Notícias

Dossiê: Epistemologias de “nosotras”: mulheres do campo, das águas e das florestas

2018-02-02

CHAMADA DE ARTIGOS – DOSSIÊ TEMÁTICO

Epistemologias de “nosotras”: mulheres do campo, das águas e das florestas

            O presente dossiê foi idealizado na ocasião do III Seminário das Mulheres do Campo, das Águas e das Florestas (2017) que tem acontecido anualmente na Universidade Federal do Rio Grande/FURG coordenado pelo Coletivo Feminista Dandaras. O mesmo pretende reunir um conjunto de artigos que expressam as diferentes experiências educativas dessas mulheres e seu vínculo com uma teoria do conhecimento. Compreendemos que existem “formas de fazer e de pensar” o conhecimento a partir da realidade dessas mulheres. O que aqui chamamos de “epistemologia de nosotras” por um lado chama a atenção para epistemologias produzidas pelas e para as mulheres (uma epistemologia feminista?); por outro lado, busca diálogos com as experiências, os saberes e os fazeres produzidos pelas mulheres do campo, das águas e das florestas na América Latina. Essa chamada para publicação de artigos científicos é também uma “convocação” à reflexão sobre a experiência histórica comum das mulheres que escrevem a sua história desde as margens.

Data de submissão de artigos para o Dossiê: até 30/04/2018.

A submissão do manuscrito à Revista Brasileira de Educação do Campo SERÁ EXCLUSIVAMENTE  on line, pelo site da Revista: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php?journal=campo&page=index; e deve atender obrigatoriamente às normas e às diretrizes da revista (https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/campo/about/submissions)

Atenciosamente,

Graziela Rinaldi da Rosa, Bolsista PNPD-Capes Universidades de Santa Cruz do Sul (UNISC); Universidade Federal de Rio Grande (FURG)

Cheron Zanini Moretti, Universidades de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Saiba mais sobre Dossiê: Epistemologias de “nosotras”: mulheres do campo, das águas e das florestas

Edição atual

v. 3 n. 1 (2018): Jan./Abr. Ahead of Print

Caros leitores(as), avaliadores(as) e autores(as), informamos que a Revista Brasileira de Educação do Campo acaba de publicar os primeiros artigos da edição Jan./Abr. 2018 em Ahead of Print (AOP). O objetivo é acelerar a divulgação dos artigos recebidos, avaliados, revisados e aprovados pela revista. É importante assinalar que mais artigos serão publicados ainda neste número, assim que estiverem com seus processos editoriais finalizados e prontos para publicação.

Publicado: 2017-12-15
Ver Todas as Edições

POLÍTICAS

Foco e Escopo da Revista

A REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO, de periodicidade quadrimestral, Qualis B1 Ensino pela CAPES, publica Artigos originais resultantes de pesquisas teóricas e/ou empíricas, Dossiês Temáticos, Ensaios, Entrevistas e Resenhas de temas vinculados à Educação do Campo sob diferentes campos da pesquisa, como: História da Educação do Campo; Movimentos Sociais; Políticas Públicas; Povos Indígenas e Educação; Formação Docente; Jovens e Adultos do Campo; Didática e Práticas Pedagógicas em Artes e Música; Arte na Educação do Campo; Interculturalidade na Educação do Campo; Pedagogia da Alternância; Questão Agrária e Campesinato.

A Revista tem como missão ser um veículo de comunicação científica de qualidade que fomente importantes debates no campo educacional, principalmente na área da Educação do Campo, de pesquisadores brasileiros e estrangeiros mestres e doutores, além de estudantes acompanhados de seus respectivos orientadores (titulação mínima de mestre ou doutor), para o avanço científico da área e para a produção de conhecimento.

A Revista Brasileira de Educação do Campo é uma publicação quadrimestral do Departamento de Educação do Campo, Curso de Licenciatura em Educação do Campo com Habilitação em Artes e Música, da Universidade Federal do Tocantins, câmpus de Tocantinópolis. Publica textos em português, espanhol e inglês.

A revista recebe os manuscritos em fluxo contínuo. É um periódico científico de acesso aberto e gratuito, sem taxas de submissão e de publicação dos textos submetidos à Revista.

