Notícias

DOSSIÊ: POTENCIALIDADES E DESAFIOS REVELADOS PELAS PESQUISAS SOBRE A ATUAÇÃO DOS EGRESSOS DAS LICENCIATURAS EM EDUCAÇÃO DO CAMPO NO BRASIL

2021-04-30

DOSSIÊ:  POTENCIALIDADES E DESAFIOS  REVELADOS PELAS PESQUISAS SOBRE A  ATUAÇÃO DOS EGRESSOS  DAS LICENCIATURAS EM EDUCAÇÃO DO CAMPO NO BRASIL

ORGANIZADORA:

Profa. Dra.  Mônica Castagna Molina (UnB)

A oferta das Licenciaturas em Educação do Campo está prestes a completar quinze anos de existência. Neste período, das quatro experiências piloto até um impar momento de sua ampliação, com o Edital 02 de 2012, quando foram apoiados pelo MEC a criação de 44 cursos permanentes desta nova graduação,  dezenas de turmas foram formadas. De acordo com dados E-Mec, do Ministério da Educação, em 2020 registra-se a oferta de 61 cursos de Licenciatura em Educação do Campo pelas IES brasileiras, sendo dois deles à distância. Este significativo crescimento, foi apoiado também por relevante ampliação da produção do conhecimento sobre esta nova proposta de formação docente, em diferentes áreas acadêmicas. Destaca-se neste processo de produção do conhecimento as pesquisas sobre a atuação da(o)s egresssa(o)s das Licenciaturas em Educação do Campo, com a existência de  trabalhos  de mestrado; doutorado e pesquisas no âmbito do CNPq que investigam esta atuação, perpassando os desafios e as formas como tem se dado  sua inserção nas escolas do campo, seja na docência ou na gestão; os desafios para a promoção de novas formas de organização do  trabalho pedagógico a partir das áreas de conhecimento; bem como os resultados da ação desta(e)s egressos nos processos formativos que excedem os espaços escolares, como  sua atuação nos próprios movimentos sociais e sindicais; nas associações; cooperativas, etc. Considerando a importância das pesquisas sobre a atuação da(o)s egressa(o)s das Licenciaturas em Educação do Campo, tanto nas escolas do Campo, como nas próprias IES que as ofertam, visto muitos destes egressa(o)s estarem já inseridos em cursos de mestrado e doutorado nestas mesmas IES, este Dossiê objetiva promover a socialização em âmbito nacional do precioso resultado destas pesquisas, que apresentam também relevantes desafios a serem enfrentados na continuidade da luta pela garantia do direito à educação dos camponeses, seja no Educação Básica, seja na Educação Superior. 

 

PRAZOS: Envio de Artigos: até 30 de AGOSTO de 2021.

 

OBS.: Condições obrigatórias para o artigo ser avaliado:

  1. Pelo menos um dos autores deve ser doutor(a).
  2. O artigo precisa estar nas normas APA e não ABNT.
  3. Seguir as demais normas e diretrizes da revista (https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/campo/about/submissions).
  4. No ato da submissão, marcar no metadado “Dossiê”.
Saiba mais sobre DOSSIÊ: POTENCIALIDADES E DESAFIOS REVELADOS PELAS PESQUISAS SOBRE A ATUAÇÃO DOS EGRESSOS DAS LICENCIATURAS EM EDUCAÇÃO DO CAMPO NO BRASIL

Edição Atual

v. 6 (2021): Publicação Contínua / Continuous Publication
Publicado: 2021-01-26

Artigos / Articles / Artículos

Ver Todas as Edições

POLÍTICAS

Foco e Escopo da Revista

A Revista Brasileira de Educação do Campo - RBEC, de publicação contínua, publica Artigos originais resultantes de pesquisas teóricas e/ou empíricas, revisões de literatura de pesquisa educacional, Artigos especiais de pesquisadores renomados da área ou de temas relevantes atuais para a educação, Dossiês Temáticos, Ensaios, Entrevistas e Resenhas de temas vinculados à Educação do Campo sob diferentes campos da pesquisa nacional e internacional, como: História da Educação do Campo; Movimentos Sociais; Políticas Públicas; Povos Indígenas e Educação; Formação Docente; Educação de Jovens e Adultos; Didática e Práticas Pedagógicas em Artes e Música; Arte na Educação do Campo; Interculturalidade na Educação do Campo; Pedagogia da Alternância; Questão Agrária e Campesinato; além de temas de outras áreas do conhecimento que dialoguem com a educação do campo. Recebe artigos em fluxo contínuo. ISSN: 2525-4863 | DOI: 10.20873/uft.rbec | Qualis/CAPES 2016: B1 Ensino| B2 Educação

