Êxito social, história de vida e formação de uma mulher de sítio

  • Francinilda Honorato dos Santos Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
  • Ana Lúcia Oliveira Aguiar Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
  • Stenio de Brito Fernandes Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Estado do Rio Grande do Norte

Resumo

Este estudo objetiva compreender como uma mulher de sítio obteve êxito social pelos estudos em sua história de vida e formação, em diálogo dos saberes da experiência com os saberes acadêmicos. É uma pesquisa de abordagem qualitativa, desenvolvida a partir do aporte teórico do método (auto)biográfico com foco nas narrativas de uma mulher de sítio. Apontamos que as contribuições da professora como pensadora e intelectual que orienta para as discussões sobre as experiências de mulheres no campo e as dimensões educativas, (re)significou as memórias da mulher de sítio e reconstruiu os sentidos de sua prática educativa e experiências formativas na relação com o outro na sua trajetória exitosa de estudos para sua formação acadêmica, propiciando o (auto)conhecimento e, em seguida, a (auto)formação. Esta é uma das possibilidades de demonstrar a relevância de histórias de vida de pessoas simples para entender a importância do diálogo, a nível social, dos saberes e trajetórias de vida de mulheres de sítio. Suas lutas, suas conquistas, seus percursos de vida podem somar para a sociedade repensar acerca de projetos e ações, que se reportem a sua inclusão na educação e em outras dimensões sociais.

Palavras-chave: história de vida, saberes da experiência, êxito social, narrativa (auto)biográfica.

 

Social success, life story and formation of a woman the rural               

ABSTRACT. This study aims to understand how a woman the rural achieved social success through studies in her life and formation history, in dialogue between the knowledge of experience and academic knowledge. It is a research with a qualitative approach, developed from the theoretical contribution of the (auto)biographical method with a focus on the narratives on of a woman the rural. We point out that the teacher's contributions as a thinker and intellectual that guides the discussions about the experiences of women in the rural, and the educational dimensions, (re)signified the memories of the woman in rural and reconstructed the senses of her educational practice and formative experiences in relationship with the other in his successful trajectory of studies for his academic formation, providing (auto)knowledge and, then, (auto)formation. This is one of the possibilities to demonstrate the relevance of life stories of simple people to understand the importance of dialogue, in the social sphere, of knowledge and life trajectories of rural women. Their struggles, their achievements, their life trajectories can be added to make society rethink about projects and actions, which are related to their insertion in education and other social dimensions.

Keywords: life's history, knowledge of experience, social success, (auto)biographical narrative.

 

Éxito social, historia de vida y formación de una mujer en el campo

RESUMEN. Este estudio tiene como objetivo comprender cómo una mujer en el campo logró el éxito social a través de estudios en su historia de vida y formación, en diálogo entre el conocimiento de la experiencia y el conocimiento académico. Se trata de una investigación con enfoque cualitativo, desarrollada a partir del aporte teórico del método (auto)biográfico con un enfoque en las narrativas de una mujer en el campo. Señalamos que los aportes de la  profesor como pensadora e intelectual que orienta las discusiones sobre las vivencias de las mujeres en el campo y las dimensiones educativas, (re)significaron las memorias de la mujer del sitio y reconstruyeron los sentidos en su práctica educativa y experiencias formativas en la relación con el otro en su exitosa trayectoria de estudio para su formación académica, aportando (auto)conocimiento y, luego, (auto)formación. Esta es una de las posibilidades de demostrar la relevancia de las historias de vida de personas sencillas para comprender la importancia del diálogo, a nivel social, de los conocimientos y trayectorias de vida de las mujeres rurales. Sus luchas, sus logros, sus trayectorias de vida pueden sumar para que la sociedad se replantee proyectos y acciones, que se relacionan con su inclusión en la educación y otras dimensiones sociales.

Palabras clave: historia de vida, conocimiento de la experiencia, éxito social, narrativa (auto)biográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francinilda Honorato dos Santos, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN

Bacharelado em Teologia pelo Instituto Superior de Teologia Aplicada - INTA. Especialização em Psicopedagogia - INTA. Mestrado em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (POSEDUC) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN. Atualmente é secretária do Curso de Especialização em Educação da Faculdade de Educação – FE/UERN.

Ana Lúcia Oliveira Aguiar, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN

Graduada em História pela Universidade Federal de Pernambuco - UFP. Mestrado em Sociologia pela UFP. Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB e Pós- Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Atualmente, é professora Adjunta IV da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN e Diretora de Políticas e Ações Inclusivas da UERN.

Stenio de Brito Fernandes, Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Estado do Rio Grande do Norte

Graduado em Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.  Especialista em Mídia na Educação pelo Núcleo de Educação a Distância - NEAD/UERN. Mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação – POSEDUC/UERN. Atualmente, é professor perm., nível IV, da Secretaria da Educação e da Cultura do Estado do Rio Grande do Norte - SEEC/RN.

Referências

Bogdan, R., & Biklen, S. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora.

Bondía, J. L. (2002). Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, 19, 20-28. https://doi.org/10.1590/S1413-24782002000100003

Charlot, B. (2014). Da relação com o saber às práticas educativas. São Paulo: Cortez, (Coleção docência em Formação: saberes pedagógicos).

Delory-Momberger, C. (2008). Biografia, Corpo, Espaço. Tendências da pesquisa (auto) biográfica. Natal-RN: EDUFRN; São Paulo: Paulus.

Freire, P. (1969). O Papel da Educação na Humanização. Revista Paz e Terra, Ano IV, (9), 123-132.

Freire, P. (1979). Educação e Mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Josso, M. C. (2007). A transformação de si a partir da narração de histórias de vida. Revista Educação, 3(63), p. 413-438.

Josso, M. C. (2010). Experiências de vida e formação. 2. Ed. São Paulo: Paulus.

Tardif, M. (2012). Saberes docentes e formação profissional. Rio de Janeiro: Vozes.

Publicado
2022-02-13
Como Citar
Honorato dos Santos, F., Oliveira Aguiar, A. L., & de Brito Fernandes, S. (2022). Êxito social, história de vida e formação de uma mulher de sítio. Revista Brasileira De Educação Do Campo, 7, e10644. https://doi.org/10.20873/uft.rbec.e10644
Seção
Artigos / Articles / Artículos