Na seção de Artigos, serão publicados artigos originais, realizados ou em andamento, sob diferentes temas referentes à Educação do Campo. Na seção Ensaios, serão publicados textos ensaístas de temas relacionados à Educação do Campo. Na seção Resenhas, serão publicadas resenhas de livros publicados nos últimos três anos, de temas pertinentes à Educação do Campo, e Educação em geral. Na seção Dossiês Temáticos, serão publicados grupos de artigos temáticos relacionados a um dos campos da pesquisa da Revista Brasileira de Educação do Campo. Na seção Entrevistas, serão publicadas entrevistas de professores/pesquisadores com relevante experiência e contribuição no campo da pesquisa em Educação do Campo e, Educação, em Geral. Além disso, o periódico reserva o direito de publicar edições especiais em seus números.

O título abreviado da revista é Rev. Bras. Educ. Camp., que deve ser usado em bibliografias que citarem esta revista.

 

AIMS & SCOPE

The Brazilian Scientific Journal of Rural Education (Countryside Education), quarterly, publishes original articles resulting from theoretical and / or empirical research thematic, essays and reviews of topics related to the Rural Education (Countryside Education) in different fields of research, such as the Rural Education (Countryside Education) History; Social Movements; Public Policy; Indigenous Peoples and Education; Teacher Training; Youth and Adult of Rural Education (Countryside Education); Didactic and Pedagogical Practices in Arts and Music; Art in Rural Education (Countryside Education); Interculturalism in Rural Education (Countryside Education); Pedagogy of Alternation; Land Reform and Peasantry.

The Scientific Journal's mission is to be a quality of scientific communication instrument that fosters important debates in the educational field, mainly in the Rural Education (Countryside Education) area of Brazilians and foreign Masters and PhD researchers and students accompanied by their mentors (minimum Doctor title), for scientific progress in the field and for producing knowledge.

The Brazilian Scientific Journal of Rural Education (Countryside Education) is a publication of the Department of Rural Education (Countryside Education), Bachelor of Rural Education (Countryside Education) with specialization in Arts and Music of the Federal University of Tocantins, Tocantinópolis city. Publishes papers in Portuguese, Spanish and English. The journal receives manuscripts streaming. It is a Scientific Journal open access, No charges - no fees - of manuscript submission and publication - no APCs.

The abbreviated title of the journal is Rev. Bras. Educ. Camp., Which should be used in bibliographies citing the journal.

 

TEMÁTICA Y ALCANCE

La Revista Brasileña de la Educación Rural (Educacão do Campo), cuatro veces al año, publica artículos originales resultantes de teóricos y / o archivos temáticos de investigación empírica, ensayos y reseñas de temas relacionados con el campo de la educación rural en diferentes campos de la investigación, tales como: Historia de la Educación Rural (campo); Los Movimientos Sociales; Políticas Públicas; Pueblos Indígenas y la Educación; Formación del Profesorado; la Jóvenes y Adultos Campo; Didácticos y Pedagógicos Prácticas en Artes y Música; Arte en la Educación Rural; Interculturalidad en Educación Rural; Pedagogía de la Alternancia; Cuestión Agraria y Campesinado.

La misión de la revista es ser un instrumento de calidad de la comunicación científica que promueve debates importantes en el campo de la educación, sobre todo en el ámbito de la Educación Rural de los brasileños y extranjeros maestros e investigadores de doctorado y estudiantes acompañados por sus tutores (titulación mínima doctor), para el progreso científico en el campo y para la producción de conocimiento.

La Revista Brasileña de la Educación Rural (Educação do Campo) es una publicación del Departamento de Educación Rural, Licenciatura en Educación Rural con especialización en Artes y Música de la Universidad Federal de Tocantins, campus Tocantinópolis. Publica textos en portugués, español e Inglés. La revista recibe manuscritos en continuamente. Es una revista científica abierta y libre, sin pagos de tasas de presentación y publicación de los textos presentados en la revista.

El título abreviado de la revista es Rev. Bras. Educ. Camp., Que debe ser usado en bibliografías, citando la revista.