Notícias

DOSSIÊ: FORMAÇÃO E TRABALHO DOCENTE NO CAMPO E EDUCAÇÃO ESPECIAL: UMA INTERFACE NECESSÁRIA

2020-02-03

DOSSIÊ TEMÁTICO

“FORMAÇÃO E TRABALHO DOCENTE NO CAMPO E EDUCAÇÃO ESPECIAL: UMA INTERFACE NECESSÁRIA”

ORGANIZADORES:

Profª Drª Marily Oliveira Barbosa (UNINASSAU/UFAL)

Profs Dra Ana Paula C. Santos Fernandes (UEPA)

Prof. Ms. Arlindo Lins de Melo Júnior (UFSCar)

 

A Educação Especial é uma modalidade de educação escolar que perpassa todos seus níveis e modalidades e que deve ser ofertada preferencialmente na rede regular de ensino para alunos com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. Já a Educação do Campo destina-se ao atendimento das populações do campo, como: agricultores familiares, assalariados, assentados da Reforma Agrária, remanescentes de quilombolas, ribeirinhos, caiçaras, indígenas e tantos outros que vivem do e no campo. A interface entre Educação Especial e Educação do Campo, sobretudo, no que tange à formação e trabalho docente impõe a comunidade acadêmica o desafio de pensar a educação de sujeitos cujas demandas sociais foram recentemente colocadas nas agendas públicas.  Assim, propomos o Dossiê Temático para discussão do tema "Formação e trabalho docente no campo e Educação Especial: uma interface necessária", e convidamos a comunidade acadêmica para contribuir com o debate das principais questões que envolvem a temática proposta.

Envio de Artigos: até 19 de abril de 2020. O artigo deverá ser enviado via sistema da revista (no cadastro do artigo na revista, marcar a opção “Dossiê”).

OBS.: Condições obrigatórias para o artigo ser avaliado:

  1. Pelo menos um(a) dos(as) autores(as) deve ser doutor(a);
  2. No ato da submissão, marcar “dossiê” nos metadados do artigo;
  3. Registrar o número Orcid de cada autor no ato da submissão do artigo (em metadados);
  4. O artigo precisa estar nas normas APA;
  5. Seguir as demais normas e diretrizes da revista (https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/campo/about/submissions).

Algumas observações:

  1. Caso os artigos enviados não sigam as normas e diretrizes da revista, serão devolvidos aos autores.
  2. É importante ressaltar que TODOS os artigos serão avaliados por pareceristas ad hoc.
  3. Serão solicitados aos autores dos artigos aprovados no dossiê a tradução dos seus textos para inglês ou espanhol, sendo os custos de tradução dos próprios autores. Contudo, não será condição obrigatória a tradução, mas ressaltamos a importância de outro idioma para ampliar a internacionalização da revista nas bases de indexação internacionais e também ampliar o debate na comunidade acadêmica internacional.
Saiba mais sobre DOSSIÊ: FORMAÇÃO E TRABALHO DOCENTE NO CAMPO E EDUCAÇÃO ESPECIAL: UMA INTERFACE NECESSÁRIA

Edição Atual

v. 5 (2020): Publicação Contínua / Continuous Publication
Publicado: 2020-01-19

Artigos / Articles / Artículos

Ver Todas as Edições

POLÍTICAS

Foco e Escopo da Revista

A REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO, de publicação contínua, Qualis B1 Ensino pela CAPES, publica Artigos originais resultantes de pesquisas teóricas e/ou empíricas, Dossiês Temáticos, Ensaios, Entrevistas e Resenhas de temas vinculados à Educação do Campo sob diferentes campos da pesquisa, como: História da Educação do Campo; Movimentos Sociais; Políticas Públicas; Povos Indígenas e Educação; Formação Docente; Jovens e Adultos do Campo; Didática e Práticas Pedagógicas em Artes e Música; Arte na Educação do Campo; Interculturalidade na Educação do Campo; Pedagogia da Alternância; Questão Agrária e Campesinato.

A Revista tem como missão ser um veículo de comunicação científica de qualidade que fomente importantes debates no campo educacional, principalmente na área da Educação do Campo, de pesquisadores brasileiros e estrangeiros mestres e doutores, além de estudantes acompanhados de seus respectivos orientadores (titulação mínima de mestre ou doutor), para o avanço científico da área e para a produção de conhecimento.

