciado em sua prática? Como compreendem a pedagogia da alternância? A pesquisa bibliográfica fundamentou as reflexões sobre formação de professores e a pedagogia da alternância, com o aporte teórico de autores como Borges (2012), Caldart (2013), Ribeiro (2013) e Manacorda (2007). Com este trabalho concluímos que professores e monitores não tiveram em sua formação superior momentos que contemplassem a pedagogia da alternância, que a formação continuada oferecida para ambos os grupos é insuficiente, insatisfatória ou mesmo inexistente.

Palavras-Chaves: Pedagogia da Alternância, Casa Familiar Rural, Formação de Professores e Monitores.   

 

Rural Home Familiar of Coronel Vivida - PR: challenges of continuous formation in the pedagogy of alternation

Abstract

This investigation aimed to comprehend and evaluate the continuous education for teachers and monitors related to PEDAGOGIA DA ALTERNANCIA  and how this education contributes to the professional practice. We interviewed three teachers assigned by SEED and three monitors with graduation level, assigned by ARCAFAR/SUL. In order to collect data, we used a questionnaire with open and closed questions. Evaluation regarding continuous education for teachers and monitors included questions regarding: Courses about PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA taken by these professionals? How these courses changed their everyday practice? How they understand the PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA? The bibliographic research worked and base for the reflections, including the theory by authors like Borges 2012; Caldart, 2013; Ribeiro, 2013 and Manacorda 2007. In summary, we found teachers and monitors graduation courses did not include teaching about PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA, the continuous education offered to teachers and monitors is not enough, is not satisfactory or do not exist.

Keywords: Pedagogy of Alternation, Rural Family House, Teachers and Monitors Formation.

 

Casa Familiar Rural de Coronel Vivida - PR: Desafíos de la formación continua en la Pedagogía de la Alternancia

Resumen

El trabajo presenta los resultados de la investigación dirigida a la comprensión y análisis de la formación continua de los profesores y monitores relacionados con la pedagogía de la alternancia y la forma en que ha contribuido para su práctica profesional. Los sujetos de la investigación han sido tres profesores vinculados a Secretaría de Estado de Educación (SEED) y tres monitores de nivel superior, subvencionados por la ARCAFAR/SUL (Asociación Regional de las casas de las familias rurales en el sur de Brasil). Fueron utilizados un cuestionario con preguntas abiertas y cerradas para conocer y comprender: El qué cursos de formación continua en la pedagogía de la alternancia que han participado ¿Cómo ha influido en su práctica y forma de entender la alternancia¿ La investigación bibliográfica fundamentó las reflexiones en autores como Borges (2012), Caldart (2013), Ribeiro (2013) y Manacorda (2007). En este trabajo se ha concluido que profesores y monitores no habrían tenido en su formación superior momentos que hubieron contemplado la pedagogía de la alternancia, que la continua formación que se ofrece a ambos grupos es insuficiente, a veces insatisfactoria o inexistente.

Palavras-Claves: Pedagogia de la Alternancia, Casa Familiar Rural, Formación de Profesores y Monitores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Borges, I. S. et al. (2012). A pedagogia da alternância praticada pelos CEFFAs. In Antunes-Rocha, M. I., Martins, M. F. A., & Martins, A. A. (Orgs.). Territórios educativos na educação do campo: escola, comunidade e movimentos sociais (p. 37-56). Belo Horizonte, BH: Autêntica.

Braga, D. R. (2008). O conhecimento, a práxis e a formação humana na perspectiva sócio-histórica em sua relação com a educação e a formação de professores. In Anais do 7º Congresso Nacional de Educação EDUCERE (p. 4336-4347). Curitiba, PR. Disponível em: < http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2008/anais/pdf/403_446.pdf>.

Caldart, R. S. et al. (2012). Dicionário da educação do campo. Rio de Janeiro, RJ: Expressão Popular.

Caldart, R. S. (2012). Intencionalidade na formação de educadores do campo: reflexões desde a experiência do curso “Pedagogia da Terra da Via Campesina”. In Antunes-Rocha, M. I; Martins, M. F. A. & Martins A. A. (Orgs.). Territórios educativos na educação do campo: Escola, comunidade e movimentos sociais (p. 119-142). Belo Horizonte, BH: Autêntica.

Chaves, K. M., & Foschiera, A. A. (2014). Práticas de Educação do Campo no Brasil: Escola Família Agrícola, Casa Familiar Rural e Escola Itinerante. Revista Pegada, 15(2), 76-94. Disponível em: <http://revista.fct.unesp.br/index.php/pegada/article/viewFile/3192/2810>.

Conceição, D. (2010). A Formação Continuada de Professores para a Afirmação dos Direitos dos Povos do Campo à Educação: uma análise da experiência do Programa Saberes da Terra da Amazônia Paraense (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual do Pará, Belém.

Ghedin, E. (2012). Perspectivas sobre a identidade do educador do campo. In Ghedin, Educação do campo: epistemologia e práticas (p. 25-28). São Paulo, SP: Cortez.

IBGE. (2016). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. [On-line]. Retirado de endereço eletrônico. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/apps/snig/v1/?loc=0&cat=-1,1,2,-2,-27,114,128&ind=4741>.

Manacorda, M. A. (2007). Marx e a pedagogia moderna. São Paulo, SP: Alínea.

MEC. (2016). Ministério da Educação. [On-line]. Retirado de endereço eletrônico. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/plano-nacional-de-formacao-de-professores/censo-do-professor>.

Plano de Implantação / Curso. Primeiro Grau Supletivo, função qualificação em agricultura nº. 2.843.062-0. Núcleo Regional de Educação de Pato Branco – Sistema integrado de documentos.

Ribeiro, M. (2013) Movimento camponês - trabalho e educação: Liberdade, autonomia, emancipação - princípios/fins da formação humana. São Paulo, SP: Expressão Popular.

Santos, R. B., & Bueno, M. C. (2013). Educação do campo e pedagogia da alternância na formação do professor. Revista de História da UNIABEU, 3(4), 125-141. Disponível em: <http://www.uniabeu.edu.br/publica/index.php/reconcavo/article/view/1034>.

Souza, A. S. D., & Mendes, G. C. (2012). O trabalho docente do educador do campo e a pedagogia da alternância: elementos para reflexão e discussão. In Ghedin. Educação do campo: epistemologia e práticas (p. 251-269). São Paulo, SP: Cortez.

Vilhena Júnior, W. M., & Mourão, A. R. B. (2012). Políticas públicas e os movimentos sociais por uma educação do campo. In Ghedin. Educação do campo: epistemologia e práticas (p. 169-192). São Paulo, SP: Cortez.

Publicado
2016-08-03
Como Citar
Detogni, A. A., & Zancanella, Y. (2016). Casa Familiar Rural de Coronel Vivida - PR: desafios da formação continuada em Pedagogia da Alternância. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 1(1), 47-70. https://doi.org/10.20873/uft.2525-4863.2016v1n1p47
Seção
Artigos / Articles / Artículos