A difusão do associativismo rural no município de Quixeramobim: a experiência do Projeto São José

Resumo

O artigo analisou a experiência de associativismo rural em Quixeramobim, Ceará, financiado pelo Projeto São José (PSJ). O PSJ tem como missão combater a pobreza rural e melhorar as condições de vida das populações mais carentes apoiando subprojetos para pequenos produtores rurais organizados em associações comunitárias. Observou-se como são implementadas e negociadas as estratégias participativas dos atores sociais nas diferentes etapas do projeto – formulação, implementação e avaliação. A pesquisa pautou-se pelo estudo de caso realizado no município de Quixeramobim, Ceará. Assim, escolheu-se uma amostra representativa de quatro associações comunitárias na localidade: duas com nível de participação comunitária considerada exitosa e outras duas com grau de participação insatisfatório. Pelo exposto, o estudo questionou a sustentabilidade e a participação do tipo presencial e/ou passiva. Além disso, a experiência revelou certo controle de cima para baixo, de modo que as demandas comunitárias nem sempre eram/são consideradas e respeitadas quando aprovadas na própria base social. Dito isso, é possível dizer que o processo de paternalismo e clientelismo político na liberação das demandas comunitárias não cessaram.

Palavras-chave: associativismo, participação, sustentabilidade.

 

The dissemination of rural associativism in the municipality of Quixeramobim: the experience of the São José Project

ABSTRACT. The article analyzed the experience of rural associations in Quixeramobim, Ceará, financed by the São José Project (PSJ). The PSJ's mission is to fight rural poverty and improve the living conditions of the poorest populations by supporting subprojects for small rural producers organized in community associations. It was observed how the participatory strategies of social actors are implemented and negotiated in the different stages of the project – formulation, implementation and evaluation. The research was based on the case study carried out in the city of Quixeramobim, Ceará. Thus, a representative sample of four community associations in the locality was chosen: two with a level of community participation considered successful and another two with an unsatisfactory level of participation. For these reasons, the study questioned the sustainability and participation of the face-to-face and/or passive type. In addition, the experience revealed a certain top-down control, so that community demands were/are not always considered and respected when approved in the social base itself. That said, it is possible to say that the process of paternalism and political patronage in the release of community demands has not ceased.

Keywords: associations, participation, sustainability.

 

La difusión del asociativismo rural en el municipio de Quixeramobim: la experiencia del Proyecto São José

RESUMEN. El artículo analiza la experiencia de las asociaciones rurales de Quixeramobim, Ceará, financiadas por el Proyecto São José (PSJ). La misión del PSJ es combatir la pobreza rural y mejorar las condiciones de vida de las poblaciones más pobres mediante el apoyo a subproyectos para pequeños productores rurales organizados en asociaciones comunitarias. Se observó cómo las estrategias participativas de los actores sociales se implementan y negocian en las diferentes etapas del proyecto - formulación, implementación y evaluación. La investigación se basó en el estudio de caso realizado en la ciudad de Quixeramobim, Ceará. Así, se eligió una muestra representativa de cuatro asociaciones comunitarias de la localidad: dos con un nivel de participación comunitaria considerado exitoso y otras dos con un nivel de participación insatisfactorio. Por estos motivos, el estudio cuestionó la sostenibilidad y participación del tipo presencial y / o pasivo. Además, la experiencia reveló un cierto control de arriba hacia abajo, por lo que las demandas de la comunidad fueron / no siempre consideradas y respetadas cuando fueron aprobadas en la propia base social. Dicho esto, se puede decir que no ha cesado el proceso de paternalismo y clientelismo político en la liberación de demandas comunitarias.

Palabras clave: asociativismo, participación, sustentabilidad.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Cavalcante de Almeida, Instituto Federal do Ceará - IFCE

Doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Pós-Doutorado em Desenvolvimento Regional na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Atualmente é professor de Sociologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará [IFCE] Campus Fortaleza. Foi professor de Sociologia do Instituto Federal Catarinense [IFC] Campus Luzerna, bem como foi docente do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação do Instituto Federal Catarinense [IFC] Campus Camboriú.

Referências

Assis, R. L. de. (2006). Desenvolvimento rural sustentável: perspectivas a partir da integração das públicas e privadas com base na agroecologia. Revista Economia Aplicada, 10(1), 75-89. https://doi.org/10.1590/S1413-80502006000100005

Bursztyn, M. (1984). O Poder dos donos. Petrópolis: Vozes.

Ceará. (199-). Secretaria de Planejamento. Plano de Desenvolvimento Sustentável. Fortaleza.

Ceará. (1998). Perfil Básico Municipal. Quixeramobim. Fortaleza: IPLANCE.

Demo, P. (1995). Cidadania tutelada e cidadania assistida. Campinas: Autores Associados.

Demo, P. (2001). Cidadania pequena. Fragilidades e desafios do associativismo no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados.

Dias, R. et al. (2017). Políticas Públicas: princípios, propósitos e processos. São Paulo: Atlas.

Freire, P. (1980). Comunicação é extensão. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Chizzotti, A. (2000). Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. 4 ed. Cortez: São Paulo.

Guivant, J. S. (1997). Cadernos de Ciências & Tecnologias, Brasília, 14, 411-447.

Pretty, J. N. (1995). Regenerating agriculture: policies and practice for sustainability and self-reliance. Londres: Earthscan.

Reijntjes, C. et al. (1994). Agricultura para o futuro: uma introdução à agricultura sustentável e de baixo uso de insumos externos. Rio de Janeiro: AS-PTA.

Publicado
2022-03-31
Como Citar
Cavalcante de Almeida, A. (2022). A difusão do associativismo rural no município de Quixeramobim: a experiência do Projeto São José. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 7, e12596. https://doi.org/10.20873/uft.rbec.e12596
Seção
Artigos / Articles / Artículos