A Revista Brasileira de Educação do Campo é uma publicação contínua do Departamento de Educação do Campo, Curso de Licenciatura em Educação do Campo com Habilitação em Artes e Música, da Universidade Federal do Tocantins, câmpus de Tocantinópolis. Publica textos em português, espanhol e inglês.

A revista recebe os manuscritos em fluxo contínuo. É um periódico científico de acesso aberto e gratuito, sem taxas de submissão e de publicação dos textos submetidos à Revista.

Na seção de Artigos, serão publicados artigos originais, realizados ou em andamento, sob diferentes temas referentes à Educação do Campo. Na seção Ensaios, serão publicados textos ensaístas de temas relacionados à Educação do Campo. Na seção Resenhas, serão publicadas resenhas de livros publicados nos últimos três anos, de temas pertinentes à Educação do Campo, e Educação em geral. Na seção Dossiês Temáticos, serão publicados grupos de artigos temáticos relacionados a um dos campos da pesquisa da Revista Brasileira de Educação do Campo. Na seção Entrevistas, serão publicadas entrevistas de professores/pesquisadores com relevante experiência e contribuição no campo da pesquisa em Educação do Campo e, Educação, em Geral. Além disso, o periódico reserva o direito de publicar edições especiais em seus números.

O título abreviado da revista é Rev. Bras. Educ. Camp., que deve ser usado em bibliografias que citarem esta revista.

 

AIMS & SCOPE

The Brazilian Scientific Journal of Rural Education (Countryside Education), continuous publication, publishes original articles resulting from theoretical and / or empirical research thematic, essays and reviews of topics related to the Rural Education (Countryside Education) in different fields of research, such as the Rural Education (Countryside Education) History; Social Movements; Public Policy; Indigenous Peoples and Education; Teacher Training; Youth and Adult of Rural Education (Countryside Education); Didactic and Pedagogical Practices in Arts and Music; Art in Rural Education (Countryside Education); Interculturalism in Rural Education (Countryside Education); Pedagogy of Alternation; Land Reform and Peasantry.

The Scientific Journal's mission is to be a quality of scientific communication instrument that fosters important debates in the educational field, mainly in the Rural Education (Countryside Education) area of Brazilians and foreign Masters and PhD researchers and students accompanied by their mentors (minimum Doctor title), for scientific progress in the field and for producing knowledge.

The Brazilian Scientific Journal of Rural Education (Countryside Education) is a publication of the Department of Rural Education (Countryside Education), Bachelor of Rural Education (Countryside Education) with specialization in Arts and Music of the Federal University of Tocantins, Tocantinópolis city. Publishes papers in Portuguese, Spanish and English. The journal receives manuscripts streaming. It is a Scientific Journal open access, No charges - no fees - of manuscript submission and publication - no APCs.

The abbreviated title of the journal is Rev. Bras. Educ. Camp., Which should be used in bibliographies citing the journal.

 

TEMÁTICA Y ALCANCE

La Revista Brasileña de la Educación Rural (Educacão do Campo), publicación continua, publica artículos originales resultantes de teóricos y / o archivos temáticos de investigación empírica, ensayos y reseñas de temas relacionados con el campo de la educación rural en diferentes campos de la investigación, tales como: Historia de la Educación Rural (campo); Los Movimientos Sociales; Políticas Públicas; Pueblos Indígenas y la Educación; Formación del Profesorado; la Jóvenes y Adultos Campo; Didácticos y Pedagógicos Prácticas en Artes y Música; Arte en la Educación Rural; Interculturalidad en Educación Rural; Pedagogía de la Alternancia; Cuestión Agraria y Campesinado.

La misión de la revista es ser un instrumento de calidad de la comunicación científica que promueve debates importantes en el campo de la educación, sobre todo en el ámbito de la Educación Rural de los brasileños y extranjeros maestros e investigadores de doctorado y estudiantes acompañados por sus tutores (titulación mínima doctor), para el progreso científico en el campo y para la producción de conocimiento.

La Revista Brasileña de la Educación Rural (Educação do Campo) es una publicación del Departamento de Educación Rural, Licenciatura en Educación Rural con especialización en Artes y Música de la Universidad Federal de Tocantins, campus Tocantinópolis. Publica textos en portugués, español e Inglés. La revista recibe manuscritos en continuamente. Es una revista científica abierta y libre, sin pagos de tasas de presentación y publicación de los textos presentados en la revista.

El título abreviado de la revista es Rev. Bras. Educ. Camp., Que debe ser usado en bibliografías, citando la revista.