The Brazilian Journal of Rural Education (Countryside Education), continuous publication, publishes original articles resulting from theoretical and/or empirical research thematic, essays and reviews of topics related to the Rural Education (Countryside Education) in different fields of international research, such as the Rural Education (Countryside Education) History; Social Movements; Public Policies; Indigenous Peoples and Education; Teacher Training; Youth and Adult Rural Education (Countryside Education); Didactic and Pedagogical Practices in Arts and Music; Art in Rural Education (Countryside Education); Interculturalism in Rural Education (Countryside Education); Pedagogy of Alternation; Land Reform and Peasantry.

La Revista Brasileña de la Educación Rural, publicación continua, publica artículos originales resultantes de teóricos, empírica, Artículo Temático; Ensayos, Entrevistas y Reseñas de temas relacionados con el campo de la educación rural en diferentes campos de la investigación nacional y internacional, tales como: Historia de la Educación Rural; Los Movimientos Sociales; Políticas Públicas; Pueblos Indígenas y la Educación; Formación del Profesorado; la Jóvenes y Adultos Rural; Didácticos y Pedagógicos Prácticas en Artes y Música; Arte en la Educación Rural; Interculturalidad en Educación Rural; Pedagogía de la Alternancia; Cuestión Agraria y Campesinado.

 

AIMS & SCOPE

The Brazilian Journal of Rural Education (Countryside Education), continuous publication, publishes original articles resulting from theoretical and/or empirical research thematic, essays and reviews of topics related to the Rural Education (Countryside Education) in different fields of international research, such as the Rural Education (Countryside Education) History; Social Movements; Public Policies; Indigenous Peoples and Education; Teacher Training; Youth and Adult Rural Education (Countryside Education); Didactic and Pedagogical Practices in Arts and Music; Art in Rural Education (Countryside Education); Interculturalism in Rural Education (Countryside Education); Pedagogy of Alternation; Land Reform and Peasantry.

The Scientific Journal's mission is to be a quality of scientific communication instrument that fosters important debates in the educational field, mainly in the Rural Education (Countryside Education) area of Brazilians and foreign Masters and PhD researchers and students accompanied by their mentors (minimum Doctor title), for scientific progress in the field and for producing knowledge.

Publishes papers in Portuguese, Spanish, French and English. The journal receives manuscripts streaming. It is a Scientific Journal open access, No charges - no fees - of manuscript submission and publication - no APCs.

The abbreviated title of the journal is Rev. Bras. Educ. Camp., Which should be used in bibliographies citing the journal.

 

TEMÁTICA Y ALCANCE

La Revista Brasileña de la Educación Rural, publicación continua, publica artículos originales resultantes de teóricos, empírica, Artículo Temático; Ensayos, Entrevistas y Reseñas de temas relacionados con el campo de la educación rural en diferentes campos de la investigación nacional y internacional, tales como: Historia de la Educación Rural; Los Movimientos Sociales; Políticas Públicas; Pueblos Indígenas y la Educación; Formación del Profesorado; la Jóvenes y Adultos Rural; Didácticos y Pedagógicos Prácticas en Artes y Música; Arte en la Educación Rural; Interculturalidad en Educación Rural; Pedagogía de la Alternancia; Cuestión Agraria y Campesinado.

La misión de la revista es ser un instrumento de calidad de la comunicación científica que promueve debates importantes en el campo de la educación, sobre todo en el ámbito de la Educación Rural de los brasileños y extranjeros maestros e investigadores de doctorado y estudiantes acompañados por sus tutores (titulación mínima doctor), para el progreso científico en el campo y para la producción de conocimiento.

Publica textos en Portugués, Español, Francés e Inglés. La revista recibe manuscritos en continuamente. Es una revista científica abierta y libre, sin pagos de tasas de presentación y publicación de los textos presentados en la revista.

El título abreviado de la revista es Rev. Bras. Educ. Camp., Que debe ser usado en bibliografías, citando la revista.